O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Casas
  4. Estados Unidos
  5. Swatt | Miers Architects
  6. 2014
  7. Casa no Vinhedo Retrospect / Swatt | Miers Architects

Casa no Vinhedo Retrospect / Swatt | Miers Architects

Casa no Vinhedo Retrospect / Swatt | Miers Architects
Casa no Vinhedo Retrospect / Swatt | Miers Architects, © Russell Abraham
© Russell Abraham

© Russell Abraham © Russell Abraham © Russell Abraham © Russell Abraham + 29

© Russell Abraham
© Russell Abraham

Descrição enviada pela equipe de projeto. O Vinhedo Retrospect, um terreno de 20 acres no vale do rio Rússia, está produzindo e vendendo uvas pinot noir a vinícolas locais há quinze anos. Apesar disso, quando os novos donos compraram a propriedade em 2010, sabiam que queriam ter uma participação maior no processo de elaboração do vinho. O resultado foi uma casa moderna, projetada para funcionar como refúgio familiar e vinhedo operacional, respeitando a privacidade dos residentes sem comprometer a funcionalidade da terra.

© Russell Abraham
© Russell Abraham

O equipamento e os materiais para o vinhedo são armazenados no celeiro adjacente, revestido com a mesma pedra Windsor que a residência principal, e com uma plataforma de estacionamento com capacidade para caminhões coletores de novas colheitas. Uma segunda faixa separa a atividade comercial da área residencial, mas o trajeto até o celeiro passa em frente à casa principal. Enfrentando o trânsito comercial por um lado, e uma visão ampla aos vinhedos dos arredores pelo outro, o edifício foi projetado com dois tratamentos de fachada diferentes a cada extremo de uma planta estreita em forma de "T": ao norte, um pátio de acedo relativamente opaco oferece privacidade, ao mesmo tempo que admite a passagem de luz natural através de uma delicada tela vertical de madeira, em paralelo à fachada sul, que evita paredes sólidas e dá lugar a grandes paredes envidraçadas de pé direito duplo.

© Russell Abraham
© Russell Abraham

A planta da residência foi projetada para responder à vida familiar, com áreas públicas ou compartilhadas no térreo e dormitórios em cima. O dormitório principal é separado dos dormitórios das crianças por uma ponte que atravessa a grande sala de pé direito duplo que ocupa a maior parcela do térreo. Abaixo, a cozinha e o escritório abrem-se ao terraço e à piscina, e na grande sala uma porta de correr envidraçada de 7 metros de altura estende o espaço de estar ao terraço da piscina de pedra calcário de St. Tropez.

© Marion Brenner
© Marion Brenner

A suite de convidados é um volume individual, concebido como uma caixa de vidro que sobressai em relação ao limite do terraço, funcionando como um edifício independente sem deixar de estar conectado à casa principal pela cobertura baixa que se estende entre as estruturas. A casa de hóspedes foi projetada a partir do edifício principal, e desfruta de vistas completamente desobstruídas de 270 graus de paisagem, e o espaço intersticial foi utilizado como uma cozinha ao ar livre com sombra e um salão com terraço e vistas ao vinhedo nos dois lados.

© Russell Abraham
© Russell Abraham

ESTRATÉGIAS SUSTENTÁVEIS

A residência aproveita seu coimo temperado, maximizando as oportunidades para a iluminação e ventilação naturais. A planta estreita, em forma de barra, orientada de leste a oeste, junto aos grandes painéis de vidro, permitem que a luz natural penetre em todo o espaço, o que elimina a necessidade de iluminação artificial durante o dia. A necessidade de sistemas de calefação e refrigeração diminui diante do uso de profundos beirais que bloqueiam o sol quente do verão, enquanto permitem que o sol angulado do inverno alcance o interior da casa. A tela de madeira no lado norte do edifício funciona como um dispositivo de sombra, admitindo a luz indireta enquanto bloqueia a luz forte de manhã e de tarde. O envidraçamento foi reduzido ao mínimo nas fachadas leste e oeste. A casa utiliza coberturas ventiladas com barreiras radiantes para refletir o sol para longe, reduzindo o ganho de calor no verão.

© Russell Abraham
© Russell Abraham

Além das estratégias passivas, a casa também fez um esforço concentrado para garantir que os sistemas de construção fossem os mais eficientes possíveis. Um sistema hidráulico proporciona, tanto a calefação radiante, quanto água quente, e equipamentos de refrigeração de alta eficiência oferecem o ar condicionado no verão. Acessórios sanitários de baixo fluxo reduzem o uso de água interior em 30%. Foi especificada iluminação LED em muitos locais, e o resultado é 25% menos consumo do que requisitado no Título 24 de 2008. Além disso, a casa foi equipada com a infra-estrutura necessária para que os proprietários possam adicionar um sistema fotovoltaico montado na cobertura e uma estação de carga para automóveis elétricos em um futuro próximo.

Planta Pavimento
Planta Pavimento

O paisagismo também foi pensado para minimizar o impacto no ambiente. Uma combinação de plantas de uso eficiente de água e um sistema de irrigação eficiente mantém o uso da água potável abaixo de 65%, e a tubulação foi instalada para permitir o uso futuro de um sistema de irrigação de águas cinzas. Ladrilhos permeáveis foram utilizados para, pelo menos, 20% da superfície dura. O gradiente foi projetado para equilibrar a movimentação de terra no local, e a terra vegetal original foi armazenada e reutilizada quando completou-se a construção.

Ver a galeria completa

Sobre este escritório
Swatt | Miers Architects
Escritório
Cita: "Casa no Vinhedo Retrospect / Swatt | Miers Architects" [Retrospect Vineyards House / Swatt | Miers Architects] 02 Fev 2016. ArchDaily Brasil. (Trad. Brant, Julia) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/781019/casa-no-vinhedo-retrospect-swatt-miers-architects> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.