Habitação em Avanca / nu.ma | unipessoal

Habitação em Avanca / nu.ma | unipessoal

© Ivo Tavares Studio© Ivo Tavares Studio© Ivo Tavares Studio© Ivo Tavares Studio+ 67

Avanca, Portugal
  • Arquitetos: nu.ma | unipessoal
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área:  250
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano:  2017
  • Fotógrafo Fotografias:  Ivo Tavares Studio
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes: Madeira de Riga, Mármore Valverde, Sosoares
  • Autor:Nuno Silva
  • Engenharia Civil:Nuno França
  • Instalações Elétricas:José Carlos Lopes
  • Engenharia Térmica:Maria Luísa Gomes Pereira
  • Construção:Construtora de Loureiro
  • Cidade:Avanca
  • País:Portugal
Mais informaçõesMenos informações
© Ivo Tavares Studio
© Ivo Tavares Studio

Caracterização do terreno

O lote, caracterizado por uma forma não regular desenvolve-se longitudinalmente, e perpendicular à Rua Dr. Egas Moniz, Avanca. A sua orientação solar no sentido longitudinal (da rua para o interior) é Norte - Sul. O terreno apresenta ainda um desnível de cerca de 85cm do arruamento para o interior.

© Ivo Tavares Studio
© Ivo Tavares Studio
© Ivo Tavares Studio
© Ivo Tavares Studio

Pela densidade urbana envolvente, propôs-se que o programa da habitação se voltasse para o interior do mesmo.

© Ivo Tavares Studio
© Ivo Tavares Studio
Croqui
Croqui
© Ivo Tavares Studio
© Ivo Tavares Studio

Condicionantes formal e funcional

Pelo fato de estar inserido numa operação de loteamento, a forma do edifício ficou condicionada às regras do mesmo. As regras impunham que a base de implantação para a habitação fosse a de um quadrado de nove por nove metros e de dois pisos, e a sul, adoçado a este, um paralelepípedo de seis metros de profundidade de apenas um piso.

© Ivo Tavares Studio
© Ivo Tavares Studio

Começou-se por desenhar uma plataforma de nível dissimulada no terreno, onde foi implantada a habitação, para adequação da mesma ao desnível existente no lote.

Para retirar o efeito maciço na volumetria, propôs-se um desenho de alhetas nos alçados, dissimulando a noção do piso e estabelecendo uma regra para vãos e alinhamentos dos acabamentos. O resultado foi a divisão dos alçados em três partes iguais: S0+S1+S2 (2,1+2,1+2,1m).

Esta regra permitiu criar uma reentrância através da rotação do volume S0, ao nível do rés do chão, para marcar a zona de entrada na habitação.

© Ivo Tavares Studio
© Ivo Tavares Studio
© Ivo Tavares Studio
© Ivo Tavares Studio

Programa de utilização

Em termos programáticos, a habitação caracteriza-se por uma tipologia de T3+1.

A distribuição espacial interior resume-se à separação de forma radical, da função por piso. Assim, a zona de serviços/social, fica à cota da entrada e é composta por hall de entrada,instalações sanitárias, escritório/biblioteca, cozinha, sala de jantar/estar, garagem e lavandaria.

© Ivo Tavares Studio
© Ivo Tavares Studio
Plantas
Plantas
© Ivo Tavares Studio
© Ivo Tavares Studio

No piso 1, a zona mais privada, é composta pela zona dos quartos, instalação sanitária comum e suíte. Esta última, tem usufruto do terraço voltado a sul, e consequentemente, uma ligação exterior com a zona da piscina situada no rés do chão.

© Ivo Tavares Studio
© Ivo Tavares Studio
© Ivo Tavares Studio
© Ivo Tavares Studio

Galeria do Projeto

Ver tudoMostrar menos
Sobre este escritório
Cita: "Habitação em Avanca / nu.ma | unipessoal" [House in Avanca / nu.ma | unipessoal] 06 Nov 2020. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/872435/habitacao-em-avanca-na-unipessoal> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.