O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Eventos
  3. IV SEMAU - Do progresso ao retrocesso

IV SEMAU - Do progresso ao retrocesso

  • 18:00 - 13 Setembro, 2016
IV SEMAU - Do progresso ao retrocesso
IV SEMAU - Do progresso ao retrocesso , IV SEMAU - Do Progresso ao Retrocesso
IV SEMAU - Do Progresso ao Retrocesso

A IV SEMAU surge com o tema “Do Progresso ao Retrocesso”, que tem como objetivo fazer uma análise crítica do nosso sistema de Habitação de Interesse Social desde as suas origens aos dias atuais, trazer em debate suas ideologias. Sejam elas políticas, culturais e sociais. A arquitetura voltada a habitação de interesse social é um conceito ainda pouco difundido na dinâmica cultural do pais.

Os primeiros estudos da Arquitetura Popular voltados para a habitação social no Brasil apareceram inicialmente nas décadas de 1950 e 1960, mas só ganharam impulso nos anos 1970, a partir da contribuição das universidades através de programas de pós-graduação em ciências sociais, arquitetura e planejamento urbano, e constituiu-se uma área específica de estudos e pesquisas em muitas áreas de conhecimentos. Durante anos, com a criação do Banco Nacional de Habitação – BNH.

Os Institutos de Aposentadoria e Pensão (IAPS) foram as primeiras instituições públicas que investiram na questão habitacional, mas sua principal finalidade era proporcionar benefícios previdenciários e assistência médica aos seus associados. Os Institutos foram muito importantes para a viabilização das incorporações imobiliárias, possibilitando o processo de verticalização e especulação imobiliária.

O crescimento urbano gera uma sobrecarga na necessidade de infraestrutura e equipamentos, afetando o funcionamento das cidades como um todo, comprometendo a qualidade de vida da população. O problema habitacional e as inadequadas condições de moradia da população de baixa renda também são problemas gerados pela a acelerada urbanização. Assim, tornam-se necessários investimentos nas cidades, na tentativa de diminuir a problemática ocasionada pelo crescente aumento da mesma. O processo de urbanização no contexto histórico e socioeconômico do país foi responsável pelo agravamento do problema habitacional refletindo na conformação atual das cidades brasileiras.

Nosso objetivo é transcorrer sobre essa temática junto aos profissionais, autoridades e estudantes que trabalham envolvidos no estudo e reflexão da Arquitetura e Urbanismo realizando uma análise crítica.

O evento acontecerá de 24 à 28 de outubro de 2016.

Veja mais:

Eventos

Este evento foi enviado por um usuário de ArchDaily. Se você quiser, pode também colaborar utilizando "Enviar um evento". As opiniões expressas nos anúncios enviados pelos usuários archdaily não refletem necessariamente o ponto de vista de ArchDaily.

Cita: "IV SEMAU - Do progresso ao retrocesso " 13 Set 2016. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/795241/iv-semau-do-progresso-ao-retrocesso> ISSN 0719-8906