O site de arquitetura mais visitado do mundo
Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Casas
  4. Austrália
  5. Schulberg Demkiw Architects
  6. Beach Ave / Schulberg Demkiw Architects

Beach Ave / Schulberg Demkiw Architects

Beach Ave / Schulberg Demkiw Architects
Beach Ave / Schulberg Demkiw Architects, © Derek Swalwell
© Derek Swalwell

© Derek Swalwell © Derek Swalwell © Derek Swalwell © Derek Swalwell + 22

© Derek Swalwell
© Derek Swalwell

Descrição enviada pela equipe de projeto. Em um lote extremamente pequeno, esta ampla estrutura aparece como um elemento de carpintaria, a integração interna de concreto, pino e madeira Tallowwood. Este contraste demonstra uma atmosfera acolhedora porém refinada. O piso translúcido do pátio no térreo cria um espaço de estar e de trabalho flexível repleto de luz no subsolo.

© Derek Swalwell
© Derek Swalwell

A limitação espacial do lote e a proximidade em relação às propriedades vizinhas foram condicionantes para o projeto. O desafio era desenhar uma residência ampla, aconchegante e multifuncional, com um subsolo que funcionasse como área habitável. Esse objetivo foi alcançado pela integração de quatro ideias básicas: materiais, volume, luz e flexibilidade.

© Derek Swalwell
© Derek Swalwell

A experiência central de acolhimento se da pela limitada paleta de materiais ricos. Um detalhamento cuidadoso reforça sua presença e aparência. As interfaces de materiais foram pensadas e negociadas em cada cruzamento, o que permite que o volume se apresente como uma peça de carpintaria integral.

Planta Térreo
Planta Térreo

A pele do edifício estende-se horizontal e verticalmente. Isso, junto à escada, proporciona uma conexão espacial volumétrica entre todos os pavimentos da casa. Aberturas zenitais permitem que a luz penetre através do edifício, proporcionando a cada cômodo grandes níveis de luminosidade e foco externo. As escadas translúcidas trazem luz ao subsolo. Para acomodar os clientes, previu-se dois dormitórios e mais um dormitório de hóspedes. No futuro, essa área pode ser utilizada como dormitório principal, como uma suíte.

Beach Ave / Schulberg Demkiw Architects, © Derek Swalwell
© Derek Swalwell

02| Qual é a contribuição do projeto na vida dos habitantes?

Pátios internos, painéis de madeira e um paisagismo suave, permitem que nossos clientes desfrutem de sua casa, proporcionando a eles a privacidade necessária em relação aos vizinhos, sem comprometer a luz, amplitude e comodidade das quais uma família jovem precisa. Os três pavimentos são conectados através da luz e do paisagismo, permitindo que o exterior entre e que a luz preencha cada espaço da residência, criando um ambiente tranquilo e sereno, perfeito para desligar-se do trabalho.

© Derek Swalwell
© Derek Swalwell

Os dormitórios bem iluminados permitem que a filha de nosso cliente, utilize o espaço por períodos mais longos. Da mesma forma, a área de usos múltiplos no subsolo oferece aos habitantes um espaço tranquilo para relaxar.

© Derek Swalwell
© Derek Swalwell

03| Qual é a relação da forma construída com o contexto do projeto?

O local está cercado por propriedades contíguas em todos os lados. Os pátios adjacentes são respeitados pelos recuos previstos. A altura total foi reduzida ao incorporar o subsolo como espaço de alojamento no projeto.

© Derek Swalwell
© Derek Swalwell

Os recuos permitiram que o edifício se abra ao céu em todas as partes. Enquanto que os pátios e outras áreas ajardinadas que cercam os espaços comuns, criam um ambiente amplo e aberto.

Corte
Corte

04| Resolução do programa - Como coincidir o desempenho funcional com a demanda dos clientes?

