O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Renovação
  4. México
  5. R-Zero Studio
  6. 2015
  7. Escritórios CDLE / R-Zero

Remodelaçao

Apresentado por the MINI Clubman

Escritórios CDLE / R-Zero

Escritórios CDLE / R-Zero
Escritórios CDLE / R-Zero, © Moritz Bernoully
© Moritz Bernoully

© Moritz Bernoully © Moritz Bernoully © Moritz Bernoully © Moritz Bernoully + 28

  • Arquitetos

  • Localização

    Centro Histórico, Centro, Cidade do México, D.F., México
  • Arquitetos Encarregados

    Alejandro Zárate de la Torre, Edgar Velasco Casillas
  • Área

    2330.0 m2
  • Ano do Projeto

    2015
  • Fotografias

  • Colaboradores

    Mario Pliego, Eliud Martínez, Norma Contreras, Didier López
  • Paisagem

    Entorno / PAAR Carlos Alberto & Paola Lopez
  • Móveis de Exteriores

    Ariel Rojo
  • Móveis de Interiores

    Perigonal
  • Textos

    Alejandro Fernández
  • Construção

    Coletivo A Heriberto Maldonado / Alfonso Baez
  • Mais informações Menos informações
© Moritz Bernoully
© Moritz Bernoully

Descrição enviada pela equipe de projeto. O edifício em questão data do princípio do século XX e trata-se de um imóvel catalogado por seu valor histórico, artístico e patrimonial por INAH e SEDUVI, destinado originalmente a alojar múltiplas residências, mas que, durante sua existência contemplou a sede de Libreros Mexicanos Unidos até uma doceria e um clube de jogatina. Toda essa experiência prévia é precisamente o que concede ao local uma personalidade particular e faz com que seu espaço interior seja único. Assim como acontece em um indivíduo real, o edifício adquire seu caráter por suas experiências, de maneira quase empírica, e adquire suas marcas particulares, suas cicatrizes, suas rugas, as quais neste projeto não serão apagadas nem maquiadas, mas formarão parte da expressão que adquirirá ao abarcar um novo uso, um novo capítulo em sua rica vida.

© Moritz Bernoully
© Moritz Bernoully

O contexto no qual se desenvolve este edifício sofreu com muitas causalidades ao longo dos tempos no início do século XX, quando era uma região de casas de campo, mas com o crescimento da cidade, sua proximidade com o centro histórico, provocado pelo abandono destas propriedades. A destruição em massa que o terremoto de 1985 gerou nas colônias dentro da cidade, um efeito negativo nas dinâmicas de distribuição da população e a consolidação dos bairros históricos da área urbana.

Corte
Corte

Tratando-se de um edifício catalogado pelo INBA, a intervenção deverá conservar a essência do objeto arquitetônico preexistente. Responde aos requisitos de três diferentes órgãos de governo, espaços flexíveis e amplitude visual, buscando dar a cada cliente um sentido de apropriação de seu espaço com ênfase no pátio de acesso.

© Moritz Bernoully
© Moritz Bernoully

Criar sem construir, soa como uma meta quase impossível, mas sem dúvida eficaz e inovadora. A ideia por trás da obra é o que predomina sobre qualquer representação formal da mesma. É, precisamente, a claridade de um conceito que determina a potência por trás de um projeto que, visualmente, resulta muito atrativo, superando os elementos físicos que o materializam em uma realidade. No final, o que fica é uma memória rica de sensações gerada a partir do todo que está e esteve, de estímulos inesperados e constantes nos quais predomina nada além do espaço - ao fim e a cabo, a arquitetura.

© Moritz Bernoully
© Moritz Bernoully

Existem alguns antecedentes exitosos que conseguiram alcançar as premissas mencionadas anteriormente, como o trabalho de Donald Judd em Marfa, Texas ou mais recentemente o projeto de El Matadero em Madrid, intervenções que vão mais além de apropriar-se de um antigo envelope e rejuvenescê-lo. Trata-se de lidar com o existente, não adaptá-lo, renová-lo ou melhorá-lo, mas, simplesmente utilizá-lo. Uma ação mais valente e mais complexa do que parece, uma ação que vai quase em contramão do suposto trabalho do arquiteto difundido em escolas e no mesmo âmbito de trabalho da profissão. Trata-se de fazer arquitetura sem construir.

Planta
Planta

Desde os primeiros traços buscou-se gerar blocos sólidos e vazios, ou seja, positivos e negativos entre espaços, a acomodação entre os blocos na qual lida-se com sua altura entorno de um pátio central. Com isso, obtêm-se espaços estáticos (salas, residências e estúdios) e dinâmicos (escadas e corredores).

© Moritz Bernoully
© Moritz Bernoully

O interior do edifício é rico em texturas abundantes. Texturas que não podem ser produzidas de forma artificial, texturas que são geradas apenas com a passagem do tempo, e que de forma alguma serão negadas. Não importa se existe pintura desgastada, divisórias aparentes, vegetação saindo das paredes ou vigas que alguma vez sustentaram algo e que agora cumprem funções quase escultóricas, nada se toca, o único fator "limitante" é, sem dúvidas, a conservação do edifício.

© Moritz Bernoully
© Moritz Bernoully

Ver a galeria completa

Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
R-Zero Studio
Escritório
Cita: "Escritórios CDLE / R-Zero" [Oficinas CDLE / R-Zero] 06 Set 2016. ArchDaily Brasil. (Trad. Brant, Julia) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/794499/escritorios-cdle-r-zero> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.