O site de arquitetura mais visitado do mundo
Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Centro Comunitário
  4. Itália
  5. Burnazzi Feltrin Architetti
  6. 2015
  7. Centro Comunitário em Poggio Picenze / Burnazzi Feltrin Architetti

Centro Comunitário em Poggio Picenze / Burnazzi Feltrin Architetti

Centro Comunitário em Poggio Picenze / Burnazzi Feltrin Architetti
Centro Comunitário em Poggio Picenze / Burnazzi Feltrin Architetti, © Carlo Baroni
© Carlo Baroni

© Carlo Baroni © Carlo Baroni © Carlo Baroni © Carlo Baroni + 34

  • Colaboradores

    Paolo Pegoretti arquiteto, Silvia Capelli arquiteta, Michela Corn
  • Supervisor de Trabalho

    Davide Feltrin arquiteto
  • Projeto Estrutural

    Svaldi Ingegneria (Alessandro Svaldi engenheiro)
  • Projeto Climático e de Ventilação

    Svaldi Ingegneria (Roberto Svaldi engenheiro)
  • Projeto de Sistema Elétrico

    TESI Engineering
  • Projeto de Segurança

    Francesco Ludrini
  • Construtora

    Prefgab
  • Cobertura Verde

    Miani Gardens Giardini
  • Revestimento, Fachada e Pintura

    Nozza Edilizia
  • Aquecimento e refrigeração, Elétrica

    Idroterm Romele
  • Caixilhos de Janelas

    BG Legno
  • BG Legno

    Ninz Firedoors
  • Piso

    Nozza Edilizia
  • Piso Externo

    Italcementi Group
  • Áreas Verdes

    Miani Gardens Giardini
  • Mobiliário

    Grisoni Sistemi Didattici
  • Mais informações Menos informações
© Carlo Baroni
© Carlo Baroni

Descrição enviada pela equipe de projeto. O novo Centro Comunitário Poggio Picenze nasceu para realocar a antiga estrutura de agregação social localizada no centro histórico, inutilizada pelo terremoto de 6 de Abril de 2009. A administração respondeu com prontidão a diferentes grupos como a Associazione Nazionale Cantanti, o grupo da Provincia Editoriale e a Salvadanaio per l'Abruzzo, enquanto a construtora, as empresas provedoras e os arquitetos trabalhavam para reduzir as taxas.

© Carlo Baroni
© Carlo Baroni
Planta
Planta
© Carlo Baroni
© Carlo Baroni

Depois de uma primeiro versão preliminar do projeto, que incluía a localização do edifico no local da laje do parque da cidade, no ano de 2011 a Prefeitura implementou o Centro Comunitário em uma área esportiva próxima à entrada, que está substituindo o centro de logística de coordenação de terremotos. A intenção do projeto do novo complexo é revisar o trabalho em "Grande Cretto" por Burri, construído em Gibellina entre 1985 e 1989, após o terremoto de Belice (1968) realizado em concreto branco. O novo centro comunitário mantém muitas das características do projeto anterior, mas também propõe novas. Ao desejo de construir um edifício respeitoso com a paisagem de Abruzos, agregou-se o valor da memória. Em 2011, dois anos após o terremoto, um período em que a sociedade civil italiana esqueceu-se pouco a pouco o que ocorreu em Abruzos, os volumes em ziguezague buscam evocar formas de rachaduras imaginárias, em memória ao ocorrido na ocasião do terremoto. Ao mesmo tempo, já que o edifício é coberto por madeira e vegetação, o projeto pretende dar um valor positivo à natureza, inspirando em seus usuários uma renovada confiança nela e na humanidade; as crianças e os idosos se reúnem em um edifício integrado à natureza, que oferece a oportunidade de nutrir uma nova esperança para o futuro. O teto é coberto por grama, e as fachadas também recebem elementos naturais graças à uma série de cabos coloridos onde se apoiam plantas trepadeiras que espera-se que recebam cuidados por parte dos usuários do centro.

© Carlo Baroni
© Carlo Baroni

O Centro Comunitário é capaz de abrigar cerca de 130 pessoas, entre residentes de Poggio Picenze e moradores de aldeias vizinhas. O Centro foi construído em um só pavimento e cobre cerca de 240 metros quadrados (superfície interna líquida) formados pelo hall de entrada, duas salas multiuso, biblioteca com estações de internet, sala de música, área de serviços, dispensa, espaços abertos e cobertos. Externamente, as paredes foram revestidas com madeira de lariço natural, a mesma madeira utilizada para as portas e janelas. O volume principal fechado foi implantado ao lado de outros dois edifícios abertos ao estacionamento de veículos de quatro e duas rodas, e foram construídos em estruturas de aço revestidas com tábuas de madeira de lariço que também foram cobertas por cabos que sustentam plantas trepadeiras.

© Carlo Baroni
© Carlo Baroni

Ver a galeria completa

Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
Cita: "Centro Comunitário em Poggio Picenze / Burnazzi Feltrin Architetti" [Community Center in Poggio Picenze / Burnazzi Feltrin Architetti] 28 Jun 2016. ArchDaily Brasil. (Trad. Brant, Julia) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/790235/community-center-in-poggio-picenze-burnazzi-feltrin-architetti> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.