O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Ateliê
  4. Taiwan
  5. Bio-architecture Formosana + NOIZ ARCHITECTS
  6. 2014
  7. Campus Central de Inovação de Taiwan MOEA / Bio-architecture Formosana + NOIZ ARCHITECTS

Campus Central de Inovação de Taiwan MOEA / Bio-architecture Formosana + NOIZ ARCHITECTS

Campus Central de Inovação de Taiwan MOEA / Bio-architecture Formosana + NOIZ ARCHITECTS
Campus Central de Inovação de Taiwan MOEA / Bio-architecture Formosana + NOIZ ARCHITECTS, Cortesia de Bio-architecture Formosana
Cortesia de Bio-architecture Formosana

Cortesia de Bio-architecture Formosana Cortesia de Bio-architecture Formosana Cortesia de Bio-architecture Formosana Cortesia de Bio-architecture Formosana + 30

Cortesia de Bio-architecture Formosana
Cortesia de Bio-architecture Formosana

Transição inovadora de carreiras de Taiwan

Localizado no Parque das Ciências de Nantou no centro de Taiwan, o Campus de Inovação MOEA (CTIC) é um Instituto de Pesquisa com usos múltiplos. O Campus tem uma área total maior que 42700 m² e está localizado e, um terreno de 2,47 hectares, com capacidade para mais de mil funcionários. Com o rápido fluxo de saída de talentos devido a alteração da administração legislativa, além da destruição causada pelo Terremoto 921, o desenvolvimento local de Zhongxing foi severamente alterado. Sob a premissa de manter a paisagem urbana e qualidade de vida existente, o projeto sofrerá uma transição para se tornar um grande Parque de Pesquisa integrando recursos de pesquisa de Taiwan para promover o desenvolvimento econômico local.

Cortesia de Bio-architecture Formosana
Cortesia de Bio-architecture Formosana

Para ressuscitar o nome que outrora era conhecido, o Jardim Urbano está desenhado para ser respeitoso com o meio ambiente através da criação de um entorno natural mais adequado para a convivência do ser humano e da natureza. O ciclo de vida do edifício foi levado em conta para a fundação da gestão operativa, que é determinada em função da demanda, o desenho e as características de cada espaço desde o começo da fase de implantação. O objetivo é reduzir em 10% a compensação total de carbono durante sua fase de construção. Além disso, adota o sistema BIM para a análise da eficiência da operação. 

Planta Primeiro Pavimento
Planta Primeiro Pavimento

Preservação Histórica

O projeto incorpora componentes da paisagem local. Através da manipulação das formas, o aumento das áreas verdes no bairro e a elevação da estrutura geral em 20 m, o desenho representa simbolicamente a camada de terra que se abre. A planta principal conta com laboratórios, espaços de oficinas, além de zonas comuns que estão bem iluminadas com luz natural. Uma estufa de três pavimentos está na porção sudeste do parque com luz solar suficiente para a pesquisa em engenharia agrícola subtropical. 

Cortesia de Bio-architecture Formosana
Cortesia de Bio-architecture Formosana

As áreas verdes se iniciam na praça térrea, atravessa o refeitório dos funcionários e continua na cobertura para depois convergir novamente para a natureza na parte posterior do terreno. Esta continuação do verde significativamente reduz a colisão visual e ambiental. Além disto, o lago consegue reduzir a temperatura, os painéis fotovoltaicos integrados ao edifício atuam como refúgio e geração de energia e a plataforma na cobertura em forma de cratera oculta os aparatos eletromecânicos.

Cortesia de Bio-architecture Formosana
Cortesia de Bio-architecture Formosana

Uma fachada que ecoa a paisagem do entorno

A fachada do edifício é composta por uma parede com marcos metálicos e painéis de persianas de alumínio com tubulações de laboratórios e caminho para manutenção entre elas. Para reduzir a intensidade da radiação enquanto recebe máxima luz natural, os vidros são de baixa emissividade com 16 mm de espessura alternados com vidros de 8 mm semi refletantes. Painéis perfurados servem como refúgio, criam um padrão rítmico com sua curvatura e densidade. A característica principal da fachada, 3358 peças de elementos de sombreamento externos desenhados por Noiz Arquitectos (Keisuke Toyoda e Chia-Hsuan Tsai) foram instalados manualmente pela equipe de construção.

Cortesia de Bio-architecture Formosana
Cortesia de Bio-architecture Formosana

Estrutura Anti-sísmicas 

Localizados em uma área geográfica com grande frequência de terremotos, o projeto incorpora mecanismos anti-choque. Baseado no conceito de 'Coluna Forte e Viga Fraca' e com o uso de armações de aço resistente, escoras resistentes a flambagem, amortecedores de fluído viscoso e outras estruturas anti-sísmicas, a estrutura permanece elástica até um terremoto nível 7 ou superior. Se o terremoto tiver magnitude maior que este nível, o edifício ainda é capaz de se deformar de maneira vantajosa para resistir à atividade sísmica. Isto permite que o edifício tenha um alto nível de segurança, e que seja possível repará-lo com facilidade. Portanto, é possível proteger os equipamentos e a pesquisa avançada.

