O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Outros
  4. Espanha
  5. Isabel Escudero Herrera
  6. 2014
  7. Padaria em Pozoamargo / Isabel Escudero Herrera

Padaria em Pozoamargo / Isabel Escudero Herrera

Padaria em Pozoamargo / Isabel Escudero Herrera
Padaria em Pozoamargo / Isabel Escudero Herrera, Cortesia de Isabel Escudero Herrera
Cortesia de Isabel Escudero Herrera

Cortesia de Isabel Escudero Herrera Cortesia de Isabel Escudero Herrera Cortesia de Isabel Escudero Herrera Cortesia de Isabel Escudero Herrera + 20

Cortesia de Isabel Escudero Herrera
Cortesia de Isabel Escudero Herrera

Descrição enviada pela equipe de projeto. Situada em Pozoamargo, no coração da comarca de "Manchuela conquense”, a nova padaria projetada pela arquiteta Isabel Escudero Herrera recupera a arquitetura popular do país com uma linguagem contemporânea e se torna um ponto neurálgico para o vilarejo. O projeto foi desenvolvido levando em conta sua relação com o entorno, os rimos espaciais, o sentido de unidade e acima de tudo, seu caráter funcional e construtivo. Dentro deste objetivo, a presença externa da padaria não evidencia a amplitude luminosa de seus interiores. As sensações espaciais são portanto baseadas mais na subjetividade das alterações e a complexidade de suas relações do que na abundância de significados.

Planta Baixa
Planta Baixa

A necessidade de uma nova padaria veio de um incêndio no antigo forno a lenha. Sem dúvidas para construir um novo espaço, tinha que se levar em consideração as antigas formas arquitetônicas de Manchuela.

O objetivo principal era portanto fechar o grande bloco de "la cerca" - propriedade onde o terreno está situado - erguendo uma parede que estivesse de acordo com o alinhamento. A padaria deveria ser posicionada da maneira mais respeitosa possível devido ao fato de ser um edifício comercial em uma área residencial. O forno e a área de vendas seriam abrigadas em um volume e o armazenamento e áreas de serviço em outro, na forma das casas tradicionais de fazenda, e ambos volumes, embora separados, formam um conjunto visual.

Cortesia de Isabel Escudero Herrera
Cortesia de Isabel Escudero Herrera

Para não desviar das estruturas típicas do lugar, um telhado inclinado foi construído sobre o volume principal, enquanto o bloco de serviços consiste de um telhado com apenas uma inclinação e está apoiado na parede nordeste como um elemento em memória às construções e fazendas da área.

No topo do telhado da padaria está uma grande chaminé, um elemento único que nos lembra da natureza industrial do edifício, que evidencia a estrutura embora apenas possa ser visto desta lateral do edifício ou de longe. Nos interiores, a chaminé se torna uma claraboia sobre o forno à lenha.

Corte
Corte

O edifício é branco, e suas esquadrias são azul-céu, como de costume. A parte cinza característica do rodapé desaparece e se converte numa sombra que "oculta" a câmara de ar que evita a temida umidade do solo, enquanto que o tom acinzentado dos pisos nos relembra os pisos de construções agrícolas tradicionais.

O edifício principal é levemente elevado do solo, "flutua", é separado do alinhamento para implementar a necessária rampa da área de vendas deixando um pequeno pátio que confere a ventilação e iluminação adequada, assim como um espaço para aproveitar as sombras das árvores. Neste pátio, um filete de água evidencia o sistema de cisternas e os poços da zona.

Cortesia de Isabel Escudero Herrera
Cortesia de Isabel Escudero Herrera

Para cobrir a entrada, uma varanda que alcança a parede frontal é acrescentada, portanto abrigando a vitrine. Um banco flutuante percorre os interiores da área de vendas e facilita a espera de atendimento ou permite que se tome um café em uma atmosfera propícia.

As aberturas das fachadas são pequenas, assim como no passado, e embora elas pareçam ter sido distribuídas aleatoriamente no exterior, elas foram estrategicamente posicionadas permitindo uma linha de vista a partir dos interiores: as janelas são sempre um ponto de fuga para paisagem enquanto se trabalha. As aberturas características possuem 50 x 50 cm exceto estas da fachada noroeste que medem 30 x 30 cm, uma vez que estão frente à casa do proprietário e as três janelas da fachada da área de vendas possuem dimensões maiores, uma vez que dão à um espaço público. A grande janela horizontal da esquina superior permite visibilidade ao acesso de entrada  do pátio assim como integra os pátios de acesso à área de vendas. 

Detalhe
Detalhe

A memória de tradição com uma linguagem contemporânea - mudanças de direção de níveis, espaços, pontos de vista, limites, sombras, cores, etc.- enriquece a experiência em comprar pães nesta pequena aldeia de Cuenca.

Cortesia de Isabel Escudero Herrera
Cortesia de Isabel Escudero Herrera
Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato. Cita: "Padaria em Pozoamargo / Isabel Escudero Herrera" [Bakery in Pozoamargo / Isabel Escudero Herrera] 15 Fev 2015. ArchDaily Brasil. (Trad. Santiago Pedrotti, Gabriel) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/761363/padaria-em-pozoamargo-isabel-escudero-herrera> ISSN 0719-8906