O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Apartamentos
  4. Irã
  5. Ali Sodagaran
  6. 2015
  7. Edifício Residencial 144 / Ali Sodagaran + Nazanin Kazerounian

Edifício Residencial 144 / Ali Sodagaran + Nazanin Kazerounian

  • 11:00 - 22 Abril, 2016
  • Traduzido por Camilla Sbeghen
Edifício Residencial 144 / Ali Sodagaran + Nazanin Kazerounian
Edifício Residencial 144 / Ali Sodagaran + Nazanin Kazerounian, © Parham Taghioff
© Parham Taghioff

© Parham Taghioff © Parham Taghioff © Parham Taghioff © Parham Taghioff + 38

  • Design de Interior

    Nazanin Kazerounian
  • Colaboradores

    Amin Shahvar, Roya Seirafi
  • Estrutura

    Salman Rostami
  • Instalações

    Amin Mohkami
  • Coordenador de Obra

    Ali Sodagaran
  • Mais informações Menos informações
© Parham Taghioff
© Parham Taghioff

Descrição enviada pela equipe de projeto. A principal ideia de projetar esta casa é fornecer os requisitos primários que refletem a beleza da natureza nos espaços interiores de acordo com a sua posição. A edificação está situada no Golshan Garden, localizado no centro da cidade de Shiraz. O projeto tentou refletir os paradigmas de repetição de acordo com os critérios e as regras da região na economia, na sociedade e no meio ambiente. Cada escolha neste projeto passou por estes três filtros (economia, sociedade e meio ambiente) influenciando-o.

Planta baixa - térreo
Planta baixa - térreo

A área deste terreno é de 268 m2 (11m x 26m). A taxa máxima de ocupação da superfície do térreo é de 60%  que construiu em sua parte norte. Os andares superiores poderiam  possuir 1,2 m a mais para o sul e 0,6 para o norte. Esta obra foi projetada para três famílias e desde o início decidimos começar por unidades habitacionais (uma unidade por andar, 170 metros) sendo que no primeiro andar e no piso térreo estão o estacionamento, o espaço de entrada, depósito e um escritório. 

© Parham Taghioff
© Parham Taghioff

Cada unidade residencial está projetada de acordo com as necessidades, gostos e estilo de vida de seus proprietários. Examinar os comportamentos dos moradores originou plantas únicas com consistentes necessidades. Estas diferenças também podem ser vistas na fachada exterior (diferentemente dos apartamentos convencionais, com módulos repetidos) indicando uma variedade de estilos de vida dos moradores.

© Parham Taghioff
© Parham Taghioff

Luz e Ventilação

De acordo com a orientação nordeste-sudoeste, os espaços interiores que precisavam de luz natural foram localizadas adjacentes à camada externa (três dormitórios e área de estar) e espaços de serviço, tais como o banheiro, escadas e caixas de elevadores no meio.

© Parham Taghioff
© Parham Taghioff

Os materiais das paredes (argila com coeficiente térmico de 1,9 W / m2K e redução de ruído 43 db) e janelas com vidros triplos (uma camada de laminado de argônio de 12 mm) e armários também utilizados como isolamento acústico e térmico no nordeste minimizando as paredes do edifício, protegem o espaço do dormitório da poluição sonora.

© Parham Taghioff
© Parham Taghioff

O design vertical das janelas com uma profundidade de 70 cm com instalação de persianas de madeira verticais, reduzem a intensidade da luz solar direta nos dormitórios ao leste. Assim, um espaço verde para cada dormitório parecia satisfazer os moradores da necessidade de se conectar com a natureza e proporcionar uma sensação de vitalidade em cada espaço (dormitório) e também trazer uma visão interessante para os transeuntes.

Diagrama Ventilação 2
Diagrama Ventilação 2

No lado sul, foram criadas duas formas para facilitar a entrada de luz. No primeiro andar, de acordo com a altura das plantas já existentes, a janela principal localizada na frente das árvores de álamo, controla naturalmente a quantidade de luz no interior do espaço nos meses de inverno e no verão as árvores criam uma bela vista para o lugar interno. No segundo e terceiro pavimento,com criação de espaços verdes, no centro da luz indireta na fachada sul orientada aos espaços periféricos estão feitas com grelhas móveis de madeira, que são ajustáveis em diferentes estações do ano e nas horas do dia.

© Parham Taghioff
© Parham Taghioff

Este elemento dá forma ao espaço semi-aberto como o núcleo de espaços públicos com a possibilidade de ajustar a luz que entra no edifício, além disso, fornece uma visão verde para os espaços interiores e exteriores.

© Parham Taghioff
© Parham Taghioff

Escadaria

Com especial atenção para o design da escadaria e do não-uso de tradicionais detalhes, placas finas de metal com uma distância de 10 cm do corpo, foram previstas para fornecer mais permeabilidade visual, luz e ar no interior da escadaria circular.

Parte da cobertura da escadaria e também nas plataformas de descanso das escadas estão feitas de vidro, guiando para o andar mais baixo, e em diferentes horas do dia, os raios do sol na parede da escada, que tornam o espaço morto em um espaço dinâmico. A parede da escadaria coberta por placas de cerâmica branca de 60 × 120 reflete a luz para os andares inferiores.

Corte
Corte

Uma abertura zenital torna possível converter uma escada em um Badkhan no verão. As correntes de ar (que foram arrefecidas por meios mecânicos ou através de aberturas no edifício) transferem-se do espaço vazio da escada para a maior altura do edifício e com a saída de pressão negativa resultante da parede norte criam uma melhor ventilação nas unidades e na escada.

© Parham Taghioff
© Parham Taghioff

Materialidade

O principal material utilizado nas fachadas e no design interior é a pedra de granito cúbico que é feita a partir de resíduos de rocha divididos em peças de 10 × 10 × 10. 

© Parham Taghioff
© Parham Taghioff

De acordo com a abordagem sustentável do projeto, os contrastes da textura da pedra cúbica com o corpo rígido urbano parecem muito apropriados e misturam diferentes tipos de granito (Natanz, Khoramdareh, Shaghayegh, etc.) que também ajudaram a criar a gama de cores aleatórias e a textura orgânica ao vinculá-las facilmente à construção da cobertura verde artificial.

Ver a galeria completa

Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato. Cita: "Edifício Residencial 144 / Ali Sodagaran + Nazanin Kazerounian" [144 House Apartment / Ali Sodagaran + Nazanin Kazerounian] 22 Abr 2016. ArchDaily Brasil. (Trad. Sbeghen Ghisleni, Camila) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/785969/edficio-residencial-144-ali-sodagaran-plus-nazanin-kazerounian> ISSN 0719-8906