Parque Alberto Simões / Idom

Parque Alberto Simões / Idom

© Maíra Acayaba© Maíra Acayaba© Maíra Acayaba© Maíra Acayaba+ 33

São José dos Campos, Brasil
  • Arquitetos: Idom
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área:  125000
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano:  2016
  • Fotógrafo Fotografias:  Maíra Acayaba
  • Arquitetos Colaboradores:Vera Lúcia Leitão Pinto, Nuria Escrivá, Ana Camila Sanches, Juliana Ting
  • Colaboradores:Iris Cobas (Engenheira Civil), Marcos Eanes (Engenheiro Civil), Josep Maria Vallvè (Engenheiro Civil), Albert Recasens (Engenheiro Elétrico), Francesc Ventura (Cálculo Estrutural), Bruno Turbiani Pereira dos Santos (Ecólogo)
  • Coordenador Geral:Pedro Paes
  • Diretor De Projeto:Eugénio Filipe Teixeira
  • Cidade:São José dos Campos
  • País:Brasil
Mais informaçõesMenos informações
© Maíra Acayaba
© Maíra Acayaba

Descrição enviada pela equipe de projeto. Inaugurado em São José dos Campos, interior de São Paulo, o projeto do Parque Alberto Simões, assinado pela Idom no Brasil, venceu um grande desafio arquitetônico e paisagístico. 

© Maíra Acayaba
© Maíra Acayaba
© Maíra Acayaba
© Maíra Acayaba
© Maíra Acayaba
© Maíra Acayaba

Implantado em um terreno marcado por uma topografia acidentada e pela existência de uma massa arbórea de grande porte de pinheiros, o terreno sedia a casa de uma antiga fazenda em seu ponto mais alto. Sua difícil topografia proporciona uma bela vista da cidade, sendo possível deslumbrar São José dos Campos sobre o rio Paraíba. 

Diagrama
Diagrama
Axonométrica
Axonométrica

Com Coordenação Geral do arquiteto Pedro Paes Lira e Direção de Projeto do arquiteto Eugénio Teixeira, tais características levaram a Idom a propor um parque voltado às atividades de aventura, tirando partido das diferenças de cotas do terreno, sua vegetação e vistas, e respondendo a um uso informal de parte do terreno por praticantes de BMX.  

© Maíra Acayaba
© Maíra Acayaba
© Maíra Acayaba
© Maíra Acayaba
© Maíra Acayaba
© Maíra Acayaba

O conceito proposto para a ocupação do terreno é o de um circuito que une os distintos usos e espaços em diferentes cotas, como se os elementos construtivos atuassem como uma “massa moldável” que vai se adaptando ao terreno, à paisagem existente e aos programas. O circuito surge como aglutinador de todas as necessidades programáticas e serve como base para os deslocamentos e atividades associadas. O parque incorpora atividades de tirolesa, arvorismo, escalada, skate e BMX, conectados por este circuito de caminhos e passarelas.  

Planta (oeste) 2
Planta (oeste) 2
Planta (leste)
Planta (leste)

Dois acessos conectam o parque à cidade e aos demais usos e também à sede da antiga fazenda no alto do terreno, que futuramente abrigará um centro cultural. O projeto, portanto, explora os elementos lineares como elementos unificadores do espaço que une os programas, ora traduzidos em caminhos, playground, em estrutura e cobertura. Para vivenciar o parque é preciso aventurar-se, subir até o seu ponto mais alto para de lá ver toda a cidade. Descer fica mais fácil e, neste caso, mais ainda com a presença da tirolesa.

© Maíra Acayaba
© Maíra Acayaba

Galeria do Projeto

Ver tudoMostrar menos

Localização do Projeto

Endereço:São José dos Campos, SP, Brasil

Clique para abrir o mapa
Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
Escritório
Cita: "Parque Alberto Simões / Idom" [Alberto Simões Park / Idom] 03 Nov 2016. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/798623/parque-alberto-simoes-idom> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.