O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Centro Comunitário
  4. Brasil
  5. Grupo Fresta
  6. 2015
  7. Espaço Lúdico Sinhazinha Meirelles / Grupo Fresta

Espaço Lúdico Sinhazinha Meirelles / Grupo Fresta

  • 05:00 - 26 Julho, 2015
Espaço Lúdico Sinhazinha Meirelles / Grupo Fresta
Espaço Lúdico Sinhazinha Meirelles / Grupo Fresta, © Pedro Napolitano Prata
© Pedro Napolitano Prata

© Pedro Napolitano Prata © Pedro Napolitano Prata © Pedro Napolitano Prata © Pedro Napolitano Prata + 27

  • Arquitetos

  • Localização

    Rua José Joaquim Seabra, 1245, Rio Pequeno, São Paulo, SP - Brasil
  • Autores

    Anita Freire, Otávio Helena Sasseron, Carolina Sacconi
  • Área

    600.0 m2
  • Ano do projeto

    2015
  • Fotografias

  • Construtora

    Hobrás
  • Grafites

    Highgraff, Boleta, Mazu Prozak, Ninguém dorme, Milo Tchais e Luna Buschinelli
  • Cliente

    Centro Comunitário e Creche Sinhazinha Meirelles
  • Mais informações Menos informações
© Pedro Napolitano Prata
© Pedro Napolitano Prata

Descrição enviada pela equipe de projeto. Demandado pelo trabalho social de uma diretoria voluntária de escola pública, e construído pela doação de mão de obra e materiais de uma construtora, a proposta arquitetônica para o Espaço Lúdico Sinhazinha Meirelles procurou transformar as condições topográficas adversas do terreno, nos fundos de uma escola pública, e os poucos recursos, em espaços recreativos estratégicos e simbólicos através de elementos formais básicos, como as retas, os círculos, os quadrados e os retângulos, propiciando ambientes infantis lúdicos e simples, fundados na criatividade da cultura brasileira, que potencializa objetos e materiais cotidianos em ferramentas para a imaginação de infinitas possibilidades e sensações.

© Pedro Napolitano Prata
© Pedro Napolitano Prata

A dificuldade no acesso ao terreno e os poucos recursos disponíveis, guiaram a intervenção para o uso lúdico e criativo de poucos materiais, econômicos e tradicionais na construção civil, como o bloquete de concreto, o cimento queimado, as vigas e telhas metálicas, e principalmente, os blocos de concreto aparente, utilizados repetidamente de diferentes maneiras.

© Pedro Napolitano Prata
© Pedro Napolitano Prata

O elemento principal desenha-se como uma risca na geografia, afim de organizar e caracterizar diferentes lugares. O muro dorsal do projeto qualifica de um lado um espaço mais intimista e estreito, e de outro um espaço mais aberto e amplo. Os blocos de concreto criam 'rendas' de luz e sombra, portas e janelas em diferentes alturas, enquadram fragmentos da paisagem na escala das crianças, protegendo-as de um talude abrupto, e oferecem um horizonte na cota do olhar para os adultos, caracterizando-se não como limite, mas como abrigo.

© Pedro Napolitano Prata
© Pedro Napolitano Prata

Nos extremos desta linha racional, dois círculos dialéticos contrapõem-se. De um lado a torre, pequena e alta, de outro o terreiro, grande e baixo. A torre localiza-se na ponta de uma ‘península’ alta, um lugar estratégico de vigia das brincadeiras para desbravar a vista, como em um baluarte de um forte português que lança diferentes olhares sobre a paisagem. Já o terreiro, circundado por uma pequena arquibancada ajustada ao terreno, é o espaço flexível para o inimaginável. No cotidiano oferece lugar à bolinha de gude, ao pião, às brincadeiras de roda e às contações de estórias, nos dias festivos é o lugar das fogueiras, das rodas, das danças e das apresentações, sempre beneficiado pela vista privilegiada.

© Pedro Napolitano Prata
© Pedro Napolitano Prata

Ademais, uma cobertura longitudinal ao muro oferece às crianças sombra em dias de sol, e abrigo nos dias de chuva. Os blocos de concreto formam pequenos volumes de contenções de terra, de um lado as hortas, resguardadas do lado mais intimista do muro, e de outro pequenos patamares retangulares de brincar, com areia e saibro, abrigados pelas árvores existentes mantidas. Uma canaleta aberta, junta aos muros de limite do terreno, desenha o caminho de escoamento da água pluvial, de maneira agradável e didática.

© Pedro Napolitano Prata
© Pedro Napolitano Prata

Por fim, os grafiteiros, desenharam narrativas ao longo do espaço. O Espaço Lúdico Sinhazinha Meirelles procurou se aproximar, ao contrário de uma objetividade funcionalista, do espaço abstrato da imaginação infantil.

Implantação
Implantação

Ver a galeria completa

Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
Grupo Fresta
Escritório
Cita: "Espaço Lúdico Sinhazinha Meirelles / Grupo Fresta" 26 Jul 2015. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/770839/espaco-ludico-sinhazinha-meirelles-grupo-fresta> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.