O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Universidade
  4. Turquia
  5. AUDB Architects
  6. 2016
  7. Escola de Línguas Estrangeiras / AUDB Architects

Escola de Línguas Estrangeiras / AUDB Architects

  • 11:00 - 2 Fevereiro, 2017
  • Traduzido por Lis Moreira Cavalcante
Escola de Línguas Estrangeiras / AUDB Architects
Escola de Línguas Estrangeiras / AUDB Architects, © Argun Tanriverdi
© Argun Tanriverdi

© Argun Tanriverdi © Argun Tanriverdi © Argun Tanriverdi © Argun Tanriverdi + 56

  • Arquitetos

  • Localização

    Izmir, İzmir, Turquia
  • Arquitetos Responsáveis

    Gudjon Thor Erlendsson (AUDB), Özlem Akın, Michael Young
  • Equipe de Projeto

    Yağmur Arıcı, Mehtap Altuğ
  • Área

    8.000 m²
  • Ano do projeto

    2016
  • Fotografias

  • Arquiteto Local/Gerente de Projeto

    Hüsnü Alpan
  • Engenharia Estrutural

    Ardalı Ltd.
  • Instalações

    Elétrica: Özyavru Ltd.Şti.; Mecânica: Egetek Ltd. Şti.
  • Construtora Principal

    Kuryap Ltd. Şti.
  • Controle

    İzmir Ekonomi Üniversitesi Denetim Ekibi / Arq. Mehtap Altuğ, Civ. Eng. Berna Kaya, Eng. Eletr. Tevfik Sungur, Eng. Mec. Nadir Tahta
  • Cliente

    Izmir University of Economics
  • Mais informações Menos informações
© Argun Tanriverdi
© Argun Tanriverdi

Descrição enviada pela equipe de projeto. O escritório de Londres AUDB acaba de concluir um edifício universitário de salas de aula em Izmir, na Turquia, como parte de seu compromisso contínuo com projetos de pesquisa e desenvolvimento na região. O setor acadêmico na Turquia se encontra em rápido crescimento, focado na inovação e na qualidade. Na última década, a Turquia deu grande ênfase ao ensino superior, com um crescimento dos estudantes universitários de 121% entre 2012 e 2014, semelhante aos países do BRIC, alcançando 5,5 milhões em 2014. Este crescimento contínuo do ensino superior também está tendo um efeito positivo sobre a qualidade da educação, que melhora cada vez mais no ranking mundial. A chave para este crescimento tem sido as privadas Foundation Universities, estabelecidas nos últimos 30 anos.

© Argun Tanriverdi
© Argun Tanriverdi

A cidade de Izmir encontra-se na costa do Egeu na Turquia, na parte inferior da baía de Izmir. Terceira maior cidade da Turquia, Izmir tem uma história grandiosa e dramática. A cidade foi chamada Smyrna até a fundação da república turca em 1923. Antes da Primeira Guerra Mundial, Smyrna era uma cidade multicultural e indiscutivelmente uma das áreas metropolitanas mais cosmopolitas do mundo. Uma mistura de gregos, armênios, europeus e turcos, salpicada com comerciantes e imigrantes dos Balcãs, Cáucaso, Arábia e África. Em 1922, a cidade foi devastada por um incêndio no final da Guerra Greco-Turca. Após a guerra, a cidade foi reconstruída seguindo princípios modernistas.

© Argun Tanriverdi
© Argun Tanriverdi

A Universidade de Economia de Izmir (Izmir University of Economics - IUE) foi estabelecida como uma Foundation University em 2003 pela Câmara de Comércio de Izmir. Possui 7.500 estudantes em um único campus, no distrito de Balcova, com planos para expandir para um novo campus a partir de 2016.

© Argun Tanriverdi
© Argun Tanriverdi

O projeto do novo edifício de línguas estrangeiras da IUE ofereceu vários desafios para os arquitetos. O primeiro deles foi a quantidade de funções necessárias a serem alocadas em um espaço limitado. O Campus Balcova é um campus densamente construído, com 7 faculdades, e o novo edifício preencheu o espaço permitido para que a universidade operasse em capacidade máxima.

