O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Passarela
  4. Rússia
  5. Diba Tensile Architecture
  6. 2014
  7. Passarela de Pedestres Tabiat / Diba Tensile Architecture

Passarela de Pedestres Tabiat / Diba Tensile Architecture

Passarela de Pedestres Tabiat / Diba Tensile Architecture
Passarela de Pedestres Tabiat / Diba Tensile Architecture, © Sina Ahmadi
© Sina Ahmadi

© Mohammad Hassan Ettefagh © Mohammad Hassan Ettefagh © Sina Ahmadi © Mohammad Hassan Ettefagh + 38

© Mohammad Hassan Ettefagh
© Mohammad Hassan Ettefagh

Descrição enviada pela equipe de projeto. Tabiat é a maior passarela de pedestres construída até hoje no Irã. Localizada no norte de Teerã, conecta dois parques públicos, estendendo-se sobre Shahid Modarres, uma das principais rodovias da cidade. 'Tabiat' significa 'Natureza' no idioma persa.

© Mohammad Hassan Ettefagh
© Mohammad Hassan Ettefagh

A passarela tem cerca de 270 metros de comprimento e consiste em uma treliça tridimensional com dois níveis contínuos que estruturam-se em três pilares em forma de árvore. Existem duas plataformas no topo dos pilares principais que formam pontos de vistas em um terceiro nível. Todos os níveis são conectados uns aos outros por várias rampas e escadas, proporcionando múltiplos caminhos através da passarela para ir de um nível ao outro. Mesmo que as pontes sejam geralmente consideradas projetos estruturais, aqui a abordagem é mais arquitetônica.

Diagrama
Diagrama

A passarela foi projetada com base em 5 premissas principais:

1 - Em vez de conectar um ponto em um parque para um ponto no outro, o projeto conecta múltiplos pontos de ambos os parques. A passarela é ampliada para 60 metros em sua entrada oeste e forma uma praça no mesmo nível do parque; isso torna difícil reconhecer onde o parque termina e a ponte começa. Há vários caminhos de ambos os lados e níveis de entradas que ligam a ponte a outros importantes pontos de ambos os parques.

© Mohammad Hassan Ettefagh
© Mohammad Hassan Ettefagh

2 - A passarela não é apenas um caminho para passagem, mas um espaço para permanência. Há um café-galeria e um restaurante no seu nível mais baixo. Além disso, há muitos bancos e outras áreas de estar em todos os níveis, o que torna possível aos usuários permanecerem na ponte durante o tempo que quiserem, e apreciarem a paisagem que não podem ver a partir de qualquer outro lugar.

© Mohammad Hassan Ettefagh
© Mohammad Hassan Ettefagh

3 - Para evitar uma perspectiva de um ponto de fuga, que induz a andar para frente, a ponte, por sua forma curvilínea, as mudanças de larguras e a ligeira inclinação dos pisos retarda o usuário, oferecendo uma sensação de vagar e constantes mudanças de vistas para os parques, a arquitetura da cidade e as montanhas.

© Mohammad Hassan Ettefagh
© Mohammad Hassan Ettefagh

4 - Uma vez que ambos os lados possuíam muita vegetação, os locais com o menor número de árvores foram selecionados para inserção das colunas, de modo a minimizar o impacto sobre as árvores existentes.

© Mohammad Hassan Ettefagh
© Mohammad Hassan Ettefagh

5 - Sendo a profundidade da estrutura grande o suficiente para torná-la um espaço arquitetônico, a treliça tridimensional é a estrutura em si, ao mesmo tempo que oferece um espaço arquitetônico. Isto proporciona um nível inferior, que é coberto e faz a ponte utilizável em condições meteorológicas extremas. As mudanças na largura e altura da treliça fornecem uma forma dinâmica de dupla curvatura.

© Mohammad Hassan Ettefagh
© Mohammad Hassan Ettefagh

O projeto arquitetônico e estrutural da ponte começou na primavera de 2009 até o outono de 2010, através de uma estreita colaboração entre as equipes de arquitetura e engenharia estrutural, e foi construída em 4 anos, desde a primavera de 2010 à de 2014. Foi inaugurada em outubro de 2014 como o terceiro símbolo de Teerã.

Localização
Localização

Ver a galeria completa

Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato. Cita: "Passarela de Pedestres Tabiat / Diba Tensile Architecture" [Tabiat Pedestrian Bridge / Diba Tensile Architecture] 27 Jan 2015. ArchDaily Brasil. (Trad. Souza, Eduardo) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/760046/passarela-de-pedestres-tabiat-diba-tensile-architecture> ISSN 0719-8906