O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Teatro
  4. França
  5. Studio Andrew Todd
  6. 2016
  7. Teatro Hardelot / Studio Andrew Todd

Teatro Hardelot / Studio Andrew Todd

  • 09:00 - 30 Dezembro, 2016
  • Traduzido por Lis Moreira Cavalcante
Teatro Hardelot / Studio Andrew Todd
Teatro Hardelot / Studio Andrew Todd, © Martin Argyroglo
© Martin Argyroglo

© Martin Argyroglo © Martin Argyroglo © Martin Argyroglo © Martin Argyroglo + 25

  • Arquitetos

  • Localização

    Pas-de-Calais, França
  • Cliente

    Conseil Départemental du Pas-de-Calais
  • Sócio Responsável

    Andrew Todd Niclas Dünnebacke
  • Ano do projeto

    2016
  • Fotografias

  • Equipe

    Philip Mellor-Ribet, Solveig Rottier , Nadia Raïs Engineers (estrutura e ventilação natural): LM Ingénieur, Laurent e Grégoire Mouly Engineers
  • Instalações Mecânicas e Elétricas

    Atelux
  • Consultoria Técnica em Teatros

    Charcoalblue
  • Acústica

    Byron Harrison, Charcoalblue
  • Consultoria em Segurança Contra Incêndio e Acessibilidade

    Cabinet Casso Cost Consultant: Bureau Michel Forgue
  • Paisagismo

    L + A
  • CGI

    Morph
  • Mais informações Menos informações
© Martin Argyroglo
© Martin Argyroglo

Descrição enviada pela equipe de projeto. Arquitetos britânicos do Studio Andrew Todd completaram o primeiro teatro Elizabetano permanente da França. A construção começou em setembro de 2014 e foi concluída em maio de 2016.

© Martin Argyroglo
© Martin Argyroglo

O auditório de 388 lugares se situa na região do espetacular Chateau d'Hardelot perto de Calais, uma vez o lugar preferido de Charles Dickens e agora casa para o Centre Culturel de l’Entente Cordial, que recebe um grande festival anual de verão que celebra os laços culturais com a Grã-Bretanha.

Planta
Planta

O edifício foi construído (acima do solo) inteiramente em madeira e bambu, e é naturalmente ventilado - o primeiro edifício cultural complexo assim na França. Ele também é revolucionário em seu consumo de energia excepcionalmente baixo, usando menos energia que um típico francês por ano.

© Martin Argyroglo
© Martin Argyroglo

Este edifício não será apenas o primeiro teatro de estilo Elizabetano permanente da França, mas o único no país com um completo palco aberto - uma forma que é difundida na Grã-Bretanha e na América do Norte. Ele também se converterá em uma pequena casa de ópera com fosso de orquestra e proscênio.

© Martin Argyroglo
© Martin Argyroglo

O Studio Andrew Todd não só precisava criar um espaço aconchegante e mágico, mas também trabalhar com o castelo e o belo parque costeiro, em que o projeto está situado. A solução adotada foi um cilindro puro de madeira cercado por uma gaiola brilhante de postes de bambu de 12 metros.

© Martin Argyroglo
© Martin Argyroglo

Um Globe para o nosso tempo...

"Ele foi projetado para vibrar com o seu ambiente natural, ao invés de ser um objeto estranho, sozinho e buscando atenção", disse Andrew Todd. "E levamos isso ao espaço interno: o auditório circular de madeira é naturalmente iluminado e ventilado, com o coroamento do edifício atuando como uma chaminé gigante que traz uma suave corrente de ar para o público."

© Martin Argyroglo
© Martin Argyroglo

"É apropriado considerar a metáfora original do Shakeaspeare's Globe - pensado como uma sociedade e um universo em miniatura - à luz da nossa atual crise ambiental global: o que pode ser melhor do que construir um edifício de materiais saudáveis e sustentáveis, exigindo uma mínima quantidade de energia para funcionar?"

