O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Escolas
  4. Brasil
  5. Base Urbana
  6. 2015
  7. Escola em Alto de Pinheiros / Base Urbana + Pessoa Arquitetos

Escola em Alto de Pinheiros / Base Urbana + Pessoa Arquitetos

Escola em Alto de Pinheiros / Base Urbana + Pessoa Arquitetos
Escola em Alto de Pinheiros / Base Urbana  + Pessoa Arquitetos, © Pedro Vannucchi
© Pedro Vannucchi

© Pedro Vannucchi © Pedro Vannucchi © Pedro Vannucchi © Pedro Vannucchi + 13

  • Arquitetos

  • Localização

    Alto de Pinheiros, São Paulo - São Paulo, Brasil
  • Autores

    Catherine Otondo (Base Urbana), Marina Grinover (Base Urbana), Jorge Pessoa (Pessoa Arquitetos)
  • Área

    796.0 m2
  • Ano do projeto

    2015
  • Fotografias

  • Equipe

    Florencia Testa, Leandro Leão, Lívia Marquez, Luisa Fecchio, Matheus Tonelli, Tânia Helou, Tiago Testa, Patricia Mieko
  • Gestão e Construção

    Marcondes Ferraz Engenharia
  • Fundação

    Geobrax
  • Estrutura de Madeira

    Ita Construtora
  • Estrutura de Aço e Concreto

    Stec Do Brasil
  • Instalações

    Elaine Hammoud E Jds Projetos
  • Mais informações Menos informações
© Pedro Vannucchi
© Pedro Vannucchi

Descrição enviada pela equipe de projeto. A encomenda do projeto determinou que o tempo determinado para terminar o edifício deveria guiar o conceito projetual: o itinerário de 150 dias para construir uma escola de 790 m². 

© Pedro Vannucchi
© Pedro Vannucchi
Floor Plan
Floor Plan
© Pedro Vannucchi
© Pedro Vannucchi

Deste modo, a logística e habilidade de construção, que normalmente são analisados numa fase posterior, tiveram que ser levadas em conta desde os primeiros estudos.

© Pedro Vannucchi
© Pedro Vannucchi

O conceito de desenho arquitetônico estava ancorado nas plantas construtivas: uma estrutura de concreto que se estenderia por amplos vazios (11 x 8 m) e manteria as pistas desportivas no pavimento superior. A laje superior deveria ser apoiada por perfis metálicos, e como não havia tempo para esperar a laje de concreto para serem fixados em seu lugar, utilizou-se uma laje pré-moldada.

Section
Section

Por último, uma estrutura de madeira reveste o interior, dando forma ao edifício em si.

© Pedro Vannucchi
© Pedro Vannucchi

Após instalar a estrutura de concreto e laje pré-moldada, duas diferentes plantas de trabalho foram realizadas. Por um lado, a criação da estrutura de madeira que forma as salas de aula, pátios, biblioteca, e por outro lado colocar a cobertura superior sobre a laje de concreto. A medida que estes dois sistemas estavam sendo finalizados em paralelo, foi possível poupar o tempo de obra.

© Pedro Vannucchi
© Pedro Vannucchi

A partir de então, o trabalho progrediu de forma rápida e eficiente. Os materiais utilizados para essa fase do edifício foram todos pré-fabricados: Placas de cimento, painéis de melanina laminados (TS) e dry wall. Em outras palavras, foi utilizado um processo de construção seca.

Floor Plan
Floor Plan
Floor Plan
Floor Plan

O uso de madeira pré-cortada para a construção do corpo principal do edifício era essencial para alcançar nossos objetivos. estruturas de madeira demandam muita precisão para serem instaladas corretamente. Foi necessário adaptá-las aos vazios do concreto e não havia tempo para realizar outras medições. Essa limitação foi o princípio de toda a obra. Em outras palavras, o uso da madeira determina o caráter geral do edifício, adicionando agilidade, recursos financeiros e economia de tempo.

© Pedro Vannucchi
© Pedro Vannucchi

Além disso, além de quaisquer outras considerações construtivas, a madeira acrescenta beleza visual e conforto tátil para o espaço. O bom uso dos recursos naturais evoca a ideia de preservação da natureza e do ambiente. Estes são valores importantes para uma escola que pretende ter um espaço pedagógico extremamente prático e ao mesmo tempo agradável, que melhora as comunicações entre os estudantes, o ambiente e a experiência de aprendizagem.

Ver a galeria completa

Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato. Cita: "Escola em Alto de Pinheiros / Base Urbana + Pessoa Arquitetos" [School in Alto de Pinheiros / Base Urbana + Pessoa Arquitetos] 13 Out 2016. ArchDaily Brasil. (Trad. Delaqua, Victor) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/797184/escola-em-alto-de-pinheiros-base-urbana-plus-pessoa-arquitetos> ISSN 0719-8906