O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Arquitetura Industrial
  4. Chile
  5. Claro + Westendarp Arquitectos
  6. Centro de Pesquisa e Inovação da Vinícola Concha y Toro / Claro + Westendarp Arquitectos

Centro de Pesquisa e Inovação da Vinícola Concha y Toro / Claro + Westendarp Arquitectos

Centro de Pesquisa e Inovação da Vinícola Concha y Toro / Claro + Westendarp Arquitectos
Centro de Pesquisa e Inovação da Vinícola Concha y Toro / Claro + Westendarp Arquitectos, © Pablo Casals Aguirre
© Pablo Casals Aguirre

© Pablo Casals Aguirre © Pablo Casals Aguirre © Pablo Casals Aguirre © Pablo Casals Aguirre + 24

  • Arquitetos

  • Localização

    Pencahue, Pencahue, Maule Region, Chile
  • Arquitetos Encarregados

    Juan Ignacio Claro E., Andrés Westendarp Z
  • Arquitetos Colaboradores

    Benjamín Goñi H, Ana Rodrigo R, Eduardo Cid B
    • Construtora

      CGI Ingeniería
    • Cálculo

      Claudio Hinojosa
    • Iluminação

      Oriana Ponzini
    • Climatização

      Climatecno
    • Refrigeração Industrial

      Bordachar
    • Sanitário

      Angélica Denegri
    • Gases

      Indura
    • Automação

      Digital Control
    • Mobiliário

      Intergroupe, Fernando Mayer
    • Mais informações Menos informações
    © Pablo Casals Aguirre
    © Pablo Casals Aguirre

    Descrição enviada pela equipe de projeto. A encomenda consistiu no desenvolvimento do projeto de arquitetura para o Centro de Pesquisa e Inovação da Vinícola Concha y Toro, desde a implantação - a única condição era que deveria estar na região de Maule, no centro Vitivinícola que a vinícola tem na região - até a implementação dos diversos edifícios do programa.

    © Pablo Casals Aguirre
    © Pablo Casals Aguirre

    O programa consiste em dois laboratórios - um de vinhos e outro agrícola - uma adega de micro-vinificação, uma estufa e um centro de extensão. Tudo isso agrupado em uma praça central, um pátio de manobras para a adega de micro-vinificação e um controle de acesso e estacionamentos.

    © Pablo Casals Aguirre
    © Pablo Casals Aguirre

    O Centro de Pesquisa e Inovação é o lugar onde a vinícola investiga, desenvolve e difunde seus produtos e os novos avanços no âmbito vitivinícola. A relação imediata deste Centro é com os viveiros - local onde se trabalham os clones e novas videiras -, os vinhedos e as adegas de vinificação. Esses três aspectos são a origem dos aspectos científicos. Ao mesmo tempo, a relação é também com o mundo científico, os produtores de vinho e o âmbito acadêmico. Portanto, o Centro de Pesquisa e Inovação é o vínculo entre estes dois extremos: a origem do vinho e o consumidor final.

    © Pablo Casals Aguirre
    © Pablo Casals Aguirre

    Isso foi fundamental para a opção de local e implantação. Optou-se por um terreno que está em um promontório, cuja vista natural alcança o vale do rio Maule. Aos pés do promontório estão localizadas as vinhas e ao fundo delas as adegas de vinificação. No vale estão os viveiros. Assim, desde esse lugar é possível observar as três instâncias originárias. 

    Cortesia de Claro + Westendarp Arquitectos
    Cortesia de Claro + Westendarp Arquitectos

    Os edifícios se agruparam em uma praça, um espaço aberto que, pela disposição dos edifícios, se transforma em um lugar fechado que tem algumas "janelas" que direcionam o olhar até os três pontos comentados anteriormente. A praça contém um anfiteatro que é o resultado da adoção de uma inclinação natural do terreno.

    © Pablo Casals Aguirre
    © Pablo Casals Aguirre

    Os cinco edifícios têm relações entre si: o viveiro com o laboratório agrícola e esses, por sua vez, com os viveiros; a adega de micro-vinificação com o laboratório enológico e esses, por sua vez, com as vinhas e adegas. O centro de extensão, por último, é o edifício onde se planeja a difusão e a administração do Centro, portanto a relação é com todos os demais edifícios e com todo o território, razão pela qual sua implantação e forma são feitas de forma protagonista.

    Cortesia de Claro + Westendarp Arquitectos
    Cortesia de Claro + Westendarp Arquitectos

    A forma dos edifícios relaciona-se à tradição agrícola local. As adegas, galpões e demais construções típicas, ao decorrer dos anos, tem pés direitos altos, com telhados de duas águas - por conta da intensa pluviometria local - planta ortogonal, revestimentos de madeira e coberturas metálicas. Isso sugeriu formas similares, porém sob uma geometria cuidadosa e analisada (razão áurea, triângulos equiláteros regulares, etc.) e o uso de materiais que, apesar de serem de alta tecnologia, tiveram uma carga simbólica e cromática própria: aço corten para os edifícios onde se realizam pesquisas científicas (laboratórios, viveiro e adega) e madeira para o centro de extensão.

    © Pablo Casals Aguirre
    © Pablo Casals Aguirre

    Todas as coberturas são de zincalume.

    Mesmo assim, em todos os edifícios a estrutura (metálica e de concreto) é aparente como uma maneira formal de acentuar a rigorosidade e tecnologia com que se trabalha no Centro.

    © Pablo Casals Aguirre
    © Pablo Casals Aguirre

    Outro item importante é o modo como a luz ingressa nos edifícios: os laboratórios precisam de pouca luz natural e pressão interna positiva, razão pela qual as janelas são praticamente ausentes. No caso do viveiro, o edifício é 100% transparente com controle solar e de ventilação automático. 

    Cortesia de Claro + Westendarp Arquitectos
    Cortesia de Claro + Westendarp Arquitectos

    A adega de micro-vinificação não tem janelas, já que os processos de fermentação e ventilação requerem temperaturas controladas. Foi feita uma abertura zenital na cobertura.

    O único edifício que tem janelas, e que responde ao programa interno, é o centro de extensão: sala de degustação e recepção, foyer central e auditório.Todos os edifícios contam com a última tecnologia disponível - conforme o programa e requerimentos específicos de cada edifício - para climatização, ventilação, segurança, controle de iluminação, mobiliário, controle bacteriológico, sistemas audiovisuais, etc.

    © Pablo Casals Aguirre
    © Pablo Casals Aguirre

    O projeto foi desenvolvido durante o ano de 2013.

    A primeira etapa, construída, envolveu a praça central, laboratório agrícola, adega de micro-vinificação e centro de extensão. A segunda etapa, planejada para 2015, considera o viveiro e o laboratório enológico.

    © Pablo Casals Aguirre
    © Pablo Casals Aguirre
    Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato. Cita: "Centro de Pesquisa e Inovação da Vinícola Concha y Toro / Claro + Westendarp Arquitectos" [Centro de Investigación e Innovación Viña Concha y Toro / Claro + Westendarp Arquitectos] 17 Mar 2015. ArchDaily Brasil. (Trad. Brant, Julia) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/763430/centro-de-investigacao-e-inovacao-vina-concha-y-toro-claro-plus-westendarp-arquitectos> ISSN 0719-8906
    Ler comentários
    Ler comentários