"A presença de materiais familiares e atemporais - como os painéis estruturais de píceas e revestimento de lariço - dá ao edifício um caráter universal, relevante hoje ou centenas de anos no passado ou no futuro.As estacas de bambu de 12 metros de altura que circundam o edifício - importados especialmente de Bali - introduzem pela primeira vez na França este material mágico em um grande edifício. Eles também servem para nos lembrar que a ecologia é uma questão global, e talvez nos lembre que a universalidade de Shakespeare não deve nos confortar em nossas identidades locais: ele explorou o campo geográfico e as novas complexidades da psique humana. Espero que este edifício seja familiar e desafiador."

Corte
Corte

"De um ponto de vista objetivo, fazer este edifício de madeira serviu para capturar 100 toneladas de carbono; isso facilmente compensou os 200 quilos necessários para trazer o bambu do outro lado do mundo."

© Martin Argyroglo
© Martin Argyroglo

Todd, baseado em Paris, que foi nomeado Chevalier des Arts et Lettres pelo governo francês em 2011, disse: "Eu sou uma espécie de Entente Cordial, e este projeto parece um regresso ao lar, condensando tantas áreas de grande interesse para mim: as tensões produtivas entre a França e a Grã-Bretanha, a ecologia radical e a possibilidade abundante de criação teatral. Espero que este projeto demonstre que nós podemos viver plenamente, alegremente e também levemente: o teatro é uma concentração de vida e uma digna analogia para vivermos mais juntos, mais economicamente, com consciência e respeito mútuo."

© Martin Argyroglo
© Martin Argyroglo

Todd tem um interesse particular e especialização em espaços circulares, tendo trabalhado com o lendário diretor Peter Brook no livro The Open Circle: Peter Brook’s Theatre Environments (Faber, 2003).

"Os círculos foram largamente banidos do teatro francês por causa de sua associação com espaços burgueses e hierárquicos, onde os pobres estavam mais longe e não podiam ver o palco", disse ele.

© Martin Argyroglo
© Martin Argyroglo

"Espero que este projeto mostre - como o teatro Bouffes du Nord de Peter Brook em Paris - o grande potencial social e dramático de mais espaços de convívio. Como o primeiro teatro Elisabetano permanente da França, ele certamente estimulará a polinização cruzada criativa sobre o Canal", disse Todd.

© Martin Argyroglo
© Martin Argyroglo

O Chateau d'Hardelot - na Côte d'Opale, entre Le Touquet e Bolonha - data do século XIII e foi transformado em uma mansão de estilo Tudor em meados do século XIX por Sir John Hare, um amigo de Charles Dickens, que era um frequente visitante da casa.

© Martin Argyroglo
© Martin Argyroglo

Em 2007, o castelo e o seu parque de 880 hectares tornaram-se o lar do Centre Culturel de l’Entente Cordial, dedicado ao fortalecimento dos laços culturais entre a França e a Grã-Bretanha através de exposições, conferências, teatro e música. O Midsummer Festival do Centre ocorreu em um teatro de estilo Elizabetano desmontável por vários anos. Com um sucesso crescente e a ambição de fornecer uma programação durante todo o ano, o Département du Pas-de-Calais lançou em março um restrito concurso de arquitetura para a concepção de um edifício permanente para abrigar 400 lugares. O Studio Andrew Todd venceu a competição contra Alain-Charles Perrot e K-Architectures.

© Martin Argyroglo
© Martin Argyroglo

A equipe de projeto anglo-francesa inclui a LM Ingénieur, sediada em Paris (estrutura e instalações mecânicas e elétricas), os consultores de teatro britânicos Charcoalblue (responsáveis pela recente construção da nova sede da Royal Shakespeare Company), que trabalharam na iluminação, engenharia de palco e acústica e os consultores de custo Bureau Michel Forgue, com sede perto de Lyon.

© Martin Argyroglo
© Martin Argyroglo

Em conjunto com a inauguração do teatro Hardelot, Andrew Todd também lançou seu livro Common Sense.

Ver a galeria completa

Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato. Cita: "Teatro Hardelot / Studio Andrew Todd" [Hardelot Theatre / Studio Andrew Todd] 30 Dez 2016. ArchDaily Brasil. (Trad. Moreira Cavalcante, Lis) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/801310/teatro-hardelot-studio-andrew-todd> ISSN 0719-8906