A demanda dos clientes era introduzir a maior quantidade possível de luz em todos os espaços, assim como reduzir ao mínimo o uso de calefação e refrigeração elétricas. Isso foi possível pela combinação da massa térmica e do isolamento interno. A distribuição dos espaços e a localização das janelas, promovem a ventilação cruzada, que é complementada por ventiladores. Iluminação zenital e de solo foram introduzidas para criar uma combinação de efeitos de luz intensos no térreo e efeitos de luz suaves no subsolo. Correntes de luz no subsolo através do uso de vidro ao longo da escada, transformam o espaço em uma flexível sala multifuncional.

© Derek Swalwell
© Derek Swalwell

05| Integração de disciplinas afins - Como foram úteis as contribuições dos profissionais envolvidos no projeto, incluindo arquitetos, designers de interiores, arquitetos paisagistas, construtores e outros especialistas, para alcançar o resultado obtido?

O compromisso da construtora com a excelência é evidente, com um alto padrão de mão de obra na elaboração do concreto e da escada de madeira, resolvendo meticulosamente uniões no revestimento de pino nas paredes e coberturas, expressando toda a casa como um único elemento de carpintaria. A demanda de engenharia requeria uma estrutura simples de concreto, sem vigas de aço. O engenheiro foi capaz de projetar uma estrutura de concreto, com a intenção estética de expressar o sofito das lajes de concreto. O arquiteto paisagista projetou o jardim para introduzir uma suavidade extrema em cada pavimento, chamando atenção ao exterior e ao céu.

© Derek Swalwell
© Derek Swalwell

06| Custo/Valor resultante - O quão efetivas foram as decisões relacionadas aos assuntos financeiros?

Criamos um ambiente que não tem experiência em residências em lotes pequenos. O projeto não exigiu nenhum compromisso a respeito do nível de acabamento e atenção aos detalhes. O valor foi demonstrado pela resposta do mercado, onde o cliente recebeu altas ofertas não solicitadas pela propriedade devido à sua natureza única.

Planta Primeiro Pavimento
Planta Primeiro Pavimento

07| De que maneira este projeto demonstra a inovação e a excelência em termos de sustentabilidade ambiental?

Os materiais de madeira utilizados são provenientes de plantações sustentáveis ou de reciclagem. Anteriormente, parte de uma ponte no norte de NSW, longas peças de madeira Tallowwood, foram selecionadas para construir a escada, o revestimento externo, acabamentos interior e peças das janelas.

© Derek Swalwell
© Derek Swalwell

As paredes e o piso são de concreto, por sua vez, acabamento e estrutura, representando uma estética, assim como uma estratégia passiva para a calefação e refrigeração. A massa térmica dos muros e pisos de concreto, liberam calor armazenado aos cômodos superiores durante a noite, ajudando no equilíbrio em relação às mudanças de temperatura diurnas nos meses mais frios. Painéis de madeira perfurados nas janelas do pavimento superior, respeitam a privacidade dos vizinhos, ao mesmo tempo que servem como um dispositivo de sombreamento para os dormitórios. Implementou-se ar condicionado apenas dentro dos dormitórios. O conforto é atingido em toda a casa pela ampla ventilação transversal aliada ao uso de ventiladores de teto. Todos os muros externos são finos e isolados contra a transferência de calor no verão. Estas estratégias passivas proporcionam uma vida saudável que, por sua vez, gera economia ao ocupaste em relação a custos de calefação e refrigeração. O armazenamento de água embaixo da calçada foi especificado para uma maior capacidade com o objetivo de reduzir a carga sobre a infraestrutura de águas pluviais em ruínas, proporcionando uma contribuição à comunidade local.

© Derek Swalwell
© Derek Swalwell

Ver a galeria completa

Sobre este escritório
Cita: "Beach Ave / Schulberg Demkiw Architects" [Beach Ave / Schulberg Demkiw Architects] 13 Mar 2016. ArchDaily Brasil. (Trad. Brant, Julia) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/781951/beach-ave-schulberg-demkiw-architects> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.