O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Centro De Interpretação
  4. Itália
  5. Zaha Hadid Architects
  6. 2015
  7. Museu Messner da Montanha Corones / Zaha Hadid Architects

Museu Messner da Montanha Corones / Zaha Hadid Architects

Museu Messner da Montanha Corones / Zaha Hadid Architects
© inexhibit.com
© inexhibit.com

© Werner Huthmacher © inexhibit.com © Werner Huthmacher © Werner Huthmacher + 21

© Werner Huthmacher
© Werner Huthmacher

Descrição enviada pela equipe de projeto. Incorporado no cume do Monte Kronplatz, a 2.275 metros acima do nível do mar, no centro de um dos resorts de esqui mais populares do centro sul do Tirol, o Museu Messner da Montanha é rodeado pelos picos alpinos do Zillertal, Ortler e Dolomites. Fundado pelo renomado alpinista Reinhold Messner, o sexto e último dos Museus Messner explora as tradições, história e disciplina do montanhismo.

© inexhibit.com
© inexhibit.com

Messner, a primeira pessoa a escalar todas as 14 montanhas do mundo com mais de 8.000 metros, e o primeiro a chegar ao topo do Everest sem o auxílio de tanque de oxigênio, transmite sua visão para esse museu: "Kronplatz oferece vistas para além das fronteiras do sul do Tirol, e para todos os pontos da bússola: desde Lienz Dolomites no leste, Ortler no oeste, da geleira Marmolada no sul, até os Alpes Zillertal no norte. O museu é um espelho do local da minha infância - o Geislerspitzen, o apoio central do Heiligkreuzkofel (a subida mais difícil de toda a minha vida) e as montanhas congeladas de granito do Vale do Ahrn. Em Kronplatz apresento o desenvolvimento do montanhismo moderno e 250 anos de progresso no que diz respeito a equipamentos. Falo de triunfos e tragédias nos picos mais famosos do mundo - o Matterhorn, Cerro Torre, K2, e abordamos o alpinismo com a ajuda de relíquias, reflexões, obras de arte, sendo refletido como pano de fundo pela montanha Corones."

© Werner Huthmacher
© Werner Huthmacher

Zaha Hadid explica o conceito do projeto: "A ideia é que os visitantes possam descer para a montanha e explorar suas cavernas e grutas, antes de emergir através da parede, do outro lado, para o terraço em balanço sobre o vale, com vistas panorâmicas impressionantes."

Planta Baixa - Térreo
Planta Baixa - Térreo

Em 2003, o Concordia 2000 Peace Bell foi a primeira instalação cultural para congregar as instalações esportivas e recreativas no cume do Monte Kronplatz, incluindo instalações para asa-delta e parapente, os restaurantes Kron e Gipfel, uma réplica de um assentamento nativo americano, bem como as estações mais altas do teleférico Kronplatz 2000, dos trajetos Riscone / Reischach, Olang / Valdaora e Ruis / San Vigilio. O Museu da Montanha irá receber os visitantes durante todo o ano para explorar o mundo de Messner, onde a humanidade é empurrada para os seus limites, acrescentando uma nova instituição cultural e educacional para a região.

© Werner Huthmacher
© Werner Huthmacher

Reinhold Messner, com sua visão para um museu submerso no pico do Monte Kronplatz, detalhou três locais muito específicos de onde o edifício deveria emergir: "No primeiro, uma janela com vista a sudoeste para o pico da montanha Peitlerkofel. No segundo, outra janela deveria olhar para o sul na direção do pico Heiligkreuzkofel e no terceiro, uma varanda deveria enfrentar o oeste para o Ortler e Tirol do Sul."

© Werner Huthmacher
© Werner Huthmacher

Com a forma dos fragmentos de rocha e gelo da paisagem circundante, coberturas em concreto foram moldadas in-loco e ascendem a partir do solo para proteger a entrada do museu, exibindo janelas e terraço.

Corte
Corte

Refletindo as cores claras e tons dos picos de calcário irregulares do pico vizinho Dolomites, os painéis exteriores são formados a partir de um leve tom de concreto reforçado com fibra de vidro. Eles dobram-se para o interior do museu encontrando os painéis internos mais escuros que apresentam o brilho e a coloração do antracite encontrado abaixo da superfície.

© Werner Huthmacher
© Werner Huthmacher

Uma série de escadas, como cachoeiras em um riacho da montanha, cascateia através do edifício conectando os espaços de exposição e descrevendo a circulação dos visitantes ao longo de três níveis. No nível mais baixo, os visitantes passam as janelas panorâmicas, enquanto atravessam as galerias e emergem no terraço que se projeta a 6 metros da lateral da montanha, oferecendo uma visão de 240 graus através dos Alpes.

Detalhes da Fachada
Detalhes da Fachada

Com 1.000 metros quadrados, o museu é organizado em vários níveis para reduzir sua presença. Durante a construção, 4.000 metros cúbicos de terra e rocha foram escavados e, em seguida, substituídos acima e em torno da estrutura finalizada - imergindo o museu no Monte Kronplatz e ajudando a manter a temperatura interna mais constante. As amplas esquadrias permitem que a luz natural possa penetrar profundamente dentro do museu, atraindo visitantes do interior às janelas panorâmicas, visualizando o terraço em balanço sobre o vale.

© inexhibit.com
© inexhibit.com

Construído em concreto armado, a estrutura do museu conta com paredes de 40 a 50 cm de espessura, enquanto sua cobertura, que suporta a carga da terra e rochas e incorpora o edifício na montanha, tem mais de 70 centímetros de espessura.

Planta Baixa - Subsolo 3
Planta Baixa - Subsolo 3

A maioria dos painéis exteriores e interiores do museu também foram concretados, com fôrmas de superfícies afuniladas utilizadas para gerar os picos e pilares dos painéis exteriores que transmitem as formações rochosas e o gelo da paisagem que se insere. Quase 400 painéis internos e externos foram pré-fabricados, com os elementos curvos mais complexos criados num processo de alto desempenho de pulverização de camadas de concreto e fibra em moldes de espuma esculpidos em CNC, através do modelo tridimensional do edifício.

© Werner Huthmacher
© Werner Huthmacher

Uma armação de perfis de aço com suportes reguláveis para compensar tolerâncias forma a subestrutura do museu. Contra-chapas para os suportes de conexão foram laminadas diretamente em cada painel durante o processo de pré-fabricação.

Detalhes do Terraço
Detalhes do Terraço

Ver a galeria completa

Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato. Cita: "Museu Messner da Montanha Corones / Zaha Hadid Architects" [Messner Mountain Museum Corones / Zaha Hadid Architects] 07 Ago 2015. ArchDaily Brasil. (Trad. Souza, Eduardo) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/771470/museu-messner-mountain-museum-corones-zaha-hadid-architects> ISSN 0719-8906