Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos

Casa na Avenida Fernão de Magalhães / Alessandro Pepe Arquitecto

Casa na Avenida Fernão de Magalhães / Alessandro Pepe Arquitecto

© Miguel Coelho © Miguel Coelho © Miguel Coelho © Miguel Coelho + 23

Porto, Portugal
  • Fotógrafo Fotografias: Miguel Coelho
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes: Carpintaria (escadaria), Cinca, Isohabitat Lda
  • Equipe

    Catia Cunha, Rita Gomes
  • Construção

    José Sousa, Empatobra Lda
Mais informações Menos informações
© Miguel Coelho
© Miguel Coelho

Descrição enviada pela equipe de projeto. Introdução: Esta casa para estudantes fica situada no centro da cidade do Porto. A experiência dos construtores permitiu um bom nível de pormenorização mesmo usando os materiais mais simples. No especifico o carpinteiro Senhor Óscar Mota teve um rolo fundamental na resolução dos pormenores da escada.

© Miguel Coelho
© Miguel Coelho

A escada interior foi desenhada a partir dos modelos tradicionais de construção em madeira da região, observando como inspiração a escada do Museu Moinho de papel em Leiria, desenhado por Álvaro Siza.

© Miguel Coelho
© Miguel Coelho

O corrimão cria um filtro entre a luz da claraboia e o espaço comum da casa. Os detalhes do corrimão foram desenhados com o objetivo de reservar espaço para o adjacente corredor, encontrando uma inspiração na solução que Cesare Cattaneo desenvolveu para a Casa Cattaneo em Cernobbio.

© Miguel Coelho
© Miguel Coelho

A madeira usada para a escadaria, a estrutura dos pisos e para os pavimentos é o pinho. Tal escolha é devida ao facto que este é neste momento o mais econômico entre as madeiras presentes no mercado da região, feita excepção pela madeira de eucalipto. Porem, a madeira de eucalipto é muito resinosa e fortemente sujeita a deformação térmica, pelo que é considerada não adapta por fins construtivos.

Planta
Planta

Ambos o balcão da cozinha e o chão são feitos em cimento. Os restantes pavimentos da casa são feitos em madeira, com a excepção das casas de banho que estão revestidas com azulejos. Também existem alguns dos mosaicos hidráulicos originais.

Ambos o balcão da cozinha e o chão são feitos em cimento. Os restantes pavimentos da casa são feitos em madeira, com a excepção das casas de banho que estão revestidas com azulejos. Também existem alguns dos mosaicos hidráulicos originais.

Corte
Corte

Todos os elementos originais de valor foram preservados e reabilitados como os mosaicos hidráulicos ou o corrimão da escada de ferro exterior.

© Miguel Coelho
© Miguel Coelho

As casas tradicionais da cidade do Porto são construídas por uma sucessão de paredes estruturais em alvenaria de pedra, um aspecto raro na Europa. Este foi um dos motivos pelo qual algumas partes da parede foram deixadas visíveis.

Croqui
Croqui

De forma a tornar o espaço visualmente confortável, toda a iluminação é indireta.

© Miguel Coelho
© Miguel Coelho

A cidade do Porto atravessou um período de desenvolvimento em 2015. O sector da construção conseguiu ultrapassar a crise financeira europeia graças à descoberta, pelos investidores, do patrimônio escondido. Curiosamente, o preço por metro quadrado era menor na baixa da cidade devido à maior parte das casas estarem desabitadas e decadentes em 2010. Devido a estes factores e pelo baixo valor da construção, as condições para investir no Porto são bastantes atrativas. Esta obra em particular é um dos exemplos tornados possíveis por estas medidas.

Fachada
Fachada

Galeria do Projeto

Ver tudo Mostrar menos
Sobre este escritório
Cita: "Casa na Avenida Fernão de Magalhães / Alessandro Pepe Arquitecto" [House in Avenida Fernão de Magalhães / Alessandro Pepe Arquitecto] 11 Out 2016. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/796587/casa-na-avenida-fernao-de-magalhaes-alessandro-pepe-arquitecto> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.