O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Casas
  4. Coreia do Sul
  5. B.U.S Architecture
  6. 2015
  7. Osolzip / B.U.S Architecture

Osolzip / B.U.S Architecture

Osolzip / B.U.S Architecture
Osolzip / B.U.S Architecture, © kyung Roh
© kyung Roh

© kyung Roh © kyung Roh © kyung Roh © kyung Roh + 28

© kyung Roh
© kyung Roh

Descrição enviada pela equipe de projeto. Graças ao rápido processo de industrialização e urbanização, houve uma ocupação das cidades por parte das pessoas, o que acarretou no desenvolvimento de espaços residenciais focados na quantidade, não na qualidade. Neste contexto, a maioria dos cidadãos estão acostumados a dizer "meu sonho é estar na tranquilidade do campo e construir uma casa nele caso eu ganhe dinheiro.".

Planta do Primeiro Pavimento
Planta do Primeiro Pavimento

O cliente, que quando criança viveu em uma comunidade rural, quer que seus filhos experimentem memórias como as suas. Mudou-se para a cidade metropolitana de Seul para trabalhar, casou-se, e agora optou por viver novamente no campo, pensando em seus filhos.

© kyung Roh
© kyung Roh

Houve uma grande questão quanto a construir uma casa no lote: parte dele vinha sendo ocasionalmente utilizada como passagem por moradores do entorno. Dar à comunidade este espaço de caminho sacrificaria uma parte muito grande do lote, ao mesmo tempo que bloquear a via traria um grande desconforto à comunidade.

© kyung Roh
© kyung Roh

Para acabar com este dilema, o cliente sugeriu manter o caminho como está. Como ele tinha vivido sua infância nesta comunidade, a comunidade significava mais para ele do que meros vizinhos. Ele estava consciente do significado daquele caminho para a comunidade. Nomeamos o caminho, rodeado de pequenas árvores e vegetação, de "osolgil", ou "pequeno caminho do bosque", que serviu como inspiração central para nosso projeto.

Corte 2
Corte 2

O desenho de uma rota de acesso para as crianças foi o foco central do projeto. Com o objetivo de criar um caminho intuitivo e diverso, nos inspiramos no clássico jogo "Pac-Man", cuja composição é instantânea e intuitiva, mas permite imaginação sem limites através de uma série de padrões em uma estrutura de duas dimensões.

© kyung Roh
© kyung Roh

Quando projetamos o caminho do bosque, avançamos com a ideia de que esta residência seria uma nova fase de Pac-Man para as crianças: esta ideia de duas dimensões estendeu-se a três dimensões, possibilitando uma variedade de espaços e funções em cada caminho. Finalmente, as crianças começaram a correr pelo caminho, assumindo os papeis de Pac-Man e dos fantasmas do jogo de forma voluntária.

© kyung Roh
© kyung Roh

Divertindo-se livremente ao longo do caminho, que flui do exterior ao interior e vice-versa, as crianças experimentaram um espaço diverso. Ao abrir a porta principal, enfrenta-se estantes de livro ao longo do percurso, e a sala principal foi projetada para servir como estúdio para as crianças, ou como sala audiovisual para a família com a instalação de projetores. Atravessando o banheiro, entra-se na sala de estar e em um mezanino para as crianças: este espaço está aberto ao pátio para que a família possa passar mais tempo ali.

Logo, ao abrir a porta do armário, encontra-se o closet. Ao atravessar a cozinha e a sala de jantar, retorna-se à porta principal. Com o ciclo entre começo e final, o caminho continua e extende-se à sala de jogos e ao loft no pavimento superior. O loft conduz ao térreo, o espaço de estar e o exterior: a circulação permite às crianças correr e correr sem descanso.

© kyung Roh
© kyung Roh

Ver a galeria completa

Sobre este escritório
B.U.S Architecture
Escritório
Cita: "Osolzip / B.U.S Architecture" [Osolzip / B.U.S Architecture] 10 Set 2016. ArchDaily Brasil. (Trad. Brant, Julia) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/794880/osolzip-bus-architecture> ISSN 0719-8906