O site de arquitetura mais visitado do mundo
Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Juízados E Tribunais
  4. Palestina
  5. AAU ANASTAS
  6. 2015
  7. Palácio da Justiça de Toulkarem / AAU ANASTAS

Palácio da Justiça de Toulkarem / AAU ANASTAS

Palácio da Justiça de Toulkarem / AAU ANASTAS
Palácio da Justiça de Toulkarem / AAU ANASTAS, © Mikaela Burstow
© Mikaela Burstow

© Mikaela Burstow © Mikaela Burstow © Mikaela Burstow © Mikaela Burstow + 25

© Mikaela Burstow
© Mikaela Burstow

Descrição enviada pela equipe de projeto. Toulkarem é uma cidade na parte norte da Palestina, distante 15 km de Nablus, conhecida por ser um centro de comércio para os produtos das fazendas e vilarejos do entorno da cidade. Sua posição geográfica no país faz de Toulkarem a cidade mais fértil da Palestina.

Localizada na entrada norte de Toulkarem, o Palácio da Justiça faz parte de um grande projeto de remodelação do tecido urbano.

© Mikaela Burstow
© Mikaela Burstow

O Palácio de Justiça de Toulkarem abriga a Tribunal de Primeira Instância e dos Magistrados.

O conceito urbano proposto determinou a sucessão de volumes. Na entrada da cidade, um primeiro edifício sobre um terreno triangular acomoda os serviços públicos enquanto um segundo edifício se releva ao longo de um espaço de interstício com jardins cultivados localmente. 

© Mikaela Burstow
© Mikaela Burstow

O edifício principal está diretamente conectado com um espaço público frontal, que o ancora em seu contexto urbano direto e oferece aos cidadãos um espaço de encontro. A diferença de nível entre a rua e o térreo do edifício cria uma configuração de espaço público que estimula os cidadãos a conferir o espaço.

Axonométrico
Axonométrico

As enormes pedras locais do edifício principal são marcadas por diferentes geometrias inclinadas, protegendo o espaço interno do efeito estufa durante as horas de trabalho, enquanto oferece grandes vistas emolduradas das paisagens do entorno. Ao entrar na cidade, um espaço público introduz o primeiro edifício com fachada em pedra depois de um grande jardim que atravessa o terreno e marca a geometria da fachada metálica do segundo edifício. 

© Mikaela Burstow
© Mikaela Burstow

A sucessão de sequências é projetada como um equilíbrio de alocações de espaço, tipologias arquitetônicas e estratégias de proteção solar. Como resultado, um espaço público (no sentido de espaços construídos pelo homem) contrasta com a natureza dos espaços que recebem os jardins, as construções em pedra e o muxarabi metálico são postos em tensão, e os efeitos de luz e sombra são opostos aos dispositivos para filtrar o sol.

Corte
Corte

A arquitetura do Palácio de Justiça de Tulkarem cria um estado de equilíbrio de ambiências arquitetônicas opostas.

© Mikaela Burstow
© Mikaela Burstow

O edifício de entrada abriga a administração do Tribunal e inclui os registros de dados, caixa e notário. Em contraste com a envoltória externa em pedra, as fachadas internas são leve e delicadas, se abrindo para o espaço linear cultivado.

© Mikaela Burstow
© Mikaela Burstow

O edifício que abriga as salas do Tribunal estão diretamente relacionados com os espaços dos jardins. Sua fachada é feita de uma envoltória metálica brilhante, cruzando noções de transparência e confidencialidade. Ela filtra a luz e é permeável ao jardim cultivado que proporciona temperatura mais amena.

© Mikaela Burstow
© Mikaela Burstow

Ver a galeria completa

Localização do Projeto

Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
Cita: "Palácio da Justiça de Toulkarem / AAU ANASTAS" [Toulkarem Courthouse / AAU ANASTAS] 13 Ago 2016. ArchDaily Brasil. (Trad. Santiago Pedrotti, Gabriel) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/792943/palacio-da-justica-de-toulkarem-aau-anastas> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.