O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Museu
  4. Holanda
  5. Hans van Heeswijk Architects
  6. 2015
  7. Nova Entrada do Museu Van Gogh / Hans van Heeswijk Architects

Remodelaçao

Apresentado por the MINI Clubman

Nova Entrada do Museu Van Gogh / Hans van Heeswijk Architects

  • 17:00 - 29 Fevereiro, 2016
  • Traduzido por Maria Julia Martins
Nova Entrada do Museu Van Gogh / Hans van Heeswijk Architects
Nova Entrada do Museu Van Gogh / Hans van Heeswijk Architects, © Ronald Tilleman
© Ronald Tilleman

© Ronald Tilleman © Luuk Kramer © Ronald Tilleman © Ronald Tilleman + 35

  • Arquitetos

    Gerrit Rietveld, Joan van Dillen, Johan van Tricht
  • Localização

    Museumplein 6, 1071 DJ Amsterdã, Holanda
  • Reforma do Edifício Rietveld

    Martien van Goor
  • Equipe

    Jasper Druijven, Richard Gouverneur, Stephanie Haumann, Hans van Heeswijk, Rob Hulst, Ronno Stegeman en Boaz van der Wal
  • Área

    15175.0 m2
  • Ano do projeto

    2015
  • Fotografias

  • Arquiteto - Ala de Exposições

    Kisho Kurokawa
  • Conceito da Nova Entrada

    Kisho Kurokawa Architect & Associates
  • Edifício

    Hans van Heeswijk Architects
  • Construção

    Central Government Real Estate Agency, The Hague
  • Consultoria de Estruturas

    Arcadis Nederland, Rotterdam
  • Consultoria de Instalaçoes Prediais

    Deerns Raadgevende Ingenieurs, Rijswijk
  • Consultoria de Física do Edifício

    DGMR, The Hague
  • Consultoria de Logística

    Theateradvies, Amsterdam
  • Consultoria de Iluminação

    Hans Wolff & Partners
  • Projeto de Iluminaçao

    Amsterdam
  • Construção em Vidro

    Octatube, Delft
  • Construtora Principal

    Bouwbedrijf Van der Spek, Pijnacker
  • Execução de Instalações Elétricas

    reedveld en Schröder, Almere
  • Execução de Instalações Mecânicas

    Kuijpers Installaties, Utrecht
  • Elevadores

    Mitsubishi Elevator Europe, VeenendaalTotal
  • Mais informações Menos informações
© Ronald Tilleman
© Ronald Tilleman

Descrição enviada pela equipe de projeto. O Museu Van Gogh, em Amesterdã, é um dos museus mais populares da Holanda. O fluxo crescente de visitantes fez necessárias soluções inteligentes para estes edifícios, que foram projetados por Rietveld (em 1973) e Kurokawa (em 1999). O projeto consiste, em linhas gerais, em uma maior elaboração da asa elíptica do edifício que Kurokawa havia construído em Amsterdã em 1999. Kisho Kurokawa Architect and Associates, a empresa fundada pelo falecido Kisho Kurokawa, também designer das exposições temporárias, desenhou a ala e agora projetou o novo hall de entrada. Hans van Heeswijk Architects, em seguida, elaborou uma solução em que a asa existente e a nova estrutura formam um novo todo surpreendente.

© Luuk Kramer
© Luuk Kramer

"O trabalho para mover a nossa entrada principal para o Museumplein tem ido muito bem", diz o diretor do museu Axel Rüger. "Foram entregues dentro do prazo apertado de 18 meses, e dentro do orçamento. O hall de entrada todo em vidro apresenta sistemas estruturais e de engenharia de alta qualidade. O novo hall de entrada é espaçoso, bem iluminado, com vestiários e uma nova loja do museu. A melhoria do acesso, uma melhor logística e mais espaço, nos permitirá dar aos nossos visitantes uma recepção muito mais calorosa do que antes. Além disso, este arranjo melhor se adéqua ao novo Museumplein - todas as suas instituições culturais têm agora suas entradas de frente para a praça. O edifício transparente enriquece o Museu Van Gogh e o Museumplein."

Corte
Corte

O vidro como material de construção: o novo edifício de entrada é a maior estrutura de vidro na Holanda, onde as estruturas de vidro (vigas e montantes), assim como suas unidades de vidro duplo são elementos da estrutura principal do edifício. Este é um grande para a inovação técnica de estruturas transparentes e para o vidro como material estrutural. É o maior vão de vidro da Holanda, com 12 metros. Para a estabilidade do telhado, a estrutura de vidro é conectada à estrutura de aço. 

© Luuk Kramer
© Luuk Kramer

A fachada de vidro, o telhado e a escadaria: a fachada de vidro curva é composta de unidades duplas de vidro laminado dobradas a frio. Isto significa que os painéis de vidro retangulares foram moldadas no local durante a instalação. A área total é de aproximadamente 650 metros quadrados. A fachada tem 20 aletas de vidro que são todas originais.

Planta - Térreo
Planta - Térreo

O telhado de vidro possui uma área total de aproximadamente 600 metros quadrados e tem como geometria principal uma concha sob um ângulo de 16,5 graus. São 30 aletas de vidro no telhado, todas únicas em comprimento e com uma altura otimizada para acentuar a forma do telhado curvo. A escada de vidro é suportada por um arco de vidro laminado triplo que transfere as cargas mais elevadas e também estabiliza a escadaria. A escada pode ser vista como uma peça de mobiliário transparente.

© Ronald Tilleman
© Ronald Tilleman

Iluminação LED foi integrada dentro dos degraus da escada de vidro. "Asseguramos que o novo hall de entrada seja claro e espaçoso. Queremos capturar a atmosfera ensolarada, o que vimos refletidas em muitas pinturas de Van Gogh. Desenvolvemos uma estrutura de suporte exclusiva para o telhado de vidro, que dificilmente será notada. Ao entrar no museu, você pensa: como todo esse edifício de vidro é suportado? E o que você experimenta é luz, espaço e uma visão geral. A clareza é extremamente importante, talvez o mais importante. As pessoas têm que perceber que um museu é um edifício público, onde todos os dias milhares de visitantes, muitos estrangeiros também, muitas vezes o vêm pela primeira vez. Precisamos fornecer clareza. Os visitantes não querem perder nada, eles precisam entender imediatamente qual caminho a percorrer, como é grande o museu e quanto tempo eles levarão para vê-lo. Quando eles se sentem em casa e à vontade, eles vão ficar por mais tempo e um dia voltarão" diz Hans van Heeswijk.

Ver a galeria completa

Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
Hans van Heeswijk Architects
Escritório
Cita: "Nova Entrada do Museu Van Gogh / Hans van Heeswijk Architects" [Van Gogh Museum's New Entrance / Hans van Heeswijk Architects] 29 Fev 2016. ArchDaily Brasil. (Trad. Martins, Maria Julia) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/782106/nova-entrada-do-museu-van-gogh-hans-van-heeswijk-architects> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.