O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Escolas
  4. Estados Unidos
  5. Flansburgh Architects
  6. 2014
  7. Centro Estudantil Indian Mountain / Flansburgh Architects

Centro Estudantil Indian Mountain / Flansburgh Architects

  • 13:00 - 30 Janeiro, 2016
  • Traduzido por Camilla Sbeghen
Centro Estudantil Indian Mountain / Flansburgh Architects
Centro Estudantil Indian Mountain / Flansburgh Architects, © Robert Benson
© Robert Benson

© Robert Benson © Robert Benson © Robert Benson © Robert Benson + 26

© Robert Benson
© Robert Benson

Descrição enviada pela equipe de projeto. A Escola Indian Mountain (IMS) é um internato independente que se encontra em um campus de 240 hectares em Lakeville, Connecticut, servindo a 186 estudantes. Como resultado de um estudo realizado pelo IMS, Flansburgh desenhou-se um edifício de 812 m2 para música, arte e criação de tecnologia desenhado especificamente para a aprendizagem colaborativa e interdisciplinar. O desenho conta com espaços acolhedores que incluem salas de artes com portas de correr que abrem-se a uma galeria compartilhada e oficinas, além de salas de reuniões que se abrem a um espaço comum. O desenho flexível oferece um espaço comum, que funciona como um espaço de projetos durante o dia e uma sala de estudantes durante a noite. A área da cozinha e cafeteria torna-se um grande espaço de descanso. A forma do edifício remete à um celeiro tradicional da Nova Inglaterra com telhado metálico, madeira aparente e revestimento em ripas de madeira. Esta forma tradicional se faz inovadora por uma grande superfície de vidro, conectada diretamente a estrutura de colunas e vigas. O vidro permite vistas espetaculares da montanha. O lado oeste do edifício, sobretudo a sala comum, abre-se diretamente a paisagem, cada salão possui uma porta ao exterior.

© Robert Benson
© Robert Benson

O desafio do projeto foi criar um centro de arte interdisciplinar que integra as artes visuais, a música e a ciência ao mesmo tempo em que serve como centro de estudantes para o internato e um centro de atividades para os pais; celebrar a identidade da escola como um "acampamento de livros"; criar um edifício emblemático (que se parece com um centro de artes) enquanto se mantem fiel aos edifícios tradicionais e rurais que povoam o campus; fortalecer a conexão entre a escola e a paisagem circuncidante, em particular a pequena montanha diretamente a oeste da escola; proporcionar um lugar para os artistas locais; e manter a construção abaixo dos 3 milhões de dólares. 

Planta Baixa
Planta Baixa

A organização do edifício apoia a colaboração e fomenta um sentido de comunidade. Estúdios de arte visual estão voltados a um espaço de galeria através de grandes portas de correr. O estúdio Fab Lab e a sala de música abrem-se para a sala comum com paredes de vidro dobráveis. A sala comum inclui uma cafeteria com mesas e café e assentos utilizados para reuniões informais, trabalho independente, ampliação de espaços de estúdio e sala de eventos para alunos, durante a noite.

© Robert Benson
© Robert Benson

A estrutura exposta, de colunas e vigas de madeira, remete as estruturas de celeiro de Connecticut rural. Pavimentos de concreto pintado com elementos horizontais aparentes, expressam a integração da estrutura, a materialidade e a arquitetura. Claraboias trazem luz a galeria central, mitigando a necessidade de iluminação artificial.

Axonométrica em Camadas
Axonométrica em Camadas

Além do uso da madeira como estrutura principal, também foram utilizadas colunas e vigas de suporte lateral para o sistema de paredes do edifício. A capacidade de resistência e fixação da madeira eliminou a necessidade de placas de alumínio, desta forma, a madeira apoia diretamente o sistema de aberturas em fita. 

© Robert Benson
© Robert Benson

O Centro de Inovação e Arte de estudantes na Escola foi concebido originalmente como um edifício para as artes elaboradas pelos alunos. Dada a oportunidade da instalação entre os estudantes, agora é referido simplesmente como o "Centro de Estudantes". Situado entre os edifícios acadêmicos e quadras de jogos. A edificação possui uma localização central no campus que reforça seu papel como lugar de encontro no campus da escola.

© Robert Benson
© Robert Benson

Ver a galeria completa

Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
Flansburgh Architects
Escritório
Cita: "Centro Estudantil Indian Mountain / Flansburgh Architects" [Indian Mountain School Student Center / Flansburgh Architects] 30 Jan 2016. ArchDaily Brasil. (Trad. Sbeghen Ghisleni, Camila) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/780773/centro-estudantil-indian-mountain-flansburgh-architects> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.