Cortesia de Bio-architecture Formosana
Cortesia de Bio-architecture Formosana

Microclima

Durante o processo de projeto foram empregadas análises de simulação de campo de vento com software profissional. Uma circulação de ar interna se cria das aberturas externas de todo o edifício afim de proporcionar ventilação natural. Com o objetivo de alcançar as demandas flexíveis do instituto de pesquisa, este edifício tem a forma similar ao ideograma chinês 「回」, com um pátio externo com 65 m de comprimento, 46 m de largura e 23 m de altura.  Além disso, uma área de trabalho aconchegante foi alcançada através da coordenação dos espaços externos, o lago ecológico e a vegetação em várias camadas.

Cortesia de Bio-architecture Formosana
Cortesia de Bio-architecture Formosana

Interação espacial entre interior e exterior

A área de exposição e a biblioteca localizada na área central se conectam com os laboratório e a área de escritórios por passarelas, que em conjunto servem como espaço comum para os pesquisadores para trocarem suas ideias criativas. A área de exposição e a sala de conferências estão localizadas no bloco central. O público pode começar sua visita no complexo que passa pelo saguão e as escadarias no átrio central. A luz natural e o ambiente com vegetação se introduzem nos interiores através dos painéis de vidro do piso ao teto, que também permite que as atividades do interior se estendem a plataforma ao ar livre. A biblioteca está no bloco central e conectada com os escritórios e laboratórios por duas passarelas que se cruzam. A plataforma semi-coberta na cobertura está entre a vegetação, assim como a cobertura de painéis solares, formando mais espaços para o público, que podem desfrutar de vistas espetaculares. 

Cortesia de Bio-architecture Formosana
Cortesia de Bio-architecture Formosana

Construção Sustentável

A redução de produção de carbono é sempre o objetivo principal dos projetos dos arquitetos. Este projeto, está centrado nos nove indicadores principais no sistema de certificação de edifícios verdes de Taiwan, alcançando o status Diamante no "Green Building Label." O projeto faz uso de práticas reais, como a criação de habitats para as espécies locais, o uso de vegetação de caráter diferente, utilização de materiais ecológicos e estabelecendo sistemas de reciclagem de água, entre outros. Além disso, introduz o cálculo das pegadas de carbono, a avaliação da viabilidade e medidas específicas durante o processo de projeto e a fase de construção. O objetivo maior é construir uma arquitetura de baixas emissões de carbono e uma cidade baixa em carbono.

Cortesia de Bio-architecture Formosana
Cortesia de Bio-architecture Formosana

Os elementos de gestão de manutenção, economia de energia, a utilização de recursos renováveis e controle do conhecimento tem que ser considerados para a arquitetura com sabedoria. Por exemplo, o uso de painéis de energia solar de 140 watts para iluminação interna em LED pode reduzir o consumo de eletricidade, a climatização funciona principalmente com o sistema de armazenamento de gelo onde também está inserido um sistema de vigilância de dióxido de carbono, o que permite a alteração automática da incorporação de gás externo. Um sistema de controle de iluminação de duas vias é utilizado em todo o edifício, enquanto que o modo de sincronização do controle e sensor de luz são utilizados para controlar o acionamento e desligamento das lâmpadas. Auto regulação externa e iluminação individual são criadas em algumas áreas, além da luz natural que é introduzida em espaços visualmente penetráveis, como por exemplo os laboratórios abertos. 

Planta Segundo Pavimento
Planta Segundo Pavimento

O Campus de Inovação MOEA em Taiwan se tornou um dos precedentes de projetos significativos do "caminho para a inovação industrial" para os arquitetos em cooperação com o Instituto de Pesquisa de Tecnologia Industrial de Taiwan. Para mostrar respeito ao entorno local, este projeto se baseia no conceito da paisagem ecológica, enquanto que introduz a natureza na arquitetura. Por outra parte, a técnica de projeto da construção ecológica inteligente coordenada com a equipe de pesquisa avançada permitiu o desenvolvimento desta área de Taiwan ao inovar exploração industrial acoplada com tecnologia, ecologia e cultura.

Cortesia de Bio-architecture Formosana
Cortesia de Bio-architecture Formosana

Ver a galeria completa

Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
Bio-architecture Formosana + NOIZ ARCHITECTS
Escritório
Cita: "Campus Central de Inovação de Taiwan MOEA / Bio-architecture Formosana + NOIZ ARCHITECTS" [Central Taiwan Innovation Campus MOEA / Bio-architecture Formosana + NOIZ ARCHITECTS] 06 Jul 2016. ArchDaily Brasil. (Trad. Santiago Pedrotti, Gabriel) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/790637/central-taiwan-innovation-campus-moea-bio-architecture-formosana-plus-noiz-architects> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.