O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Ginásio
  4. França
  5. Dietmar Feichtinger Architectes
  6. 2014
  7. Centro Esportivo Jules Ladoumegue / Dietmar Feichtinger Architectes

Remodelaçao

Apresentado por the MINI Clubman

Centro Esportivo Jules Ladoumegue / Dietmar Feichtinger Architectes

  • 11:00 - 12 Maio, 2015
  • Traduzido por Camilla Sbeghen
Centro Esportivo Jules Ladoumegue / Dietmar Feichtinger Architectes
Centro Esportivo Jules Ladoumegue / Dietmar Feichtinger Architectes, © David Boureau
© David Boureau

© David Boureau © David Boureau © David Boureau © David Boureau + 19

  • Cliente

    Cidade de Paris – Office for Architecture and Office for Youth and Sport
  • Área

    10.516 m² (academia 6 260 m², quadra de tênis 4 256 m²)
  • Área Externa

    27 000 m²
  • Custo

    26.7 M€
  • Mais informações Menos informações
© David Boureau
© David Boureau

Introdução

A reconstrução parcial do estádio Jules Ladoumègue foi feita em conexão intrínseca com o novo local destinado ao centro de manutenção da RATP* (*serviço de transporte público da região de Ile-de-France). A construção deste centro e a criação de novos espaços para atividades esportivas expressa a integração do equipamento nas estruturas urbanas densas e destaca sua multifuncionalidade. 

© David Boureau
© David Boureau

Os campos para futebol e rúgbi estão localizados na cobertura do edifício, no mesmo nível da rodovia margeando o espaço ao lado oeste. Uma edificação com seis quadras de tênis cobertas cria uma longa barreria visual e acústica de 200 metros ao longo do "periphérique". O novo edifício localizado na Route des Petits Ponts completa o cenário com novas salas dedicadas as atividades esportivas espalhadas nos seus quatro pavimentos. Diante da nova estação de trem, a obra distingue-se por sua luminosidade, transparências e reflexos, indicando a nova entrada principal do local.

© David Boureau
© David Boureau

O estádio também representa a nova continuidade urbana entre Paris e seus arredores. As noções de espaço, integração urbana e funcionalidade, também as luzes, transparência e comodidade de uso contribuíram profundamente com desenho. A questão principal é construir em harmonia com o entorno, enquanto proporcionamos uma forma de sensualidade relacionada a leveza e transparência. 

© David Boureau
© David Boureau

Contexto

A fim de reforçar a conexão da linha de trem T3 com a cidade, a RATP optou por construir seu centro de manutenção na parte norte do estádio Jules Ladoumègue enquanto a parte sul com os campos de futebol, arquibancadas e a acadêmia chamada Pagode mantiveram-se sem mudanças. Os equipamentos da parte norte - campo de futebol, quadras poliesportivas e quadras de tênis (seis quadras cobertas) - são reconstruídos a 8 metros do solo, no topo do centro de manutenção. 

© David Boureau
© David Boureau

O projeto também inclui um novo edifício na Route des Petits Ponts, parcialmente implementado na esplanada. Este edifício forma a entrada do centro e compreende uma parede interna de escalada, uma academia, um estúdio de dança, sala fitness, assim como arquibancadas, vestiários, equipamento de serviço e escritórios.

© David Boureau
© David Boureau

Um importante equipamento

O novo Centro Esportivo representa o desejo de criar uma continuidade urbana desenhada pelas novas linhas de trem. A decisão de colocar os equipamentos na cobertura do centro de manutenção expressa a multifuncionalidade e integração da grande edificação em uma estrutura urbana particularmente densa.

© David Boureau
© David Boureau

A integração entre o novo edifício e o existente desenha uma nova "porta" em frente a nova estação de trem. O estilo expressivo da academia por um lado e a transparência e leveza do novo edifício por outro, cria um diálogo forte. A nova entrada adquire uma identidade eloquente.

Duas praças públicas - a praça existente em frente a academia e a praça nova no nível superior - asseguram a continuidade da rota norte-sul e reforçam a legibilidade do local. A praça Pagode se transforma em um ponto de encontro conectado com a praça da Porte de Pantin com um simples caminho pelas arquibancadas existentes no caminho norte-sul. O gramado na parte leste marca o limite com a linha de trem. A praça central superior, estruturada com novas vegetações, é uma grande superfície livre para atividades esportivas.

