O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Universidade
  4. Espanha
  5. Josep Ferrando
  6. 2011
  7. Campus Universitário URV / Josep Ferrando + Pere Joan Ravetllat + Carme Ribas

Campus Universitário URV / Josep Ferrando + Pere Joan Ravetllat + Carme Ribas

  • 21:00 - 10 Novembro, 2016
  • Traduzido por Camilla Sbeghen
Campus Universitário URV / Josep Ferrando + Pere Joan Ravetllat + Carme Ribas
Campus Universitário URV  / Josep Ferrando  + Pere Joan Ravetllat  + Carme Ribas , © Pedro Pegenaute
© Pedro Pegenaute

© Pedro Pegenaute © Pedro Pegenaute © Pedro Pegenaute © Pedro Pegenaute + 31

  • Construtora

    Construccions PAI, S.A.
  • Arquitecto Técnico

    Toledo-Villarreal + Valeri Consultors
  • Engenheiro Estrutural

    NB-35 Barcelona
  • Colaboradores

    Marc Nadal + Ferran Laguna + Roman Ortega + Olga Schmid + Aida Espanyol + Tania Oramas
  • Orçamento

    9.800.000 €
  • Cliente

    Universitat Rovira I Virgili
  • Mais informações Menos informações
© Pedro Pegenaute
© Pedro Pegenaute

Situação

O novo edifício do Campus das “Terres del l’Ebre” encontra-se na área do Parque Ferial de Tortosa, ao norte da cidade, em um âmbito situado entre o rio Ebro e o bairro de Remolins. 

© Pedro Pegenaute
© Pedro Pegenaute

Localização

A localização é especialmente atrativa por sua complexidade. Trata-se de um terreno representativo e claramente identificável como marco urbano. A meio caminho entre o parque e a cidade, a proposta pretende suavizar a transição entre o entorno natural e o urbano. Por uma parte, podemos descobrir o novo edifício em meio as árvores, como uma peça fragmentada e descontinua para permitir uma fácil integração com o entorno do parque. Desde o outro lado, contrariamente, é capaz de oferecer uma fachada urbana mais compacta que se sobrepõe a topografia urbana assumindo a altura habitual da cidade. 

Modelo
Modelo

Sua plataforma de assentamento situa-se a uma cota superior a do parque devido ao risco de inundações. A diferença de cotas entre o parque e o edifício é resolvido através de uma série de rampas que conferem continuidade ao espaço do parque.

Planta 3D
Planta 3D

O edifício 

Em planta, o edifício se afasta da rua para obter o perímetro necessário para a disposição do programa e ao mesmo tempo pode ser atravessado com facilidade. Contrariamente, o que representaria um edifício-barreira, a disposição facilita os percursos em diagonal e permite relacionar o parque com a avenida que conecta a cidade e o recinto feiral. O novo Campus quer ser a porta do parque criando um começo e um final e, ao mesmo tempo, ser a ante-sala da citada avenida. Esta dualidade da localização caracteriza sua implantação.

© Pedro Pegenaute
© Pedro Pegenaute

O programa

A forma da planta permite configurar uma boa disposição do programa solicitado. São estabelecidas galerias externas agrupando-se por áreas temáticas, reduzindo a circulação interior, minimizando os corredores e gerando praças ou pequenos espaços de relação. Entre estes espaços comuns e os de usos específicos situados na fachada se dispõe um elemento de espessura variável que serve de transição e filtro. Contém espaços de apoio como banheiros, pátios de instalações, bilheteria, etc... favorecendo a absorção acústica. 

Planta
Planta

A secção pretende trazer a luz natural para o centro do edifício naqueles espaços estratégicos como o término dos espaços de circulação. Além disso, permite situar o programa mais público ou aberto no térreo onde estão localizados o hall com o espaço expositivo, a biblioteca conectada com os espaços de informática, a sala de estudo e o bar. No primeiro pavimento existem três tipos de sala de aula que abrigam as necessidades docentes, já no segundo pavimento estão localizadas as salas dos professores. Finalmente, o terceiro pavimento abriga a sala da direção conjuntamente com os espaços de extensão universitária.

Axonométricas
Axonométricas

A estrutura

O projeto contempla a construção de um edifício que apresenta o formato de uma estrela quando visto em planta baixa, com um corpo central praticamente quadrado, onde se situa a junta de dilatação. Ao redor do corpo central são dispostos cincos alas com estruturas independentes. 

© Pedro Pegenaute
© Pedro Pegenaute

Nas zonas perimetrais planejava-se uma solução de forro unidirecional com nervuras pós-tensionadas apoiadas sobre vigas planas.

Modelo
Modelo

Na zona central, destinada basicamente a distribuição e comunicação vertical entre áreas comuns, estão posicionadas luzes entre os pilares de 9,60m em duas direções. Através desta iluminação, planejou-se um forro reticular. 

Detalhe Corte
Detalhe Corte

A envolvente 

Exteriormente pensou-se um um revestimento modular de concreto que garante a continuidade da fachada. São diferenciados os dois tipos de peça de dimensões 1,20 x 4,20m: um painel opaco e outro treliçado que peneira a luz. Segundo as necessidades dos espaços interiores podemos encontrar a peça opaca, a peça de treliça ou nenhuma das duas, fazendo com que possamos descobrir as diferentes visões em relação ao parque e a cidade. 

© Pedro Pegenaute
© Pedro Pegenaute

Na área do pórtico de acesso do térreo, coloca-se um revestimento sobre a vedação cerâmica de placas de aço galvanizado, sobre um sistema de suporte também feito com perfis de aço galvanizado. 

Detalhe
Detalhe

Ver a galeria completa

Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato. Cita: "Campus Universitário URV / Josep Ferrando + Pere Joan Ravetllat + Carme Ribas " [Campus Universitario URV / Josep Ferrando + Pere Joan Ravetllat + Carme Ribas] 10 Nov 2016. ArchDaily Brasil. (Trad. Sbeghen Ghisleni, Camila) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/799036/campus-universitario-urv-josep-ferrando-plus-pere-joan-ravetllat-plus-carme-ribas> ISSN 0719-8906