O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Centro De Artes
  4. França
  5. Brisac Gonzalez
  6. 2007
  7. Le Prisme / Brisac Gonzalez

Le Prisme / Brisac Gonzalez

  • 17:00 - 1 Janeiro, 2015
  • Traduzido por Camilla Sbeghen
Le Prisme / Brisac Gonzalez
Le Prisme / Brisac Gonzalez

Le Prisme / Brisac Gonzalez Le Prisme / Brisac Gonzalez Le Prisme / Brisac Gonzalez Le Prisme / Brisac Gonzalez + 24

  • Arquitetos

    Brisac Gonzalez / Cécile Brisac & Edgar Gonzalez
  • Localização

    Aurillac, França
  • Colaboradores

    Olivier Herman, Christopher Pfiffner, Margarita Bescos, Fumiko Kato, Henrike Rabe, João Baptista, Nicolas Ecrepont, Tea Puric, Afroditi Kirmi, Aitor Albo, Jean Dumas, Gerd Wetzel, Anke Schulz, Franck Quintanel
  • Estrutura

    VP Green
  • Consultoria para o Teatro

    Ducks Sceno
  • Serviços

    INEX
  • Acústica

    Xu acoustique
  • Cliente

    Communauté d'agglomération du bassin d'Aurillac
  • Orçamento

    € 8,500,000.00 euros
  • Área

    5265.0 m2
  • Ano do projeto

    2007

Descrição enviada pela equipe de projeto. Processo de Criação

O projeto é o resultado de um concurso. A equipe formada por Brisac Gonzalez, Alain Safati, Henri Gaudin e a Agence Sequence foi uma das finalistas da competição que atraiu 57 candidatos.

A cidade de Aurillac está no limite da região serrana do Maciço Central da França. O terreno em questão é um grande campo pavimentado - não é uma praça e nem um estacionamento asfaltado - e situa-se perto da principal estação ferroviária da cidade. Esta área está sendo revitalizada a fim de criar uma maior conexão com o centro histórico da cidade.

O prédio de 5.265 metros quadrados foi construído com base em um orçamento de 8.500.000,00 euros. É um novo espaço para teatros, concertos, feiras e eventos esportivos. Ele possui os assentos retráteis e palco desmontável, o que lhe confere uma grande versatilidade. O espaço principal pode acomodar até 4.500 pessoas durante as apresentações.

Nenhum dos usos especificados são permanentes. O edifício, portanto, é, essencialmente, um espaço para eventos efêmeros.

Ele é um objeto instantaneamente reconhecível. Três fitas de concreto que variam em altura e textura definem o edifício. As fitas delineiam as diferentes áreas do edifício: entrada, hall, depósito e instalações. Seu movimento também cria uma série de espaços residuais que contêm as casas de máquinas e os acessos de serviço.

Dentro, uma alta fita de doze metros define um retângulo que é o corredor. O salão não possui pilares, medindo quarenta metros de largura por sessenta metros de comprimento. Externamente, a fita superior é feita de painéis de concreto pré-fabricado com uma grade regular de tijolos de vidro.

Durante o dia, a luz do sol entra em contato com os 25.000 tijolos de vidro em forma de pirâmides, produzindo efeitos cintilantes e sombras dramáticas. À noite, do edifício desperta com as luzes que reluzem dos tijolos de vidro e amplificam a intensidade da iluminação, produzindo uma fachada brilhante. O sistema de iluminação da fachada pode ser alterado de acordo com os espetáculos.

A fita inferior é de seis metros de altura e feita de concreto. As ondulações desta parede definem a área de entrada e a doca de carregamento.

Como um cenário ou um traje extravagante, o edifício é feito para ser visto de longe. A maioria dos detalhes são simples. É um edifício muito robusto - uma estrutura resistente que requer pouca manutenção. Dentro do salão, caminhões articulados podem entrar; ajudando na montagem de equipamentos. A montagem e a desmontagem dos cenários podem acontecer ao mesmo tempo. 

Estratégia de Iluminação

Os tijolos de vidro iluminados enriquecem o aspecto do edifício durante a noite, porém, nós também queríamos uma fachada animada durante o dia. Aurillac tem um grande número de dias ensolarados, por isso, pensamos que uma forma tridimensional brilharia durante o dia e brincaria com os raios do sol. A curvatura das fachadas, juntamente com os piramides feitas com tijolos de vidro criam uma variedade de sombras interessantes.

Foram estudados diversos formatos até que finalmente decidiu-se pela pirâmide. A forma piramidal refrata a luz colorida.

Estudamos integrar LEDs com os 25 mil tijolos de vidro, mas o orçamento prédio não poderia cobrir o sistema de controle para tantas luzes. Os tijolos de vidro são simplesmente iluminados a partir de fontes na parte superior e na parte inferior da fachada. O sistema de iluminação pode ser programado a partir de um total de 24 circuitos diferentes, onde a fachada pode ser acesa em oito cores permitindo a coordenação do sistema de iluminação com o espetáculo.

A iluminação no foyer consiste em luminárias embutidas montadas rente ao teto. O tom verde do piso de concreto é refletido no teto branco.

Ver a galeria completa

Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
Brisac Gonzalez
Escritório
Cita: "Le Prisme / Brisac Gonzalez" [Le Prisme / Brisac Gonzalez] 01 Jan 2015. ArchDaily Brasil. (Trad. Sbeghen Ghisleni, Camila) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/759381/le-prisme-brisac-gonzalez> ISSN 0719-8906