O site de arquitetura mais visitado do mundo
Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Universidade
  4. Reino Unido
  5. Feilden Clegg Bradley Studios
  6. 2013
  7. Escola de Arte de Manchester / Feilden Clegg Bradley Studios

Escola de Arte de Manchester / Feilden Clegg Bradley Studios

  • 09:00 - 24 Dezembro, 2014
  • Traduzido por Camilla Sbeghen
Escola de Arte de Manchester / Feilden Clegg Bradley Studios
Escola de Arte de Manchester / Feilden Clegg Bradley Studios, © Hufton + Crow
© Hufton + Crow

© Hufton + Crow © Hufton + Crow © Hufton + Crow © Hufton + Crow + 32

Corte
Corte

Descrição enviada pela equipe de projeto. Contexto: A Escola de Arte de Manchester celebrou em 2013 seu aniversário n° 175. Ela é uma das instituições mais antigas do seu gênero no Reino Unido, sendo fundada no século XIX para manter esta região no mercado internacional e assim, apoiar o desenvolvimento da indústria regional.

© Hufton + Crow
© Hufton + Crow

Atualmente, ela faz parte da Universidade Metropolitana de Manchester e seu objetivo principal continua sendo reduzir a distância entre a educação e a vida profissional.

© Hufton + Crow
© Hufton + Crow

O novo edifício celebra a relação de distintas disciplinas de arte e desenho, que anima os estudantes do século XXI a trabalharem junto aos demais e desfrutar da mistura de estilos ao invés de concentrar-se sempre nas diferenças. Com uma enorme abertura frontal, o edifício é também uma obra imponente, produto que mostra o trabalho de todos que passam por ali.

© Hufton + Crow
© Hufton + Crow

Hoje em dia, a Escola é uma das líderes no gênero da arte e desenho no país, contando com quase 3500 estudantes de diferentes disciplinas. Situada dentro de uma série de edifícios vitorianos e pós-guerra, a Escola conforma o limite sul da nova construção do Parque de Todos os Santos, uma praça no centro do campus, em pleno coração da cidade. A ampliação da Escola de Arte consta de novos edifícios destinados a salas de estudo, oficinas, uma galeria e a restauração de 9000 m² de uma torre de artes e pedestal que datam o ano de 1960.

© Hufton + Crow
© Hufton + Crow

Conceito: O desenho do FCB para Escola de Artes de Manchester proporcionou um espaço atrativo e animado para trabalhar e estudar, ajudando a reafirmar, tanto a escola de arte quanto o perfil da Universidade no cenário nacional. O Decano da Faculdade, o professor David Crow, descreve o projeto como "um espaço muito emocionante onde tudo é possível e tudo é relevante".

© Hufton + Crow
© Hufton + Crow

A essência do programa de atividades do edifício compreende estudos abertos, oficinas e espaços docentes (espaço conhecido como "O Galpão de Desenho"). Um segundo elemento é uma "Galeria Vertical" de 7 pavimentos. Esta é a peça de união entre a Torre de Artes de 1960 (conhecida como o Edifício de Chatham) e o novo edifício. Esta galeria vertical proporciona um espaço expositivo até a saída e atua como uma vitrine para escola. 

© Hufton + Crow
© Hufton + Crow

A espacialidade do Estúdio Híbrido: O espaço de estudo é aberto e enfatiza o trabalho colaborativo em um ambiente inerentemente criativo. Os estudantes e os trabalhadores da Escola contam com um amplo espectro de disciplinas de desenho contemporâneo, podendo trabalhar em projetos numa escala de íntima proximidade comunitária.

© Hufton + Crow
© Hufton + Crow

Essa proximidade fomenta o intercambio de ideias técnicas e metodologias de uma maneira que anteriormente era impossível. O Estúdio Hídrido é também um ambiente no qual os estudantes podem mostrar com orgulho seus trabalhos em um entorno leve e fácil de ser explorado.

© Hufton + Crow
© Hufton + Crow

Materiais: Como um edifício para artistas e um lugar para o ensino e aprendizagem de Arte e Desenho, a transparência e a articulação dos materiais foi crucial, assim como a qualidade das texturas e tons no interior. O interior do estúdio é feito de concreto de três diferentes tipos, criando assim, distintas atmosferas. 

© Hufton + Crow
© Hufton + Crow

A superfície áspera é utilizada no lado posterior das escadas, conferindo uma sensação de estrutura inacabada; as colunas pré-fabricadas de concreto de pé-direito duplo articulam o desenho do espaço central da nave, interrompido por quatro colunas decorativas muito especiais, feitas no início do século XX, em um desenho de papel de Lewis F Day, um desenhador renomado na sua época, contemporâneo a Walter Crane, tutor na Escola de Arte de Manchester. 

© Hufton + Crow
© Hufton + Crow

Um material secundário, mas importante, é o uso de revestimentos de madeira nas escadas e corredores que se estendem até a galeria vertical. A escolha deste material proporciona uma sensação de aconchego que suaviza as linhas duras do metal e do concreto que conformam a estrutura. 

Escola de Arte de Manchester / Feilden Clegg Bradley Studios, © Hufton + Crow
© Hufton + Crow

Colaboração: Trabalhar com clientes que são artistas e desenhistas em um edifício destinado a formação destes alunos foi uma experiência maravilhosamente rica para nós. O nível de colaboração foi excepcionalmente alto e trabalhamos com cliente através de processos de prova, reformulando as ideias e encarando sempre o desenho como um processo interativo e criativo.

© Hufton + Crow
© Hufton + Crow

© Hufton + Crow
© Hufton + Crow

© Hufton + Crow
© Hufton + Crow

© Hufton + Crow
© Hufton + Crow

Ver a galeria completa

Localização do Projeto

Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
Cita: "Escola de Arte de Manchester / Feilden Clegg Bradley Studios" [Manchester School of Art / Feilden Clegg Bradley Studios] 24 Dez 2014. ArchDaily Brasil. (Trad. Sbeghen Ghisleni, Camila) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/759424/escola-de-arte-de-manchester-feilden-clegg-bradley-studios> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.