Corte
Corte

A principal função do edificação é abrigar salas de aula, com funções de apoio adicionais, como escritórios, espaços comuns e sociais. Edifícios de sala de aula são arquétipos muito rigorosos que desafiam qualquer variação de manipulação espacial ou organizacional. Normalmente, a planta consiste em um corredor com salas de aula em ambos os lados.

© Argun Tanriverdi
© Argun Tanriverdi

O programa para o edifício foi desenvolvido com o cliente com o objetivo de fornecer instalações para as tecnologias contemporâneas mais avançadas, com escritórios flexíveis e paperless [quando o uso de papel é eliminado ou reduzido drasticamente, dando lugar ao digital] e salas de aula. Isso levou a uma pesquisa sobre a geometria espacial ideal para abrigar tanto a tecnologia digital quanto a liberdade de layout do mobiliário.

Planta
Planta

O conceito para o edifício está intimamente relacionado à histórica evolução, relação e aprendizagem das línguas; Convergência e conexões. As funções são divididas em dois grupos principais: as salas de aula e os espaços de apoio. No piso térreo, estas duas funções são organizadas como espaços que direcionam, se cruzam e convergem na área de circulação vertical. Os requisitos para as salas de aula compreendem muito mais do que apenas estabelecer espaços de apoio. Elas se fundem no alto do edifício tornando-se um arquétipo tradicional de corredor/sala de aula. Isso reforça a ideia de conversão em corte do edifício, enquanto uma planta se transforma na outra.

© Argun Tanriverdi
© Argun Tanriverdi

O edifício está num nível que une níveis superiores e inferiores da universidade. O conceito convergência/conexão é usado para ligar vários níveis diferentes do terreno, assim como edifícios mais altos e mais baixos.

© Argun Tanriverdi
© Argun Tanriverdi

Cada andar é identificado com a sua própria cor. Estas estão relacionadas com as bandeiras dos vários países cuja língua é ensinada na Universidade como segunda língua estrangeira, depois do turco e do inglês.

© Argun Tanriverdi
© Argun Tanriverdi

O edifício oferece espaços de trabalho flexíveis e paperless para os professores, com os ambientes abertos de escritório. O ambiente de escritório para 100 professores oferece múltiplas apropriações e adaptações para os diferentes estilos de trabalho, dando a eles formas de trabalhar quando e como eles acharem melhor.

Corte
Corte

Tectonicamente, o edifício tenta evitar a tipologia de edifícios de escritórios modernistas de vidro/aço. Estas soluções tendem a criar grandes problemas de controle ambiental nos edifícios. Em vez disso, a arquitetura remonta a soluções tradicionais e contextuais. As paredes sólidas são marcadas por uma ênfase na fenestração. Estas aberturas são definidas a partir das funções internas, bem como da análise solar realizada. A incidência solar e entrada de luz natural no edifício muda a cada dia e cada estação, e os espaços de ensino oferecem uma variedade de configurações de luz e sombra para atender diferentes estilos de ensino.

© Argun Tanriverdi
© Argun Tanriverdi

Brinca-se com a solidez do edifício a partir de elementos da natureza, peso, paisagens e padrões. Os dois principais volumes do edifício convergem sobre o espaço de entrada inferior, criando um expressivo vazio adjacente sobre a entrada, lembrando cavernas naturais. A mesma abordagem pode ser vista no volume "pesado" sobre o café do piso térreo, bastante aberto, ou o pátio interno fechado.

© Argun Tanriverdi
© Argun Tanriverdi

O projeto tenta trazer um senso de espaço, de variedade, de cor e de identidade à uma ocupação densa de um arquétipo estrito. Tecnologia é um fator motriz, mas não é feita para dominar a estética de forma alguma.

© Argun Tanriverdi
© Argun Tanriverdi

Ver a galeria completa

Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
AUDB Architects
Escritório
Cita: "Escola de Línguas Estrangeiras / AUDB Architects" [School of Foreign Languages / AUDB Architects] 02 Fev 2017. ArchDaily Brasil. (Trad. Moreira Cavalcante, Lis) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/804450/escola-de-linguas-estrangeiras-audb-architects> ISSN 0719-8906