O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Edifícios Institucionais
  4. Porto Rico
  5. HACEDOR:MAKER/arquitectos
  6. 2015
  7. SARCO / HACEDOR:MAKER/arquitectos

Remodelaçao

Apresentado por the MINI Clubman

SARCO / HACEDOR:MAKER/arquitectos

SARCO / HACEDOR:MAKER/arquitectos
SARCO / HACEDOR:MAKER/arquitectos , © José Fernando Vázquez Pérez
© José Fernando Vázquez Pérez

© José Fernando Vázquez Pérez © José Fernando Vázquez Pérez © José Fernando Vázquez Pérez © José Fernando Vázquez Pérez + 22

  • Consultor Estrutural

    Arturo Beale, PE
  • Consultor Elétrica

    Carlos Requena, PE
  • Consultor de Informação

    José Luis Nazario, PE
  • Consultor Mecânica

    Francisco Maté, PE
  • Consultor Segurança

    Alfred Longhitano, PE
  • Consultor Iluminação

    Eduardo Magdalena, AIA
  • Empreiteira

    Juncos & Lockwood
  • Gestão de Projeto

    Ramón de León, PE
  • Mais informações Menos informações
© José Fernando Vázquez Pérez
© José Fernando Vázquez Pérez

Descrição enviada pela equipe de projeto. SARCO é uma reforma de uma instalação industrial, transformada para servir de sede administrativa para a South American Restaurants Corporation, uma franquia local de restaurantes. A estrutura original de 50.000 p2, construída com painéis modulares de concreto e coberturas, pilares e vigas de aço, foi erguida nos anos 80 pela companhia farmacêutica Wyeth-Ayeth, um volume de armazenamento de 32.000 p2 e uma ala administrativa menor de 18.000 p2.

© José Fernando Vázquez Pérez
© José Fernando Vázquez Pérez

O edifício original era escuro e hermético, com poucas janelas e uma planta quadrada, o que significava que apenas os escritórios periféricos tinham acesso visual ao exterior, e sua distribuição labiríntica minimizava a entrada de luz natural e dificultava uma adaptação. A arquitetura original era estandarte e genérica, e a única manifestação de idiossincrasia era um dos padrões em forma de "W" que aludiam ao logotipo original da marca Wyeth.

Axonometrica 3
Axonometrica 3

O novo programa requeria a consolidação de operações em espaços singulares, e perseguiu-se uma estratégia de abrir a planta, fachada e a cobertura do edifício, literal e figurativamente, para, assim permitir a entrada de luz natural e uma maior densidade de ocupação.

© José Fernando Vázquez Pérez
© José Fernando Vázquez Pérez

Eliminou-se a maiora das paredes interiores e se instalaram as novas estações de trabalho de altura baixa, criando um espaço central de trabalho, como em um "loft". Os escritórios privados foram reinstalados na periferia, mas, agora, com paredes de vidro que, combinadas às novas aberturas ao exterior, novas aberturas genitais e uma nova galeria central, aumentam a penetração de luz natural no interior (enquanto antes, apenas 30% do espaço de trabalho recebia luz natural, agora 70% do interior goza de vistas ao exterior, e apenas 10% carece de janelas). A nova área executiva divide-se da área de trabalho por um "lounge" de reuniões informais. 

© José Fernando Vázquez Pérez
© José Fernando Vázquez Pérez

A antiga recepção livrou-se de todas as superfícies desnecessárias (portas, fachada, etc) e se redesenhou com uma nova pele de vidro, aberturas genitais e um portal de entrada em concreto aparente.

© José Fernando Vázquez Pérez
© José Fernando Vázquez Pérez

A cobertura de aço na entrada original foi preservada, mas camuflada por trás de uma nova tela de tubos de alumínio que também atuam como anteparo do sol e camuflagem para o padrão em forma de "W" da fachada. Na fachada foram construído novos volumes de concreto e aço que contrastam com o estuco do edifício original.

Corte
Corte

O projeto, que incorpora novas alterações da fachada, uma nova reconfiguração interior e novos acabamentos resgata e utiliza 90% da estrutura original. Os pisos foram cobertos com placas de concreto (na área pública de circulação) e carpetes (para as áreas de trabalho).

© José Fernando Vázquez Pérez
© José Fernando Vázquez Pérez

Além disso, incorporou-se um sistema de iluminação "inteligente" com lâmpadas de LED que são auto-ajustáveis conforme o parâmetro de luz natural incidente. Da mesma forma, os controles térmicos utilizados ajustam as máquinas de ar condicionado segundo a carga solar e a taxa de ocupação. O projeto incluiu o desenho e desenvolvimento de todo o mobiliário interno, incluindo as lâmpadas escultóricas das coberturas em forma de leque e os armários de madeira certificada pelo FSC; todos os móveis de contrato foram fornecidos pela Herman Miller.

© José Fernando Vázquez Pérez
© José Fernando Vázquez Pérez

O projeto, que visa a certificação LEED, tem um consumo energético anual equivalente a 63% do edifício original (pré-reforma). Concebeu-se um sistema de energia solar, mas por razões de orçamento imediatas ficou designado para uma fase posterior do projeto.

Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato. Cita: "SARCO / HACEDOR:MAKER/arquitectos " [SARCO / HACEDOR:MAKER/arquitectos ] 06 Abr 2016. ArchDaily Brasil. (Trad. Brant, Julia) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/785089/sarco-hacedor-maker-arquitectos> ISSN 0719-8906