O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Museu
  4. Brasil
  5. Santiago Calatrava
  6. Museu do Amanhã / Santiago Calatrava

Museu do Amanhã / Santiago Calatrava

Museu do Amanhã / Santiago Calatrava
Museu do Amanhã / Santiago Calatrava, © Gustavo Xavier
© Gustavo Xavier

© Gustavo Xavier © Gustavo Xavier © Amanda Marton Ramaciotti © Gustavo Xavier + 15

Descrição enviada pela equipe de projeto. O projeto do Museu está inspirado na cultura carioca e através de sua arquitetura, explora a relação entre a cidade e o meio ambiente natural. O Museu inclui 5000 m² de espaço de exposições temporárias e permanente, bem como uma praça de 7600 m² que envolve a estrutura e se estende ao longo do cais. O edifício apresenta grandes balanços de 75 metros de comprimento no lado voltado para a praça e 45 metros de comprimento no lado voltado para o mar. Esses recursos destacam a extensão do Museu. A exposição permanente está alojada no pavimento superior, e possui um pé direito de 10 metros de altura, com vista panorâmica da Baía de Guanabara. A altura total do edifício é limitada a 18 metros, o que protege a vista da baía para o Mosteiro de São Bento, Patrimônio Mundial da UNESCO.

© Gustavo Xavier
© Gustavo Xavier

A cobertura em balanço com suas grandes asas móveis e a estrutura da fachada se expandem por quase toda a extensão do cais enfatizando a extensão para a Baía de Guanabara, além de minimizar a largura do edifício. Um espelho d'água em torno do edifício do lado externo - usado para filtrar a água que está sendo bombeada a partir da baía e liberada de volta a partir do final do pier - dá aos visitantes a impressão de que o Museu é flutuante.

Diagrama
Diagrama

"A ideia é que o edifício se sinta etéreo, quase flutuando sobre o mar, como um navio, um pássaro ou uma planta. Devido à natureza em mudança das exposições, nós introduzimos uma estrutura arquetípica dentro do edifício. Esta simplicidade permite a versatilidade funcional do Museu, capaz de acomodar conferências ou agir como um espaço de pesquisa", disse Calatrava.

© Amanda Marton Ramaciotti
© Amanda Marton Ramaciotti

O edifício está orientado no sentido norte-sul, fora do centro do eixo longitudinal leste-oeste do cais, maximizando uma característica paisagística contínua que contém belos jardins, percursos e áreas de lazer ao longo do comprimento do sul do cais. Um parque de passeio em torno do perímetro do cais permitirá que os visitantes circunaveguem o Museu, enquanto apreciam a vista panorâmica para o Mosteiro de São Bento e da Baía de Guanabara. O nível inferior contém salas funcionais e técnicas, tais como escritórios administrativos do museu, instalações educacionais, espaço de pesquisa, um auditório, uma loja do museu, um restaurante, lobby, arquivos, armazenamento e uma área de entrega.

© Gustavo Xavier
© Gustavo Xavier

Localizado no Pier Mauá, o Museu do Amanhã é parte de uma revitalização maior, a Porto Maravilha, na zona portuária do Rio de Janeiro. O projeto permite uma melhor integração entre esta zona e o centro da cidade e está tornando o espaço um dos bairros mais atraentes da cidade. O edifício "é o resultado de um diálogo consistente. O edifício foi construído para ser um museu para o futuro, e uma unidade educacional", disse Calatrava.

© Amanda Marton Ramaciotti
© Amanda Marton Ramaciotti

O edifício apresenta um design sustentável, incorporando energia natural e fontes de luz. Água da baía é utilizada para regular a temperatura no interior do edifício; esta fonte também fornece a água que dos espelhos d'água. O Museu também utiliza painéis solares fotovoltaicos, que podem ser ajustados para otimizar o ângulo dos raios solares ao longo do dia e gerar energia solar para o edifício.

© Amanda Marton Ramaciotti
© Amanda Marton Ramaciotti

O museu visionário está focado em responder cinco questões fundamentais: De onde viemos? Quem nós somos? Onde estamos? Para onde vamos? E como queremos viver juntos durante os próximos cinquenta anos?

As exposições do museu abordarão questões como o crescimento da população e o aumento da expectativa de vida, padrões de consumo, as alterações climáticas, a engenharia genética e bioética, a distribuição da riqueza, os avanços tecnológicos e as mudanças na biodiversidade. A exposição permanente tem curadoria do físico e cosmólogo Luiz Alberto Oliveira e sua expografia foi desenhada por Ralph Appelbaum, com a direção artística de Andrés Clerici.

© Amanda Marton Ramaciotti
© Amanda Marton Ramaciotti

Além da área de exposição principal, o Museu tem espaço para exposições temporárias, um auditório com 400 lugares, um café, um restaurante e uma loja de presentes. O Museu também vai sediar o Laboratório de Atividades do Amanhã, um espaço para atividades educacionais e projetos de amostras e protótipos, e o Observatório do Amanhã que proporcionará um espaço de pesquisas científicas e tecnológicas, que podem ser integradas nas exposições do Museu.

© Gustavo Xavier
© Gustavo Xavier

O Museu do Amanhã foi realizado graças à Cidade do Rio de Janeiro e a Fundação Roberto Marinho, com o patrocínio do Banco Santander Brasil e o projeto BG. O projeto é apoiado pelo Governo do Brasil, através do Ministério do Meio Ambiente e da Financiadora de Estudos e Projetos (FINEP).

Ver a galeria completa

Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
Santiago Calatrava
Escritório
Cita: "Museu do Amanhã / Santiago Calatrava" [Museum of Tomorrow / Santiago Calatrava] 19 Abr 2016. ArchDaily Brasil. (Trad. Delaqua, Victor) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/785756/museu-do-amanha-santiago-calatrava> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.