O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Habitação Coletiva
  4. Chile
  5. Emilio Ambasz
  6. 1975
  7. Clássicos da Arquitetura: Casa Cordoba / Emilio Ambasz

Clássicos da Arquitetura: Casa Cordoba / Emilio Ambasz

Clássicos da Arquitetura: Casa Cordoba / Emilio Ambasz
Clássicos da Arquitetura: Casa Cordoba / Emilio Ambasz, © Michele Alassio
© Michele Alassio

© Michele Alassio © Michele Alassio © Michele Alassio © Michele Alassio + 9

  • Arquitetos

  • Localização

    monseñor carlos casanueva Chile
  • Arquiteto Principal

    Emilio Ambasz Emilio Ambasz
  • Arquiteto Associado

    Felipe Palomino Gonzalez
  • Maquete 1

    Nelusco Salvarani
  • Maquete 2

    Bradley Whitermore
  • Ano do projeto

    1975
  • Fotografias

  

© Michele Alassio
© Michele Alassio

Situada em um promontório com vistas para um lago, a casa aparece como um hierático muito poderoso, somente após a última curva da estrada. Anteriormente uma proeminência sem árvores, o entorno da casa foi preenchido com oliveiras.

© Michele Alassio
© Michele Alassio

Duas paredes altas, brancas, de estuque áspero, encontram-se em um ângulo reto, e criam uma envoltória para a casa e definem sua entrada. A partir desta entrada, degraus, de cada vez maiores largura, como um auditório, direcionam para um pátio quadrado ao ar livre no qual a casa se abre. As paredes externas da borda são orientadas ao Norte, para que sua varanda seja sombreada, e a luz que entra na casa seja moderada pela reflexão da luz solar nos lados internos das paredes. A orientação das paredes abriga a casa dos ventos vindos do norte.

© Michele Alassio
© Michele Alassio

A casa está centrada em torno do pátio quadrado, no qual todas as salas se abrem, seguindo a tradição árabe-andaluz. Este pátio quadrado formal é uma extensão ao ar livre dos espaços de estar, uma vez que paredes de vidro afastam-se para permitir a livre circulação a partir do exterior ao interior. Uma galeria coberta é orientada para estar sempre sombreada, definindo os dois outros lados do pátio, e servindo como a transição entre a casa e o pátio.

© Michele Alassio
© Michele Alassio

O interior da casa consiste, simplesmente, de um grande espaço contínuo, definido em um lado por longas paredes sinuosas, com diferentes áreas definidas por cavidades suaves escavadas no chão e ecoadas no teto acima. As paredes perimetrais são lavados pela luz difusa suave descendente das claraboias. Todas as necessidades práticas e serviços (cozinha, banheiros, depósito, etc.) são satisfeitas por volumes inseridos ao lado da sala de estar. As áreas de descanso e de dormir estão nas alcovas quiescentes fechadas dentro das paredes laterais. O segundo pátio curvilíneo informal garante a ventilação cruzada e permite um acesso mais direto e informal ao exterior.

© Michele Alassio
© Michele Alassio

A varanda - outra reminiscência da arquitetura andaluza e um exemplo notável do artesanato regional, composto por mais de 3.000 peças - fornece uma visão do lago e da paisagem circundante. O conjunto da casa e sua sacada, embora não por intenção consciente, recorda as sempre presentes torres de observação da Andaluzia (Atalaya), usadas para observar os movimentos de tropas mouras e piratas. Para subir à varanda, duas escadas metálicas em balanço são fornecidas, projetadas de forma que uma convida a subir, e a outra favorece a descida. A água, correndo para baixo, cria uma grande quantidade de som no fundo da escada e na fonte central semi-circular que a coleta. Enquanto o visitante sobe para a varanda, onde a água se origina, o som se torna mais silencioso até que parece tornar-se um silêncio líquido.

© Michele Alassio
© Michele Alassio

A casa foi construída aberta, e em seguida a terra foi coletada contra suas paredes para criar um acostamento de terra, envolvente, isolando a casa. A técnica construtiva, como praticada por construtores locais, é de concreto e tijolos: piso de concreto e placas de parede descansando em leitos de areia; um forro de fibra de vidro, selado nas junções, é enrolado inteiramente em torno das superfícies enterradas. Paredes duplas e colunas delgadas apoiam uma cobertura abobadada de concreto em vários lugares para ajudar a definir áreas de estar.

© Michele Alassio
© Michele Alassio

Para manter a casa fresca no clima quente e seco do sul da Espanha, ela possui o isolamento térmico da terra na cobertura. Além do conforto térmico, ela integra o telhado à vegetação circundante.

Ver a galeria completa

Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
Emilio Ambasz
Escritório
Cita: "Clássicos da Arquitetura: Casa Cordoba / Emilio Ambasz" [Classic: Cordoba House / Emilio Ambasz] 28 Set 2016. ArchDaily Brasil. (Trad. Souza, Eduardo) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/796205/classicos-da-arquitetura-casa-cordoba-emilio-ambasz> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.