O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Casas
  4. Brasil
  5. FGMF
  6. 2013
  7. Casa Marquise / FGMF

Casa Marquise / FGMF

Casa Marquise / FGMF
Casa Marquise / FGMF, © Rafaela Netto
© Rafaela Netto

© Rafaela Netto © Rafaela Netto © Rafaela Netto © Rafaela Netto + 38

  • Arquitetos

  • Localização

    São Paulo, Brasil
  • Equipe

    FGMF Arquitetos – Forte, Gimenes e Marcondes Ferraz Arquitetos
  • Autores

    Fernando Forte, Lourenço Gimenes, Rodrigo Marcondes Ferraz
  • Área

    473.0 m²
  • Ano do projeto

    2013
  • Fotografias

  • Coordenadores

    Ana Paula Barbosa, Gabriel Mota, Luciana Bacin, Marilia Caetano e Sonia Gouveia
  • Colaboradores

    Carmem Procópio, Caroline Endo, Mariana Schmidt, Talita Gomes e Thyene Schmidt
  • Estagiários

    Fernanda Silva, Gabriela Santoro, Henrique Abduch, Luiz Henrique Falavigna, Patrícia Gonsalves e Rodrigo de Moura
  • Área do Terreno

    812 m²
  • Área Construída

    473 m²
  • Início do Projeto

    2013
  • Conclusão da Obra

    2015
  • Mais informações Menos informações
© Rafaela Netto
© Rafaela Netto

Descrição enviada pela equipe de projeto. O programa dessa residência era relativamente extenso, embora comum. O terreno é razoavelmente amplo, com cerca de 700m2, mas possui legislação específica do bairro, que exigia grandes recuos, o que diminui bastante a área edificante.

© Rafaela Netto
© Rafaela Netto
Planta - Térreo
Planta - Térreo
© Rafaela Netto
© Rafaela Netto

A necessidade fundamental dos clientes era, no entanto, de ordem da organização do programa, e não de dimensões. Após diversas entrevistas, percebemos que a maior questão para os anos vindouros de utilização da casa era a criação de espaços que promovessem a união dos familiares; a casa como realização física de reunião dos filhos e netos, local oficial de eventos de uma família que está aumentando e naturalmente se dividindo com o passar do tempo, em novas famílias menores. Ao nos darmos conta dessa questão fundamental, entendemos que nossa responsabilidade estava na execução de um espaço coerente com nossa arquitetura, mas que significasse aos usuários um local de referência muito intima, uma base para onde todos os membros voltassem sempre que possível, uma espécie de materialização do núcleo familiar.

© Rafaela Netto
© Rafaela Netto

Com isso em mente pensamos em qualidades que pareciam fundamentais para que tivéssemos êxito em nossa empreitada: Integração entre os espaços, privacidade em relação à rua e vizinhos, espaços flexíveis e envidraçados para necessidades diversas em eventos, lazer como centro do espaço, e jardim com protagonista.

Corte
Corte

Ao transportarmos isso para o terreno em questão, nos deparamos com um problema ainda maior – o terreno, com inclinação em cerca de 30%, nos levava a separar o programa social e lazer em níveis diferentes, o que iria na contramão da integração desejada.

© Rafaela Netto
© Rafaela Netto

Para solucionar a questão da inclinação versus integração invertemos a lógica do tradicional sobrado paulista ao implantarmos o bloco intimo no ponto mais baixo do terreno e o utilizarmos como uma contenção para a criação de um platô onde as demais atividades se organizam.

© Rafaela Netto
© Rafaela Netto

O volume intimo foi trabalhado como um monólito cimentício com recortes precisos, reforçando seu caráter robusto e contido, e suas aberturas se abrem para o grande recuo obrigatório de fundo, que se tornou uma espécie de jardim intimo, permitindo mais privacidade e sossego quando desejado. Este volume é uma contraposição ao que imaginamos de leveza para o pavimento térreo, que foi projetado em estrutura metálica, com uma grande marquise cobrindo espaços envidraçados, varandas e serviços. A marquise ocupa os limites do terreno e configura um vazio central, para onde os espaços construídos convergem, como um pátio central mexicano em uma abordagem contemporânea. Neste nível da construção os espaços são extremamente interligados visualmente, estimulando a convivência. As vedações existentes aqui são mínimas e, basicamente vidro e revestimento amadeirado dos serviços e facilidades do lazer.

© Rafaela Netto
© Rafaela Netto

O acesso principal da residência, no nível da rua, com garagem descoberta, está localizado acima da cota de implantação. Essa solução causa certa estranheza no passeio público, uma vez que só é possível ver a cobertura da casa. Essa solução, no entanto, veio de encontro ao desejo dos clientes de ter uma casa bastante integrada ao jardim, mas com a intimidade protegida do espaço público.

© Rafaela Netto
© Rafaela Netto

O projeto de interiores deveria promover as preocupações que a arquitetura teve desde o primeiro momento. Móveis leves e contemporâneos, uma lareira que não toca ao chão, piso cimentício no mesmo material do monólito do bloco intimo, painel de ladrilhos hidráulicos realizados especialmente para essa obra, trabalham em conjunto com a arquitetura para reforçar o pátio e o jardim que são uma espécie de moldura para que a vida da família se desenrole ao longo dos anos em um espaço generoso e cheio de possibilidades.

Ver a galeria completa

Cita: "Casa Marquise / FGMF" [Marquise House / FGMF] 03 Mar 2016. ArchDaily Brasil. (Trad. Delaqua, Victor) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/783069/casa-marquise-fgmf> ISSN 0719-8906