O site de arquitetura mais visitado do mundo
Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Centro De Visitantes
  4. Alemanha
  5. Max Dudler
  6. 2014
  7. Centro de Visitantes Sparrenburg / Max Dudler

Centro de Visitantes Sparrenburg / Max Dudler

  • 11:00 - 19 Fevereiro, 2015
  • Traduzido por Camilla Sbeghen
Centro de Visitantes Sparrenburg / Max Dudler
Centro de Visitantes Sparrenburg / Max Dudler, © Stefan Müller
© Stefan Müller

© Stefan Müller © Stefan Müller © Stefan Müller © Stefan Müller + 27

  • Colaboradores do Projeto

    Kilian Teckemeier, Thomas Back
  • Engenheiro Estrutural

    Prinz & Pott GmbH, Bielefeld
  • Supervisão da Obra

    Architektenbüro Stüwe, Bielefeld de Büro Max Dudler
  • Mais informações Menos informações
© Stefan Müller
© Stefan Müller

Descrição enviada pela equipe de projeto. Somente alguns elementos sobraram da fortaleza Sparrenburg. Uma torre de 37 metros, o edifício principal, um edifício anexo e os restos de uma torre de entrada definem a muralha atual, que foi antigamente a muralha exterior da fortaleza. Este espaço era muito popular graças as vistas que oferecia a toda a cidade.

© Stefan Müller
© Stefan Müller

O novo edifício de um pavimento foi desenhando como um módulo independente no extremo sudeste da muralha. Juntamente com a casa de guarda, forma uma nova porta, na qual a entrada histórica da fortaleza pode ser experimentada novamente. Ao mesmo tempo, a estrutura proporciona um novo marco espacial para o muro. Como um bússola, a intervenção evidenciou a sequência e os alinhamentos das áreas exteriores da fortaleza e melhorou as condições funcionais prévias para seu uso atual como monumento e ponto de visualização.

© Stefan Müller
© Stefan Müller

"O desenho não é uma reconstrução de um certo período histórico, mas sim, adiciona uma camada contemporânea a história sempre mutável do local", diz Max Dudler. É independente dos diversos períodos de construção da fortaleza e estilos, no sentido de que não favorece o castelo medieval, a fortaleza posterior, a reconstrução do século XIX ou as destruições da Segunda Guerra Mundial, sobre os outros. Em vez disso, o desenho traduz a expressão dos edifícios existentes em uma linguagem contemporânea. Os motivos que são encontrados no local, tais como os buracos das paredes da fortaleza, fazem eco e são reinterpretados no novo edifício. O concreto escolhido para a estrutura do centro de visitantes, comunica-se em um sentido tangível com esta postura de desenho. Como as camadas de sedimentos das pedras, as cores e as texturas das ruínas do castelo deixaram também suas marcas nas paredes, tanto a pedra calcária das paredes quanto o arenito dos umbrais. A estrutura viva das camadas comprimidas de concreto expõem o trabalho artesanal de sua construção.

Planta Baixa
Planta Baixa

O novo edifício não encosta o fragmento de porta de acesso em nenhum ponto, mas deixa uma brecha entre o velho e o novo. Isto abre o portal para dois caminhos a direita e a esquerda. Um leva até o terraço do edifício principal e o outro a entrada de serviço na parte posterior. A trajetória da reta principal também passa para a entrada principal do centro de visitantes. O novo conjunto de edifícios antigos e novos conformam um lugar de chegada, de distribuição e informação. No interior do centro de visitantes está a loja do museu e a bilheteria, em um espaço que utiliza os mesmos materiais da fachada, assim como um quiosque em frente a muralha a noroeste.

© Stefan Müller
© Stefan Müller

O ponto de informação para o jardim Johannisberg e o parque, que ainda está em construção, estão a menos de dois quilômetros a noroeste da fortaleza Sparrenburg. A linguagem no desenho formal do ponto de informação está estritamente relacionada com o centro de visitantes. Para criar uma identidade comum entre o parque e a fortaleza, eles dialogam em termos de materiais, dimensões espaciais e desenho de fachada. 

Corte
Corte

Ver a galeria completa

Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
Cita: "Centro de Visitantes Sparrenburg / Max Dudler" [Sparrenburg Visitor Centre / Max Dudler] 19 Fev 2015. ArchDaily Brasil. (Trad. Sbeghen Ghisleni, Camila) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/762179/centro-de-visitantes-sparrenburg-max-dudler> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.