O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Outras Estruturas
  4. Estados Unidos
  5. Jaime Inostroza
  6. 2017
  7. Refúgio Atalaya / Jaime Inostroza

Refúgio Atalaya / Jaime Inostroza

  • 14:00 - 20 Junho, 2017
  • Traduzido por Camilla Sbeghen
Refúgio Atalaya / Jaime Inostroza
Refúgio Atalaya / Jaime Inostroza, © Andrew Pielage
© Andrew Pielage

© Andrew Pielage © Andrew Pielage © Andrew Pielage © Andrew Pielage + 27

  • Arquitetos

    Jaime Inostroza
  • Localização

    Scottsdale, AZ, Estados Unidos
  • Equipe de Projeto

    Jaime Inostroza
  • Área

    15 m2
  • Ano do projeto

    2017
  • Fotografias

  • Fabricante

    Jaime Inostroza
  • Diretor da Obra

    Jaime Inostroza
  • Colaboradores

    Alejandra Henriquez, Michael Derutte , Peter Haberkorn, Lorraine Etchell, Jan Sobotoka, Giblert Rey, Conor Deniston, Nelson Schleiff, Xinxuan Liu
  • Campus

    Escola de arquitetura em Taliesin
  • Mais informações Menos informações
© Andrew Pielage
© Andrew Pielage

Descrição enviada pela equipe de projeto. Habitando na sombra das árvores do deserto de Sonora.

Foi em março de 2016 que comecei a conversar com o diretor da minha escola (Taliesin), Aaron Bestky, sobre a ideia de construir um refúgio no Taliesin West. Nesta reunião Aaron me fez algumas perguntas cruciais:

© Andrew Pielage
© Andrew Pielage
Croqui conceitual
Croqui conceitual
© Andrew Pielage
© Andrew Pielage

-Encontre um lugar
-O que esse lugar quer se tornar?
-Como desejo habitar nesse lugar?
-Como meu desenho reflete o que eu aprendi como estudante na Taliesin?
-O que faz com que este lugar seja parte de Taliesin?
-Como será este lugar quando eu já não estiver mais em Taliesin?

Planta de Situação
Planta de Situação

Essas perguntas foram cruciais para entender o território de Taliesin e poder conformar um princípio, uma observação arquitetônica que poderia responder ao deserto de Sonora, no Arizona. Ao iniciar a busca do lugar no deserto, meu colega Carl Kohut mencionou que existia um belo espaço e que ele poderia me indicar onde estava. Percorremos caminhos que eu nunca havia visto. Tudo era novo para mim e, inesperadamente, o lugar apareceu. Imediatamente soube que ali era o lugar perfeito.

© Andrew Pielage
© Andrew Pielage

Era como um lugar secreto, escondido, coberto pela sombra das árvores que surgiam em meio ao deserto. Sua entrada estava conformada por uma alameda de árvores típicas do deserto de Sonora. No entardecer, a paisagem se torna um destilador de luz e as montanhas são pintadas de púrpura, convertendo-se em uma ópera de cores. 

Axonométrica em Camadas
Axonométrica em Camadas

Partindo desta observação arquitetônica do território de Taliesin, meu princípio foi elaborar uma entrada, uma procissão em ascensão que me permitisse habitar no horizonte da alameda da vegetação. Por isso a nomeei “Atalaya” que significa a parte mais elevada de um barco onde o vigia pode espreitar o horizonte do oceano e a faixa de terra firme. Utilizei o muro de concreto e pedra existente como base para a obra. Seguindo com esta mesma materialidade construí o muro-escada que arma a coreografia. Este elemento compõe a procissão e a entrada a um casulo de luz (lugar onde se dorme) o qual é coroado com um céu de telas, como um véu de luz. Suas paredes são divisórias cobertas com telas impermeáveis à água e com pouca translucidez que permite privacidade para dormir. 

© Andrew Pielage
© Andrew Pielage

O interior possui aberturas horizontais contínuas que permitem a ventilação cruzada refrescando o espaço. No seu nível inferior dois bancos recebem a sombra da árvore e o espaço é acariciado pela brisa que vem do sul. Estes princípios do sombreado e ensolarado permitem temperar o refúgio.

Corte A-A
Corte A-A

Ver a galeria completa

Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
Jaime Inostroza
Escritório
Cita: "Refúgio Atalaya / Jaime Inostroza" [Atalaya Shelter / Jaime Inostroza] 20 Jun 2017. ArchDaily Brasil. (Trad. Sbeghen Ghisleni, Camila) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/874006/refugio-atalaya-jaime-inostroza> ISSN 0719-8906