Centro Moody para Artes / Michael Maltzan Architecture

Centro Moody para Artes / Michael Maltzan Architecture

© Nash Baker© Thomas Struth© Nash Baker© Thomas Struth+ 17

  • Coordenação Do Projeto:Michael Maltzan, Arquiteto Principal; Tim Williams, Responsável; Jeanette Fabry, Diretor Projeto; Andrea Manning, Arquiteta; Matt Austin, Designer; e Hiroshi Tokumaru, Coordenador Técnico
  • Equipe De Projeto:Peter Erni, James Tate, Ann Soo, Jen Lathrop, Gee Ghid Tse, Pil Sun Ham, Alan Sillay, Peter Osborne, Collin Cobia e Casey Benito
  • Construtora:Linbeck
  • Engenheiro Estrutural:Guy Nordenson and Associates - Engenheiro Estrutural Cardno Hanes Whaley - Engenheiro Executivo
  • Engenheiro Civil:Walter P. Moore
  • Mecânica, Elétrica, Encanamento, Sustentabilidade:Stantec
  • Iluminação:Horton Lees Brogden
  • Planejamento E Design De Teatro:Fisher Dachs Associates
  • Acústica:Nagata Acoustics
  • Av / Ti / Segurança:Rice University
  • Impermeabilização:Wiss, Janney, Elstner Associates
  • Sinalização Interior:Michael Maltzan Architecture, Inc.
  • Engenheiro Geotécnico:Ulrich Engineers
  • Segurança Anti Incêndio:Jensen Hughes
  • Custo Total:$30 milhões
  • Certificação Leed :Prata
  • Líderes:Alison Weaver, Suzanne Deal Booth Diretora Executiva
  • Cidade:Houston
Mais informaçõesMenos informações
© Thomas Struth
© Thomas Struth

Descrição enviada pela equipe de projeto. O interior de Moody está destinado a criar um sentido de abertura e possibilidade. As linhas visuais são seccionadas através dos espaços, criando vistas em camadas da miríada de atividades que têm espaço dentro dos lugares de produção, instrução e exposição da edificação. As vistas se estendem simultaneamente ao longo dos corredores principais e em direção ao campus, proporcionando um fácil ponto de orientação aos visitantes, estudantes e professores, facilitando o acesso direto a estúdios, salas de aula e lojas. O amplo envidraçamento interior oferece vistas aos espaços de aprendizagem, produção e exposição para destacar a experiência do processo artístico como complementar à exposição de obras finalizadas. Ao longo da fachada norte do edifício, um conjunto de amplas escadas ergue-se desde o primeiro pavimento e se volta ao interior, criando um anfiteatro interior que serve como um espaço social informal.

© Nash Baker
© Nash Baker

A ênfase na transparência se estende ao exterior do edifício, com vidro de chão a teto ao longo da maioria das fachadas do primeiro pavimento. As arcadas criadas pela massa em balanço do segundo pavimento criam corredores sombreados que fazem com que o pavimento superior de tijolo pareça levitar. Grandes aberturas pontuam a fachada de tijolos articulados em um ritmo lúdico e levam a luz aos espaços interiores. O desenho incorpora habilmente aspectos compartilhados por muitos edifícios de Rice. Os caminhos pedonais atravessam a grama aberta do terreno e entram no edifício, organizando simultaneamente áreas chave do programa interior e conectando o novo edifício ao campus mais amplo. O desenho cria um abrigo emblemático para o novo centro de artes de Rice, no espírito da visão de Moody que está igualmente no histórico campus da Universidade. 

© Thomas Struth
© Thomas Struth

Três luminárias assinadas surgem sobre o térreo. Duas estão em cada extremo da arcada norte, apoiadas por colunas icônicas "Starburst". Uma terceira abriga o salão do café Moody. Iluminado desde seu interior pela noite, converte-se em uma coleção de novos faróis para a Universidade de Rice. 

© Thomas Struth
© Thomas Struth

O primeiro pavimento de Moody conta com o Studio Lois Chiles, um estúdio de teatro de 150 lugares para artes cênicas e seus espaços de apoio; Skylit Brown Foundation Gallery e a Galeria Central de Exposições e Atuações Experimentais. duas galerias de meios de comunicação;  Creative Open Studioe um laboratório de fabricação interdisciplinar que inclui um laboratório de madeira, de metal, cabine de pintura, áreas de prototipação e uma sala de estudantes. Fora da Galeria Brown Foundation existe uma parede para projeção ao ar livre. 

© Nash Baker
© Nash Baker

O segundo pavimento conta uma área de descanso, três salas de aula (uma das quais se dobra como um estúdio aberto); um grande estúdio modular, um estúdio de artista, uma biblioteca de empréstimo de tecnologia, cabines de edição audiovisual e uma cafeteria. Os escritórios e outros espaços de administração também estão neste pavimento. 

© Nash Baker
© Nash Baker

Galeria do Projeto

Ver tudoMostrar menos

Localização do Projeto

Endereço:6100 Main St, Houston, TX 77005, Estados Unidos

Clique para abrir o mapa
Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
Cita: "Centro Moody para Artes / Michael Maltzan Architecture" [Moody Center for the Arts / Michael Maltzan Architecture] 01 Jul 2017. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/874508/centro-moody-para-artes-michael-maltzan-architecture> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.