Casa MyL / Estudio BaBo

Casa MyL / Estudio BaBo

© Daniela Mac Adden© Daniela Mac Adden© Daniela Mac Adden© Daniela Mac Adden+ 18

Olivos, Argentina
  • Arquitetos: Estudio BaBo
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área:  330
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano:  2015
  • Fotógrafo Fotografias:  Daniela Mac Adden
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes: Agüero, Cetol, FV, Maderera Newton
  • Paisagismo:Santiago Velazquez
  • Design De Interiores:Estudio Nidolab - Sol García del Río, Lucía Villarreal, Florencia Ordóñez
  • Colaboradores:Sebastián Hoepner, Martina Silberman
  • Construção:OMADA S.A. - Marcelo Adamo
  • Estrutura:Estudio CGC – Gustavo Carreira
  • Cidade:Olivos
  • País:Argentina
Mais informaçõesMenos informações
© Daniela Mac Adden
© Daniela Mac Adden

Descrição enviada pela equipe de projeto. Esta casa unifamiliar está localizada em um lote de 1.330m², em um bairro residencial pouco denso de Olivos, Vincente Lopez, Buenos Aires. Os clientes são um casal de jovens profissionais e seus dois filhos.

A presença na família de um membro com mobilidade reduzida foi determinante para o projeto.

Na área circundante, há uma forte presença de casas isoladas no lote, de um a dois pavimentos, com uma grande variedade de estilos e abordagens morfológicas.

© Daniela Mac Adden
© Daniela Mac Adden

Do outro lado da rua que dá acesso ao terreno, há um estilo mais homogêneo de casas (algumas delas podem ser datadas do final da década de 50), enquanto os lotes próximos ao que estamos lidando são mais recentes. Há bastante vegetação, principalmente entre os limites de cada lote. As árvores não parecem ter sido frutos de um projeto paisagístico, embora existam algumas árvores antigas de dimensões consideráveis. O terreno tem uma geometria particular: a rua de acesso faz uma curva que força sua porção frontal a apresentar um arco de circunferência bastante apertado. Isso nos obrigou a fazer o acesso a partir desta parte.

O tamanho do lote, sua geometria particular e a necessidade de garantir acessibilidade em todas as áreas da habitação levaram à decisão de articular todo o programa em um único pavimento.

Planta Baixa
Planta Baixa

Sua extensão (330m²) e seu layout transversal assimétrico definem quatro áreas externas diferentes (quatro jardins) ligadas aos diferentes espaços internos.

© Daniela Mac Adden
© Daniela Mac Adden

Um jardim acessível pavimentado e público dá acesso, por um lado, à área de serviço e, por outro, ao ponto central da casa, entre os dois "L" que definem o projeto.

Axonométrica
Axonométrica

De um lado, temos as áreas de estar: uma ala é composta pela sala de jantar e a sala de estar; outra contém a cozinha e todas as unidades de serviço associadas.

© Daniela Mac Adden
© Daniela Mac Adden

Do outro lado, podemos ver o quarto principal que ocupa uma das alas, enquanto todos os outros quartos e banheiros estão localizados na ala perpendicular.

Para terminar esta última ala, há um pátio semi-coberto que liga o volume principal a uma área de churrasco, uma sala de jantar e uma sala de máquinas. Este pátio também conecta dois dos quatro jardins externos mencionados acima: o principal onde a piscina está localizada, aberto, livre, como uma sala de estar-jantar e um jardim mais íntimo que se relaciona com os quartos. O quarto espaço é tratado como um jardim produtivo e está associado à cozinha e à sala de jantar.

© Daniela Mac Adden
© Daniela Mac Adden

Estas quatro alas possuem duas diferentes larguras de telhado, uma de 1,90m e outra de 4,00 m (elas representam, respectivamente, as áreas de serviço e os quartos) e são constituídas por dois pilares de madeira em seus lados externos, dispostos a cada 1,90m e paredes de apoio em seu lado interno compartilhado. Estes dois telhados também têm alturas diferentes, permitindo que a luz passe de um lado para o outro da edificação.

© Daniela Mac Adden
© Daniela Mac Adden

A configuração dos volumes dá continuidade a todo o projeto e permite garantir a iluminação correta em todos os espaços da casa. As vigas de madeira têm todas a mesma seção, mas quando necessário formam bordas maiores com a sobreposição de várias delas.

© Daniela Mac Adden
© Daniela Mac Adden

Em relação à materialidade, o conceito principal foi dividir o volume em camadas de diferentes materiais.

Uma base de concreto armado, com 70 cm de altura, foi necessária para gerar um peitoril compatível com o uso de móveis associados a algumas fachadas, dando uma relação da casa com o nível zero. A próxima camada é de tijolos pintados de branco, alternados com algumas peças de carpintaria para dar um ritmo à fachada. Finalmente, e como última camada, o telhado de madeira atua como acabamento e coroamento.

© Daniela Mac Adden
© Daniela Mac Adden

Outro elemento importante é o brise de madeira, que atua como um filtro leve e visual para o exterior.

Galeria do Projeto

Ver tudoMostrar menos
Sobre este escritório
Cita: "Casa MyL / Estudio BaBo" [MyL House / Estudio BaBo] 03 Ago 2017. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/876506/casa-myl-estudio-babo> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.