O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Casas
  4. Malásia
  5. Seshan Design Sdn Bhd
  6. 2013
  7. Casa Menerung / Seshan Design Sdn Bhd

Casa Menerung / Seshan Design Sdn Bhd

  • 09:00 - 28 Fevereiro, 2015
  • Traduzido por Arthur Stofella
Casa Menerung / Seshan Design Sdn Bhd
Casa Menerung  / Seshan Design Sdn Bhd, © Rupajiwa Studio
© Rupajiwa Studio

© Rupajiwa Studio © Rupajiwa Studio © Rupajiwa Studio © Rupajiwa Studio + 35

  • Empreiteiro Principal

    Trisac Sdn Bhd
  • Empreiteiros Id

    ID Workshop, Pyner Sdn Bhd
  • Engenharia Civil e Estrutural

    Pro Jurutek Sdn Bhd
  • Especialista de Piscinas

    Horizon Built Sdn Bhd
  • Mais informações Menos informações
© Rupajiwa Studio
© Rupajiwa Studio

Descrição enviada pela equipe de projeto. Um grande trabalho de reforma com dois pavimentos e meio para um casal de ingleses expatriados com uma criança. Aproximadamente com 465 m², esta casa é "à prova do futuro" e construída para que houvesse flexibilidade, já que os clientes podem querer alugá-la futuramente.

A casa tinha ligação com o fim do lote, então tivemos que ser cuidadosos com a parede que se ligava ao vizinho. Este terreno é interessante pois se abre para uma floresta inclinada, e possui uma vista verde impressionante. A desvantagem eram os mosquitos. De modo que cada janela e grande abertura tivessem redes contra insetos.

Corte
Corte

Mantivemos cerca de 1/3 da estrutura existente onde pudemos minimizar o custo, mas ao mesmo tempo mantivemos algumas partes, peças e recursos da casa existente que tanto nós quanto o cliente gostamos para adicionar caráter à residência. Até mesmo uma antiga tubulação de solo de ferro fundido (não mais utilizada) foi mantida.

Diversos arquitetos que conhecemos evitam projetos de reforma pois acabam dando muito trabalho com surpresas para lidar quando se inicia a obra. Na verdade, achamos este tipo de projeto muito empolgante e um processo interessante de trabalhar com algo que já está no local e como colocá-lo em uso. Por exemplo, no banheiro e dormitórios principais existiam 2 colunas estruturais que não esperávamos que fosse tão caro e confuso para realocá-las, então às disfarçamos parcialmente e as utilizamos como penduradores de roupa.

© Rupajiwa Studio
© Rupajiwa Studio

A natureza industrial bruta da residência foi puramente intencional - para economizar nos custos dos acabamentos. Até mesmo a piscina foi cimentada. A ideia era a de que os clientes pudessem colocar os azulejos na piscina no futuro ou cobrir os pisos futuramente com madeira ou vinil, se possuíssem mais dinheiro para gastar ou se um inquilino futuro insistisse. Claro, os clientes, proprietários de armazéns convertidos no Reino Unido também tinham uma afinidade por acabamentos industriais e brutos. Este "look industrial" da residência também nos permitiu reutilizar muitos dos elementos existentes da residência antiga, por exemplo como reutilizamos os antigos batentes da janela e porta como a balaustrada da escadaria.

Quando estávamos construindo esta casa, nosso empreiteiro estava também realizando trabalhos de reforma em outras residências. Como esta construção possuía a maior área de terra, a utilizamos como um tipo de depósito - partes recuperadas de outras casas foram trazidas para que pudêssemos utilizar algumas delas na residência. Por exemplo, a estrutura da cama principal foi, na verdade, feita com partes de outras casas.

Casa Menerung  / Seshan Design Sdn Bhd, © Rupajiwa Studio
© Rupajiwa Studio

O pavimento superior foi projetado como um apartamento independente de aproximadamente 93 m² com seu acesso direto próprio. Ele pode ser usado como um apartamento de dois dormitórios ou um escritório. Este pavimento é atualmente utilizado como a "caverna do homem" de Andy. É um espaço de relaxamento com uma mesa de sinuca e um local como sua sala de estudos/escritório privativa. Atualmente só erguemos partições para se ter uma única sala adequada neste pavimento, que atende como quarto de hóspedes oficial.

A porção do primeiro pavimento ao fundo também é um espaço flexível que pode ser mantido como uma área aberta ou dividida em 4 dormitórios. Os banheiros são estrategicamente localizados com portas de múltiplo acesso para uma alocação de espaço flexível. As instalações elétricas e de ar condicionado juntamente com as placas de proteção de interruptor e tomadas são montadas na superfície de modo a permitir uma realocação futura. As paredes que criam os quartos nestes espaços flexíveis são de dry wall.

© Rupajiwa Studio
© Rupajiwa Studio

A ideia é a de que você possa configurar os espaços de acordo com a necessidade, com o mínimo de esforço e sem precisar quebrar nada. O mesmo princípio se aplica aos cômodos no pavimento superior. No momento, o cliente pediu por um quarto único no pavimento superior e dois quartos e uma sala de tv no pavimento inferior.

Este projeto levou mais tempo do que a maioria de mesmo tamanho, já que tínhamos um orçamento apertado à manter, assim tivemos de trabalhar mais para ser mais inovadores com as soluções de projeto e construção. Além disso, o cliente esteve bastante envolvido no processo de projeto e construção e muitas das decisões evoluíram no local: algo como "construir antes e decidir depois". A relação de envolvimento e trabalho com o cliente foi incrível - o projeto foi um esforço de brainstorming colaborativo entre o cliente, nós e o empreiteiro. Isto não foi restritivo de nenhuma maneira, apesar do cliente ter algumas ideias peculiares de execução que permitimos, já que também tínhamos algumas próprias para insistir também. Então houve algumas negociações envolvidas - cedemos para algumas coisas que eles queriam mas em troca eles precisavam ceder para algo que queríamos.

© Rupajiwa Studio
© Rupajiwa Studio

Isto tornou tudo bastante interessante já que o produto final não estava totalmente pré-concebido e teve resultados surpreendentes.

De nosso engajamento para o início da obra foi bastante rápido - em 4 meses, mas o trabalho de construção no terreno foi concluído apenas em cerca de 12 meses.

Planta Baixa
Planta Baixa

A resposta climática que realizamos em todas as nossas casas é similar - a de ser o mais passiva possível. Tentamos maximizar o máximo possível de luz natural e ventilação . A residência não é projetada para ter condicionadores de ar mas, logicamente, são fornecidos em todos os dormitórios e áreas de estar. O volume duplo do espaço de jantar/bar não possui condicionamento de ar. A ventilação cruzada e o ventilador de teto são suficientes para criar um ambiente agradável neste espaço de altura dupla.

A ventilação cruzada serve todos os espaços já que há pelo menos uma janela com painel de grelha ajustável. Isso permite o fluxo de ar mesmo em dias chuvosos.

© Rupajiwa Studio
© Rupajiwa Studio

Ver a galeria completa

Cita: "Casa Menerung / Seshan Design Sdn Bhd" [Menerung House / Seshan Design Sdn Bhd] 28 Fev 2015. ArchDaily Brasil. (Trad. Stofella, Arthur) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/761487/casa-menerung-seshan-design-sdn-bhd> ISSN 0719-8906