Planta de Situação
Planta de Situação

O nível superior com as quadras de esporte ganha poder arquitetônico devido a escada exterior monumental. Sua generosa dimensão ecoa o tamanho do pavimento superior oferecendo uma vista limitada. Nesta área superior estão os campos de futebol e de rúgbi, assim como as quadras de tênis e as poliesportivas. Todas estas quadras estão conectadas através de pequenos caminhos e a pavimentação alterna-se entre áreas de concreto poroso e aquelas cobertas por vegetação. Uma abertura no norte permite a criação de um mirante impressionante sobre o canal Ourcq.

© David Boureau
© David Boureau

As quadras de tênis cobertas são situados a leste, ao lado do boulevard periférico. O edifício ajuda a reduzir claramente a contaminação acústica e o vento. Esta barreira acústica se completa no lado norte com barreiras de som ao longo do campo de futebol. Sua transparência assegura a vista sobre o canal Ourcq e sobre a forma fractal que outorga um interessante jogo de luzes quando cai a noite.

© David Boureau
© David Boureau

O edifício que abriga as quadras de tênis é feito de fachadas duplas com painéis de policarbonato celular. A fachada leste está protegida da radiação solar direta por meio de dispositivos de proteção solar de madeira horizontal, enquanto as outras estão equipadas com elementos verticais que integram um dispositivo de proteção solar móvel. A rotação destes elementos aumenta ou reduz o ganho solar e a intensidade da luz. A fachada em direção ao boulevard periférico é alternada entre painéis verticais vermelhos e transparentes incolores remetendo às teclas de um piano - conectando-se esteticamente com a cidade da música situada do outro lado do boulevard. Coberturas regulares integram aberturas orientadas ao norte, o que permite a ventilação e a iluminação natural homogênea. A parte orientada ao sul está equipada com painéis fotovoltaicos. 

© David Boureau
© David Boureau

O edifício expressivo destaca a nova entrada do centro. Sua particularidade é a escada vertical que conecta o nível da rua com a laje, assim como todos os outros pavimentos do edifício em sua continuidade. Uma atenção especial foi dada aos acabamentos das fachadas exteriores que expressam a diversidade de funções e a exemplaridade da construção em termos de engenharia climática.

Planta Baixa
Planta Baixa

Lâminas fixas e ajustáveis controlam o ganho de energia solar passiva. Quando fechadas, funcionam como proteção solar no verão; quando estão abertas permitem a calefação natural na primavera, outono e inverno. Estas lâminas garantem, além de tudo, o ajuste da luz natural e funcionam como filtro criando uma atmosfera interior íntima. A variação na inclinação destas lâminas cria um efeito de animação e leveza no edifício.

© David Boureau
© David Boureau

Secções opacas desenham a estruturação horizontal do edifício. As paredes opacas da academia e as quadras de squash se diferenciam devido a seu revestimento de aço inoxidável polido e pregueado; este material faz com que as fachadas sejam vistas mais brilhantes, refletindo as luzes da cidade. A sala multiuso está localizada no segundo pavimento. Chegar aos vestiários é possível através de dois halls de entrada desde a escada principal, um no pavimento superior e outro no nível das arquibancadas. O acesso público para as escadas é feito no hall central.

Planta Baixa
Planta Baixa

O quarto pavimento se organiza ao redor de um pátio acessível para os usuários. Este pátio com piso de madeira oferece um local exterior de reuniões, assim como um banheiro e uma parte externa da academia. As diferentes salas - a casa noturna que serve de entrada e hall de recreação, o salão de baile, a academia, a sala fitness e as quadras de squash - se organizam em torno do pátio. Os vestiários para as atividades específicas se localizam em continuidade com a casa noturna. As fachadas envidraçadas garantem um vínculo entre as diferentes salas. Todos os níveis estão conectados através de um elevador no hall de entrada.

© David Boureau
© David Boureau

A parede de escalada está integrada na base e forma uma unidade própria. A entrada encontra-se na rua interior em frente ao edifício Pagode. Os vestiários estão localizados no térreo, enquanto que a sala de escalada está a seis metros abaixo do nível da rua. Eles são acessados através de uma escada e um elevador situados junto a entrada. Trata-se de um grande volume iluminado naturalmente desde a fachada sul. Devido a diferença em altura das salas, o apartamento do caseiro está integrado na volumetria global e encontra-se no quinto pavimento.

Planta Baixa
Planta Baixa

Ver a galeria completa

Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
Dietmar Feichtinger Architectes
Escritório
Cita: "Centro Esportivo Jules Ladoumegue / Dietmar Feichtinger Architectes" [Sport Centre Jules Ladoumegue / Dietmar Feichtinger Architectes] 12 Mai 2015. ArchDaily Brasil. (Trad. Sbeghen Ghisleni, Camila) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/766752/centro-esportivo-jules-ladoumegue-dietmar-feichtinger-architectes> ISSN 0719-8906