O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Casas
  4. Argentina
  5. Luciano Kruk
  6. 2015
  7. Residência na Duna / Luciano Kruk

Residência na Duna / Luciano Kruk

  • 21:00 - 6 Agosto, 2017
  • Traduzido por Camilla Sbeghen
Residência na Duna / Luciano Kruk
Residência na Duna / Luciano Kruk, © Daniela Mac Adden
© Daniela Mac Adden

© Daniela Mac Adden © Daniela Mac Adden © Daniela Mac Adden © Daniela Mac Adden + 23

  • Arquitetos

  • Localização

    La Costa Partido, Argentina
  • Arquitetos Responsáveis

    Josefina Perez Silva, Andrés Conde Blanco, Leandro Rossi
  • Área

    165.0 m2
  • Ano do Projeto

    2015
  • Fotografias

  • Colaboradores

    Dan Saragusti, Darío Cecilian, Federico Eichenberg, Giorgio Lorenzoli
  • Edição de memória

    Mariana Piqué

  • Coordenação de obra

     Pablo Magdalena

  • Protejo e Direção

    Luciano Kruk
  • Superfície do terreno

    1030 m2
  • Mais informações Menos informações
© Daniela Mac Adden
© Daniela Mac Adden

Descrição enviada pela equipe de projeto. A residência la Duna se localiza em um bairro marítimo no Partido de la Costa, a treze quilômetros ao norte da cidade Pinamar e a quatro horas da cidade de Buenos Aires.

© Daniela Mac Adden
© Daniela Mac Adden
Planta
Planta
© Daniela Mac Adden
© Daniela Mac Adden

O terreno se situa em um cul-de-sac cujo traçado curvo define sua silhueta trapezoidal, com uma fachada frontal de maior amplitude se comparada com a lateral. Originalmente, ele se apresentava impenetrável, completamente coberto de acácias, porém desprovido de vegetação arbórea (particularmente de pinos, plantação típica da região).

© Daniela Mac Adden
© Daniela Mac Adden

O terreno segue a topografia das dunas naturais do lugar. Desde a rua apresenta uma superfície plana que na parte intermediária descende abruptamente até descansar novamente em seu fundo, em terreno plano.

© Daniela Mac Adden
© Daniela Mac Adden

O pedido do cliente consistiu em uma residência típica de veraneio para ser vivida por ele e sua família, mas que também pudesse se adequar ao uso padrão para ser alugada. A área social devia constituir-se como o espaço protagonista da residência. A cozinha, conectada com o estar-jantar, devia ser ampla e estar comunicada, por sua vez, com um espaço semi-coberto exterior que abriga uma churrasqueira. Além da conexão com a cozinha, este espaço semi-coberto devia formar parte de um espaço exterior, que servisse de expansão do estar-jantar.

Na área privada, o requerimento da casa se equipara a três dormitórios: o principal como suíte e outros dois, distanciados do primeiro com banheiro compartilhado. A materialidade eleita foi o concreto aparente, por ser um material de pouca ou nenhuma manutenção.

Corte
Corte

A proposta do estudo foi organizar o programa de usos em um objeto arquitetônico que se vinculasse harmonicamente com a topografia do lote, procurando gerar o menor impacto ambiental possível. A moradia se adéqua ao seu entorno acompanhando a disposição do relevo natural do terreno por meio do soterramento de parte do seu volume coincidindo com a inclinação. 

© Daniela Mac Adden
© Daniela Mac Adden

Por causa do loteamento em tira, que permite a construção de moradias relativamente próximas, decidiu-se, para ganhar ar e privacidade, recuar a casa frontalmente além dos limites exigidos. Graças a esta estratégia, às paredes laterais principalmente ocluídas e à permeabilidade das fachadas frontal e posterior, foi possível criar a configuração de uma casa de espaços suficientemente privados e desprovidos de olhares externos que pudessem invadir sua intimidade. 

Axonométrica
Axonométrica

O nível de aceso - coincidente com a cota mais alta da edificação - alojou os usos de caráter social, com visuais ininterruptos desde a fachada frontal e posterior que se aproxima do espaço verde desde um deck que margeia sobre a inclinação; enquanto o nível de uso privado fica protegido da expansão descoberta da parte social.

© Daniela Mac Adden
© Daniela Mac Adden

A circulação vertical - composta por uma escada interior que vincula a área social com a privada e outra exterior que conduz desde o deck até o verde natural - se situa em uma mesma linha que intervem como organizadora espacial. No nível superior está separada da área de estar e da sucessão de espaços cozinha-refeitório-churrasqueira; enquanto no inferior, em concordância com o solicitado pelo cliente, emancipa o dormitório principal dos dormitórios secundários. 

Planta de Situação
Planta de Situação

O nível superior desfruta de vistas longitudinais de onde a fachada posterior pode ser contemplada, desde um primeiro plano, uma paisagem agreste da acácias e, a maior distância, um vale de altos pinheiros. Os dormitórios, disposto na parte mais baixa do lote, abrem-se diretamente ao verde por meio de espaços semi-cobertos privados em estreita continuidade com o entorno natural. 

© Daniela Mac Adden
© Daniela Mac Adden

A escada exterior se esvai entre duas grandes caixas de concreto, uma que se torna um espelho d'água e uma piscina, e outra um jardim. Ambas se relacionam diretamente com o deck de expansão da área social. Essas caixas, contenedoras de água, terra e plantas, colaboram com o isolamento térmico dos dormitórios do pavimento inferior. 

© Daniela Mac Adden
© Daniela Mac Adden

Além da contribuição ao controle solar fornecido pela expansão do nível superior sobre o nível dos dormitórios, o espaço semi-coberto sobre o deck e as lajes em balanço que reduzem a incidência solar direta sobre as superfícies envidraçadas, a moradia se encontra equipada com sistemas de acondicionamento térmico de refrigeração tipo Split e de calefação por piso radiante.

© Daniela Mac Adden
© Daniela Mac Adden

A proposta estética expressa a contemporaneidade e, por sua vez, o forte contraste entre a nobre expressão do concreto aparente, presente em toda moradia, e os refinados elementos de revestimento constituídos pelas estruturas de alumínio anodizado, vidro e os pisos lisos de cimento. 

Ver a galeria completa

Sobre este escritório
Luciano Kruk
Escritório
Cita: "Residência na Duna / Luciano Kruk" [Casa en La Duna / Luciano Kruk] 06 Ago 2017. ArchDaily Brasil. (Trad. Sbeghen Ghisleni, Camila) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/877075/residencia-na-duna-luciano-kruk> ISSN 0719-8906