O site de arquitetura mais visitado do mundo
Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Ginásio
  4. Espanha
  5. Gabriel Gomera Studio
  6. 2015
  7. Centro de Terapia Ativa R3 / Gabriel Gomera Studio

Centro de Terapia Ativa R3 / Gabriel Gomera Studio

Centro de Terapia Ativa R3 / Gabriel Gomera Studio
Centro de Terapia Ativa R3  / Gabriel Gomera Studio, © Laura Villaplana
© Laura Villaplana

© Laura Villaplana © Laura Villaplana © Laura Villaplana © Laura Villaplana + 14

© Laura Villaplana
© Laura Villaplana

Descrição enviada pela equipe de projeto. O Centro R3 é um espaço único para recuperação, manutenção e melhora da saúde física destinado a atletas.

Planta Baixa
Planta Baixa

Com uma área de 230 m² o Centro abriga recepção e área de entrada, um núcleo central de serviços, (com vestiário, banheiros e depósito) e uma variedade de salas de atividades e de treinamento diferentes. Está localizado no piso térreo de um edifício residencial, em meio a um grid de pilares de concreto que definem uma ordem interna do espaço.

© Laura Villaplana
© Laura Villaplana

Através de uma economia de recursos, a proposta elaborou soluções simples, específicas e versáteis para as necessidades básicas do programa, como vestiários, áreas de serviços, iluminação e armazenamento. Enquanto que ao mesmo tempo incorpora e tira vantagem da interação dos elementos existentes - como a estrutura de pilares, as árvores do exterior e os espaços abertos. Ar, luz e cor, aqui utilizados em abundância foram elementos essenciais e considerados até o projeto final.

© Laura Villaplana
© Laura Villaplana

AR

Sensação Externa - A prática de esportes ao ar livre tem o sol, a luz e o ar como aliados que alimentam a sensação de liberdade; quando nos exercitamos nesses ambientes nos sentimos livres e expansivos, mas isso desaparece quando voltamos para um ambiente interno. O projeto procura recapturar essa sensação do ar livre, com grandes aberturas em vidro e espelhos que agem com filtros, brincando com as sombras e reflexos, liberando o espaço, é uma tentativa de minimizar a sensação de ambientes fechados. O aumento nas quantidades de luz e o impacto visual do espaço convidam o usuário a se mover livremente por todo o Centro R3. O espaço principal é aberto, flexível e transparente, sem sacrificar o aconchego e conforto do interior.

© Laura Villaplana
© Laura Villaplana

LUZ

A luz natural - é um elemento em constante mudança do nascer ao pôr do sol. As grandes aberturas em vidro convidam a luz natural a vibrar com as cores e materiais utilizados dentro do Centro R3. A materialidade da luz cresce e varia ao longo do dia e se torna tangível, traçando linhas invisíveis e sugestivas, acentuando formas e sombras, articulando as variações de cada uma das salas internas, dando-lhes caráter próprio.

Detalhe
Detalhe
© Laura Villaplana
© Laura Villaplana

A luz artificial - complementa a luz natural e aprece como grandes "discos" circulares, que abrigam um sistema de iluminação artificial indireta, permitindo que outras instalações se ocultem no teto. A distribuição destes "discos" é fluida e orgânica, apagando os limites do perímetro do teto. A luz artificial indireta permite estender o dia e faz a transição do dia para a noite ser lenta e gradual.

Planta Baixa
Planta Baixa

COR

Cor e material - se tornam elementos essenciais dentro do espaço proporcionando uma experiência sensorial para atividade física. As cores e texturas dos materiais utilizados modificam a sensação e as necessidades do espaço. Linóleo amarelo com sua flexibilidade e aconchego da madeira estão posicionados no piso em áreas onde o corpo tem contato direto. A cerâmica esmaltada cinza e a madeira revestem os espaços fechados enfatizando um recolhimento, e a cor branca geral dos espaços atua como suporte neutro e transformável onde reflete a luz.

© Laura Villaplana
© Laura Villaplana

Cor e luz - em um segundo nível, se trabalha a cor través da luz, além de a utilizar como elemento ornamental, é convertida em um instrumento expressivo com uma qualidade psicológica sensível. A vibração das diferentes cores se converte em um suporte e estímulo à prática esportiva, e outras práticas para a recuperação ativa de lesões. A cor é utilizada por sua capacidade de relaxar ou ativar e juntamente com o estímulo dos outros sentidos, permite trabalhar um fator emocional nas diferentes atividades que se realizam no centro.

Croqui
Croqui

Difusão de Limites, busca de liberdade. Estímulo dos sentidos, conexão com a mente, o corpo e a alma. Atmosfera de abertura e expansão, também de recolhimento e relaxamento. Espaço como membrana sensível que vibra. Espaço sempre em mudança, como emissor e receptor. 

© Laura Villaplana
© Laura Villaplana

Ver a galeria completa

Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
Cita: "Centro de Terapia Ativa R3 / Gabriel Gomera Studio" [Active Therapy Center R3 / Gabriel Gomera Studio] 18 Abr 2016. ArchDaily Brasil. (Trad. Santiago Pedrotti, Gabriel) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/785727/centro-de-terapia-ativa-r3-gabriel-gomera-studio> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.