Centro Nacional para os Direitos Civis e Humanos / The Freelon Group + HOK

Centro Nacional para os Direitos Civis e Humanos / The Freelon Group + HOK

© Mark Herboth © Mark Herboth © Mark Herboth © Mark Herboth + 30

  • Arquitetos De Projeto:Phil Freelon, FAIA LEED AP BD+C
  • Architect Of Record:HOK
  • Gestão De Projeto:Gude Management Group in partnership with Cousins Properties
  • Arquitetura Paisagística:HOK
  • Escultura:Larry Kirkland Studio
  • Consultoria Luminotécnico:Fisher Marantz Stone
  • Estrutural:Walter P Moore and Sykes Engineering
  • Civil:Long Engineering
  • Mecânica E Hidráulica:Newcomb & Boyd
  • Elétrica:Davis Pullen EngiEneers, Inc
  • Construção:H.J. Russell & Company, C.D. Moody Construction Company and Holder Construction Company, Joint Venture
  • Orçamentos:Cost Plus
  • Projeto Exposições:Rockwell Group
  • Curador Exposição Dos Direitos Humanos:Jill Savitt
  • Diretor Criativo Exposições:George C. Wolfe
  • Conteúdo De Mídia:Batwin + Robin
  • Conteúdo Interativo:2nd Story
  • Gráfica Exposição :Rockwell Group and MGMT
  • Fabricante Da Exposição:Design & Production
  • Iluminação Da Exposição:Fisher Marantz Stone
  • Mural De Posters Direitos Humanos:Paula Scher, Pentagram
  • Retratos Defesa Direitos Humanos:Platon
  • Portfolio Retratos Hall Da Fama:Rossin
  • Cidade:Atlanta
Mais informaçõesMenos informações

Descrição enviada pela equipe de projeto. O projeto do Centro Nacional para os Direitos Civis e Humanos é guiado pelo conceito de criação de um espaço de ação. Seu desenho é inspirado por grandes espaços urbanos de todo o mundo que são sinônimo de eventos históricos em relação a direitos civis e humanos: o National Mall, em Washington, Praça Tiananmen, em Pequim e Praça Tahrir, no Cairo.

© Mark Herboth
© Mark Herboth

A forma icônica do Centro é definido por duas grandes paredes curvas. Essas poderosas paredes criam e definem o Espaço de Ação onde o Centro e seus vários programas e exposições interativas nos lembram das conquistas no campo dos direitos civis e nos mantém sempre alertas das questões atuais dos direitos humanos em todo o globo. O projeto do Centro é inspirado pelas conexões e empoderamento de indivíduos e grupos de interesses aparentemente diversos para encontrar um terreno comum.

Corte
Corte

Localizado próximo ao Mundo da Coca-Cola e o Aquário de Georgia no centro de Atlanta, as praças espaçosas do Centro dão as boas vindas aos pedestres de todas as direções. Com quase dez metros de diferença de nível, o desenho oferece entradas niveladas em dois pavimentos do edifício. A entrada inferior se abre para uma generosa praça no Ivan Allen Jr. Boulevard que possui uma elegante escultura em aço e vidro, celebrando os direitos civis e humanos.

© Mark Herboth
© Mark Herboth

A praça superior está frente a Pemberton Place, um parque elíptico de pedestres que conecta o Centro às outras instalações culturais de Atlanta. Uma grande escadaria externa envolve a fachada leste do edifício conectando as praças superior e inferior. A escadaria e o paisagismo do desnível têm vista para uma área plantada com gramas nativas entremeadas com espécies de árvores de sombra também nativas.

© Mark Herboth
© Mark Herboth

Dentro das paredes curvas externas, o programa do Centro está configurado para conectar visitantes uns aos outros, as importantes histórias dos movimento do direitos  civil nos Estados Unidos e as questões referentes aos direitos humanos ao redor do mundo. A praça de quase 4 mil metros quadrados está disposta em três pavimentos com um espaço para eventos e galeria em cada um deles. O projeto da exposição fica a cargo do Rockwell Group, com sede em Nova York.

© Mark Herboth
© Mark Herboth

O nível inferior possui uma galeria especial dedicada a Morehouse College Martin Luther King, Jr. e uma grande sala multiuso com vista para a praça mais abaixo. Uma escada monumental liga o nível mais baixo para o lobby principal acima. Ao longo desse caminho, um conjunto de janelas voltadas para o leste traz luz para o interior do edifício. 

Planta Primeiro Pavimento
Planta Primeiro Pavimento

Os visitantes acessam a entrada principal do edifício e lobby a partir da Praça Pemberton - no pavimento do meio, de uma estrutura de três pavimentos. A partir deste espaço, é possível acessar as exposições dos Direitos Civis e as galerias. Um lance de escadas levam os visitantes para uma varanda superior com vistas para o lobby, o Parque Olímpico Centenário e o centro de Atlanta ao fundo. Ambas as exposições dos Direitos Civis e dos Direitos Humanos culminam no pavimento superior em uma galeria de conquistas comuns que se abre para uma varanda e um lounge.

© Mark Herboth
© Mark Herboth

Refletindo a diversidade da humanidade, as duas paredes curvas que definem a forma do edifício são revestidas em painéis que variam de tamanho e em tons térreos. Uma cobertura ajardinada possui um sistema extensivo de plantio que contribui para a sustentabilidade geral do projeto. Juntas, a arquitetura do Centro e suas exposições se tornam um verdadeiro Espaço de Ação e criam uma experiência que inspira cada visitante através do reconhecimento de nossa história compartilhada e do papel que temos em apoiar os direitos civis e humanos.

© Mark Herboth
© Mark Herboth

Galeria do Projeto

Ver tudoMostrar menos

Localização do Projeto

Endereço:100 Ivan Allen Junior Boulevard Northwest, Atlanta, GA 30313, EUA

Clique para abrir o mapa
Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
Escritório
Cita: "Centro Nacional para os Direitos Civis e Humanos / The Freelon Group + HOK" [National Center for Civil and Human Rights / HOK + The Freelon Group (Now part of Perkins+Will)] 02 Jan 2016. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/779080/centro-nacional-para-os-direitos-civis-e-humanos-the-freelon-group-plus-hok> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.