O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Edifícios
  4. Portugal
  5. DC.AD
  6. 2016
  7. Deli / DC.AD

Deli / DC.AD

  • 09:00 - 12 Abril, 2017
Deli / DC.AD
Deli  / DC.AD, © Francisco Nogueira
© Francisco Nogueira

© Francisco Nogueira © Francisco Nogueira © Francisco Nogueira © Francisco Nogueira + 21

  • Arquitetos

  • Localização

    Lisboa, Portugal
  • Arquiteto Responsável

    DC.AD
  • Equipe

    Madalena Fezas Vital
  • Área

    25.0 m2
  • Ano do projeto

    2016
  • Fotografias

© Francisco Nogueira
© Francisco Nogueira

Descrição enviada pela equipe de projeto. Este espaço ocupa 25m2 do rés-do-chão de um edifício situado no bairro do Príncipe Real, no centro histórico da cidade de Lisboa. O conceito gira essencialmente à volta de um serviço grab&go onde existe também a possibilidade de servir refeições rápidas durante o dia.

No piso térreo funciona um espaço de atendimento ao público com uma pequena copa de apoio. E, no piso inferior situam-se as instalações sanitárias e um pequeno armazém.

© Francisco Nogueira
© Francisco Nogueira
Planta
Planta

A partir do exterior da loja encontra-se uma montra de vidro emoldurada por uma faixa de mármore, que contorna os vãos existentes. Este elemento é dos poucos vestígios construtivos originais existentes, que se replica ao longo da rua, emoldurando as montras das lojas dos edifícios adjacentes.

Esta pré-existência foi o ponto de partida do projecto. Numa tentativa de a valorizar, desenhou-se dentro da mesma lógica, o seu prolongamento para o interior. Esta nova peça tanto acompanha o desenho dos vãos como marca a transição entre o interior e o exterior da loja através da sua monomaterialidade. Apro-veitando a profundidade da parede e até à altura da janela existente, incluiu-se ainda, a todo o seu com-primento, uma mesa corrida com vista para a rua.

© Francisco Nogueira
© Francisco Nogueira
Perspectiva
Perspectiva

Com o intuito de inundar o vão de escadas com luz natural, procedeu-se à demolição da parede que o separava do espaço principal, substituindo-a por uma estrutura vazada, construída em metal e rede branca, que sobe até ao tecto, dividindo os dois espaços.

A colocação desta estante definiu a posição dos balcões de atendimento que se encontram paralelos à fachada dando-lhes mais visibilidade a partir do exterior.

© Francisco Nogueira
© Francisco Nogueira
© Francisco Nogueira
© Francisco Nogueira

Integrou-se também um banco corrido estofado em pele, ao longo da parede mais comprida do espaço, de forma a oferecer o máximo de lugares sentados, ocupando a menor área possível.

Paralelamente, deu-se prioridade à injecção de personalidade no espaço através da utilização de materiais aplicados em bruto, seguindo uma estética minimalista.

Nas paredes, um lambrim azul, contorna o espaço até à altura dos vãos e segue em panos brancos ou espelhados até ao tecto, equilibrando as proporções de área vs altura. Para o chão optou-se pela colo-cação de um pavimento em cimento escuro que se relaciona com a moldura de mármore original.

© Francisco Nogueira
© Francisco Nogueira

Nos revestimentos das frentes de balcões, seguiu-se a mesma lógica de contenção com revestimento a aço inox, assim como nos tampos de mesas desenhadas especificamente para o espaço.

Na estante branca que contrasta com o fundo azul da parede, estão dispostas as mercearias ou frutas do dia e suspendem-se os utensílios de cozinha que decoram o espaço numa uma estética funcional e despreocupada.

© Francisco Nogueira
© Francisco Nogueira

Através da selecção de uma palete de cores pastel, iluminação pontual de parede, apontamentos em madeira e integração de plantas no espaço, suavizou-se a geometrização do desenho espaço.

Ver a galeria completa

Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato. Cita: "Deli / DC.AD" [Deli / DC.AD] 12 Abr 2017. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/868788/deli-dd> ISSN 0719-8906