Casa em Azpitia / Estudio Rafael Freyre

Casa em Azpitia / Estudio Rafael Freyre

© Edi Hirose© Edi Hirose© Edi Hirose© Edi Hirose+ 16

Santa Cruz de Flores, Peru
  • Assistência Geral:Juan José Barboza
  • Assistência Paisagística:Manuel Mendieta
  • Equipe De Projeto:Luis Bacon, Luis Alberto Mucha, Leonardo Valderrama, Sandro Ocaña, Luis Ocaña
  • Cidade:Santa Cruz de Flores
  • País:Peru
Mais informaçõesMenos informações
© Edi Hirose
© Edi Hirose

Descrição enviada pela equipe de projeto. A casa está localizada no vale de Azpitia, na costa de Lima, Peru. A Cerca de 90 quilômetros ao sul da cidade de Lima e 20 km de distância da praia. Um lugar conhecido pelos vinhedos locais e suas ruínas pré-colombianas; uma espécie de oásis natural para as pessoas que escapam da grande metrópole de Lima.

© Edi Hirose
© Edi Hirose

A paisagem é caracterizada pela aridez do deserto que contrasta com áreas verdes ao longo do curso do rio Mala e das montanhas em direção ao Oceano Pacífico. Um vale composto por pequenas montanhas e picos surgindo do deserto em ambos os lados do rio, alterando as cores do bege ao marrom claro, ao avermelhado, antracito e cinza suave. A casa é implantada numa encosta, no sopé da montanha com vista ao caminho do rio Mala em direção ao mar, faceando os vinhedos.

Planta Baixa
Planta Baixa

O projeto foi concebido para integrar a casa à paisagem árida e desenvolver uma geometria e uma paleta de cores e texturas consoantes a esse ambiente. Além disso, o projeto deveria ser visto como uma nova camada sobre as paisagens antigas existentes: os sítios pré-colombianas e os tecidos e cerâmicas remanescentes. Uma imagem de diferentes camadas de tempo unidos.

© Edi Hirose
© Edi Hirose

Para tal fim, decidimos usar diferentes camadas de materiais, especialmente trabalhando com materiais e técnicas artesanais locais, fundidos com outros industriais. A vinte quilômetros de distância de Azpitia, na costa de Chilca, ainda encontramos fornos de tijolos artesanais tradicionais locais. Os tijolos, feitos de argila e areia têm propriedades térmicas, uma textura irregular e cores específicas que se relacionam a esta paisagem seca.

© Edi Hirose
© Edi Hirose

A fundação da casa é composta por plataformas feitas de pedras locais cobertas com plantas xerófitas escondendo o programa interno da Sauna. Acima da camada de pedras estão localizados os terraços: uma extensão da área social - cozinha, sala de jantar e de estar - coberto com um telhado de madeira que protege da radiação solar. O telhado é uma espécie de grade têxtil que permite a entrada de luz. A grade é composta por um padrão de madeira desenvolvido de acordo com o caminho do sol, evitando radiação direta. O telhado, como uma arquitetura elementar, cria um espaço de transição - sombra, semi-sombra e espaços aberto - projetando a vida interior para o espaço ao ar livre. Todo o primeiro nível da casa, que compreende as áreas sociais, é um espaço aberto cercado por jardins e vistas. O segundo nível contém as áreas privadas: o dormitório principal e o secundário, ambos enquadrando as especiais vistas do vale.

© Edi Hirose
© Edi Hirose

Galeria do Projeto

Ver tudoMostrar menos
Sobre este escritório
Cita: "Casa em Azpitia / Estudio Rafael Freyre" [House in Azpitia / Estudio Rafael Freyre] 19 Out 2015. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/775447/casa-em-azpitia-estudio-rafael-freyre> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.