O site de arquitetura mais visitado do mundo
Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Refúgio De Animais
  4. Espanha
  5. Estudi E. Torres Pujol
  6. 2014
  7. Hospital Veterinário Canis Mallorca / Estudi E. Torres Pujol

Hospital Veterinário Canis Mallorca / Estudi E. Torres Pujol

Hospital Veterinário Canis Mallorca / Estudi E. Torres Pujol
Hospital Veterinário Canis Mallorca / Estudi E. Torres Pujol, © Jose Hevia
© Jose Hevia

© Jose Hevia © Jose Hevia © Jose Hevia © Jose Hevia + 27

  • Arquitetos

  • Localização

    Palma, Ilhas Baleares, Espanha
  • Arquiteto Encarregado

    Esteve Torres Pujol
  • Área

    1538.0 m2
  • Ano do projeto

    2014
  • Gestão de projeto

    ARCOFITEC
  • Direção de execução

    Antonio J. Sanchez, David Seguí Leggett
  • Instalações

    Joaquín Canet y Miquel Llinàs - Engineers Assesors
  • Estrutura

    Joan Fortuny
  • Coordenação de segurança

    Jaume Oliver
  • Topografia

    Santiago Ginard
  • Geotécnica

    Geoma
  • 3D

    Santi Domínguez Maestro
  • Construtora

    Contratas Bartolomé Ramón S.A.
  • Instalações de climatização

    Clima Insular S.L.
  • Instalações elétricas

    Easa Electrica Arias S.A.
  • Telecomunicação

    Level Electronics S.L.
  • Mais informações Menos informações
© Jose Hevia
© Jose Hevia

Descrição enviada pela equipe de projeto. O projeto pode ser descrito por 5 pontos interessantes:

- Entorno e Forma

O edifício se localiza em uma posição intermediária entre a zona industrial e a zona residencial, limitada com a antiga prisão de Palma, atualmente abandonada. O lote é trapezoidal e o edifício se adapta a essa forma utilizando a máxima superfície permitida, condição requerida pelo cliente. Sua arquitetura volumétrica dialoga com o entorno e combina com a arquitetura do "Estilo Internacional" com as tradicionais edificações rurais de Mallorca.

© Jose Hevia
© Jose Hevia

- Estrutura e Sistema Construtivo

A estrutura é composta por pilares metálicos e soldados de forma composta com a chapa metálica e concreto armado. Os pilares estão ligados à estrutura exterior, o que possibilita que a planta seja toda livre, com exceção do núcleo de comunicação vertical. Desta forma foi possível levar a cabo uma distribuição sem interferências estruturais, o que permite a reordenação dos espaços. Para a execução do envoltório foi utilizado o sistema construtivo G.H.A.S, melhorando muito as características térmicas e mecânicas do edifício.

© Jose Hevia
© Jose Hevia

- Fachada, Composição e Luz

O acesso principal, situado abaixo de uma marquise, está formado por uma parede envidraçada que ocupa toda a longitude da fachada, a qual é maioritariamente cega, cuja única abertura é o acesso. Deste modo, se assinala a entrada e a luz invade a recepção.

© Jose Hevia
© Jose Hevia

A composição das outras três fachadas foi realizada seguindo uma ordem marcada pelas necessidades de luz e ventilação que requeriam cada um dos espaços. Para isso foram suficientes três modelos de aberturas (de dimensões de 50x240 cm, 100x240 cm e 150x240 cm).

© Jose Hevia
© Jose Hevia

Um dos desafios do projeto foi se aproveitar da luz natural para as salas de cirurgia, espaços normalmente fechados e carentes nesse tipo de iluminação. Para isso, foram dispostas claraboias orientadas para Norte, que permitem a entrada de luz difusa sem interferir, nem incomodar. As fachadas estão revestidas no térreo, produzindo no edifício uma lâmina com textura e brilho diferentes e que facilita a manutenção contínua derivada de seu uso.

Corte AA
Corte AA

O branco é a cor predominante, tanto no interior, quanto no exterior do edifício. Esse tratamento monocromático enfatiza a limpeza do espaço e seu caráter mediterrâneo.

© Jose Hevia
© Jose Hevia

- Instalações

As instalações de serviço foram projetadas de forma a priorizar a eficiência energética e são aparentes, o que permite cumprir com os requisitos fundamentais: realizar os trabalhos de reparação e manutenção de forma limpa, cômoda e simples e poder melhorar ou ampliar as instalações existentes facilmente.

© Jose Hevia
© Jose Hevia

- Funcionalidade e Orçamento

Um dos objetivos mais importantes a se alcançar era a funcionalidade dos espaços, sendo fundamental sua disposição e as ligações criadas, em uma distribuição flexível e modular de acordo com os requisitos do cliente. Foram criadas áreas abertas, multifuncionais e interconectadas entre si. O desenho do projeto e a eficiente escolha de materiais, tornaram possível cumprir um orçamento muito apertado.

© Jose Hevia
© Jose Hevia

Ver a galeria completa

Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
Cita: "Hospital Veterinário Canis Mallorca / Estudi E. Torres Pujol" [Veterinary Hospital Canis Mallorca / Estudi E. Torres Pujol] 28 Mar 2015. ArchDaily Brasil. (Trad. Brant, Julia) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/763528/hospital-veterinario-canis-mallorca-estudi-e-torres-pujol> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.