O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Universidade
  4. França
  5. AZC
  6. 2014
  7. Auditórios da Universidade Descartes / AZC

Auditórios da Universidade Descartes / AZC

Auditórios da Universidade Descartes / AZC
Auditórios da Universidade Descartes / AZC, © Sergio Grazia
© Sergio Grazia
  • Arquitetos

    AZC
  • Localização

    143 Avenue de Versailles, 75016 Paris, França
  • Equipe de Projeto

    Cyril BERTHELET, Fabien BARGUE, Bertrand SUVELIER
  • Parceiros

    Batiserf, Louis Choulet, Bureau Michel Forgue, VS-A, Batiss, Altia
  • Área

    906.0 m²
  • Ano do projeto

    2014
  • Fotografias

© Sergio Grazia © Sergio Grazia © Sergio Grazia © Sergio Grazia + 22

  • Engineers

  • Cliente

    Université Paris Descartes
  • Orçamento

    3,25 M€
© Sergio Grazia
© Sergio Grazia

Descrição enviada pela equipe de projeto. Este projeto, que inclui a construção de duas salas de conferência de 200 lugares, foi uma oportunidade para realizar uma transformação exitosa de uma quadra urbana. Revela um espaço urbano que usuários, residentes, ou visitantes se apropriem, e cumpre os requerimentos de coerência e simplicidade, entre senso estético e funcional. A quadra urbana pertence à Universidade Paris Descartes e era vista como um espaço lotado, resultado de um acúmulo de edifícios na parte superior de um estacionamento ocupando toda a área. O desafio era transformar esta quadra num espaço desejável e funcional.

© Sergio Grazia
© Sergio Grazia

A definição compacta e minimalista do novo edifício, a simplicidade de sua forma, o nível de acabamento e a escolha de materiais pretendem reforçar a própria identidade no coração da quadra parisiense, com uma imagem remanescente de antigos armazéns de oficinas. A arquitetura, refletida pela otimização máxima, responde às restrições estruturais, econômicas e da legislação.

© Sergio Grazia
© Sergio Grazia

Para minimizar o efeito do impacto na infraestrutura do estacionamento existente, foi preciso uma ligeira elevação no volume. O sistema construtivo com elementos padronizados em metal permitem o cruzamento de grandes vãos e algumas características da super estrutura. Ao sul, o topo do anfiteatro está em balanço por sobre os espaços térreos, que proporciona espaços livres para salas de aula e escritórios.

Planta
Planta

Para controlar os custos de operação e instalações específicas, mas também para contornar as restrições impostas pelo terreno, tornamos acessíveis, caminháveis e abertas todas as áreas públicas ao agrupá-las no térreo. Por outro lado, todas as salas de instalações técnicas estão alojadas na parte superior, sob o telhado, transformadas em elementos invisíveis e inacessíveis ao público. Esta distribuição libera um espaço precioso no térreo, para torná-lo transparente e contínuo com o deck.

© Sergio Grazia
© Sergio Grazia

Embora o desenvolvimento do entorno inicialmente estava fora do programa, conseguimos integrar no orçamento do projeto ao propor um tratamento uniforme de madeira, com o objetivo de estender o espaço interno das salas para o pátio, tornando-se um espaço de convivência.

Estrutura
Estrutura

No desenho dos anfiteatros pensamos em uma disposição otimizada, mais compacta em planta e fachada. Cada anfiteatro consiste de oito grande degraus em nove fileiras. A distância do fundo da sala para o quadro é significativamente reduzida, se beneficiam de melhor visibilidade e uma distância de 14,5 m de projeção. A largura dos degraus é de 90 cm e cada assento tem 56 cm. A primeira linha está a 5 m da mesa, cadeirantes ocupam cinco assentos no eixo da parte mais inferior da sala. Os ângulos verticais e horizontais de visibilidade são respeitados, o conforto acústico é garantido pela escolha e posicionamento dos revestimentos internos, painéis de aço micro perfurados e painéis perfurados de madeira.

© Sergio Grazia
© Sergio Grazia

Toda a envoltória dos auditórios é feita de elementos de aço com isolamento térmico reforçado, o que tem baixa amplitude térmica garantindo um deslocamento de fase de não menor que 12h. O aquecimento, ventilação e refrigeração dos anfiteatros são proporcionados por unidades independentes de bombas de calor. Estes sistemas termodinâmicos constam de um compartimento de extração para a recuperação de energia do ar de escape e um compartimento de agrupamento técnico e organismos reguladores e componentes de refrigeração.

© Sergio Grazia
© Sergio Grazia

O dispositivo de troca de calor tem alta eficiência e permite uma primeira recuperação do calor do ar de retorno. A recuperação é completa então pela operação da bomba de calor. No verão, o ciclo de refrigeração se inverte. A vantagem de tais sistemas é que geram um rendimento de energia maior em comparação com uma solução de aquecimento tradicional.

© Sergio Grazia
© Sergio Grazia

Ver a galeria completa

Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato. Cita: "Auditórios da Universidade Descartes / AZC" [Descartes University Lecture Theaters / AZC] 15 Jun 2016. ArchDaily Brasil. (Trad. Santiago Pedrotti, Gabriel) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/789176/auditorios-da-universidade-descartes-azc> ISSN 0719-8906