O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Habitação De Interesse Social
  4. França
  5. Philippe Dubus Architectes
  6. 2013
  7. Habitação em Le Havre / PHD Architectes

Habitação em Le Havre / PHD Architectes

  • 16:00 - 28 Outubro, 2014
  • Traduzido por Arthur Stofella
Habitação em Le Havre / PHD Architectes
Habitação em Le Havre / PHD Architectes, © Sergio Grazia
© Sergio Grazia

© Sergio Grazia © Sergio Grazia © Sergio Grazia © Sergio Grazia + 28

  • Gerente de Projeto

    SCCV Coté Docks-Nacarat
  • Arquiteto da Prefeitura

    Bruno Fortier
  • Agrimensor de Quantidade

    SIBAT
  • Engenheiros M+E

    SIBAT
  • Orçamento

    6,7 M Euros HT
  • Selo

    BBC
  • Mais informações Menos informações
© Sergio Grazia
© Sergio Grazia

Descrição enviada pela equipe de projeto. Situada na área das Docks du Havre (76), esta propriedade privada, com um projeto de habitação com 65 unidades renova a autenticidade que está gradativamente desaparecendo do lugar. Destacam-se alguns fragmentos do antigo como, por exemplo, esta pequena edificação na esquina onde o novo edifício se encerra, expressando sua linha contemporânea com sua camada de concreto e metal. Após um projeto inicial de habitação no mesmo terreno, este último projeto segue a ideia da variação dos tipos de habitação: casas, habitações empilhadas e uma habitação em grupo, todos os quais se reúnem em três níveis visuais com uma carcaça metálica unificada que amplia a luz marítima do Le Havre.

© Sergio Grazia
© Sergio Grazia

Muito próximo dos Bains de Docks, projetado por Ateliers Jean Nouvel, o terreno se encontra na zona portuária de Le Havre, do outro lado das docas molhadas de Vatine. Para dar aos arquitetos uma direção, o arquiteto/urbanista Bruno Fortier desenvolveu a dialética entre o "pesado" e o "leve" enquanto as especificações do projeto mantiveram certos detalhes históricos que marcaram o passado e o protegeram de se tornar outro desenvolvimento comercial moderno qualquer.

© Sergio Grazia
© Sergio Grazia

Quatro anos após o trabalho inicial feito neste local pelo escritório, a palavra de ordem continua a mesma, ou seja, trazer à tona o passado industrial local, acentuando seus materiais grosseiros através do uso de concreto e metal. Um pequeno edifício de esquina foi preservado neste terreno, tornando-se uma referência ao passado, enquanto faz parte de um projeto com um design bastante moderno. Mas o que realmente impulsiona o projeto é a sua paisagem marinha e o porto comercial. O projeto teve de se erguer. Sobrepondo-se a um alto nível freático, o escritório teve que colocar estacionamentos, empresas e áreas comunitárias ao nível do solo sobre um pedestal de concreto que automaticamente levantou o projeto para o ar. Esta base se une à forma do edifício de esquina preservado. Então, para não enterrar este marco histórico com o entorno dominante, as alturas dos edifícios que circundam foram reduzidas e harmonizadas com a sua forma. A base, em seguida, estende-se suavemente para cima aos jardins elevados.

© Sergio Grazia
© Sergio Grazia

O programa abrange diversos formatos: desde estúdios até apartamentos de 5 quartos, casas geminadas a pequenas habitações em grupo com diversas permutações entre si. O conjunto é unificado por caminhos sinuosos do jardim central que melhoram a convivência entre os moradores. Ambas as ruas são destacadas por edifícios de habitação em grupo com seis pavimentos. No lado onde se localiza a doca há um caminho de baixa altitude que conecta o edifício existente ao alojamento intermediário e dois níveis residenciais acessados por passagens. O jardim é cercado por casas geminadas. A habitação é acessada de várias formas: elevadores e escadarias a partir da rua ou de diferentes níveis de garagem e corredores e varandas para receber os moradores no alojamento intermediário. Esta diversidade de acesso e as escalas que variam emprestam ao projeto seu estilo altamente urbanizado.

© Sergio Grazia
© Sergio Grazia

As parcelas compactas da habitação de grupo são baseadas em um princípio simples, por exemplo, duas pequenas unidades em torno de um núcleo central são emoldurados por duas unidades maiores (3 ou 5 dormitórios) com empena. As maiores unidades vão da direita para a esquerda e vice-versa a cada dois pavimentos, criando uma fachada escalonada, com três camadas, empilhada que oferece o máximo de vistas. Começando com as unidades de três quartos, cada uma possui uma varanda ou terraço rebaixado, com as unidades de 4 e 5 quartos possuindo duas. Os interiores das unidades são organizados de forma simples com espaços de convivência do período diurno (sala de estar, sala de jantar) e espaços do período noturno (dormitórios) cercando a área técnica, que inclui cozinhas e banheiros.

Detalhe
Detalhe

A massa e simplicidade do volume do projeto contrasta com a ligeireza do invólucro, que é especialmente sofisticado dado o programa que contém. O isolamento exterior sobre o concreto exposto está protegido por uma capa isolante sonora e à prova d'água a qual se une ao revestimento metálico. Isto pede um layout e uma execução muito precisa. O padrão de perfuração regular se repete de forma idêntica em todas as fachadas. As varandas rebaixadas podem ser ocultadas por treliças deslizantes - uma permutação da persiana dos quartos - que desaparece por detrás do revestimento. Assim, do exterior, a edificação reflete o céu e seus arredores. 

© Sergio Grazia
© Sergio Grazia

Apesar de um orçamento apertado e graças à confiança do promotor, o escritório foi capaz de entregar um projeto complexo com os mínimos detalhes, sem sacrificar o conforto das unidades, a qualidade dos espaços públicos ou a sustentabilidade dos materiais utilizados. Esta frutífera cooperação não foi apenas um caso único, pois com a mesma equipe do escritório também foi realizado um conjunto habitacional em Tourcoing, em 2006, e o projeto Bois Habité (Euralille 2) em 2007, sendo que ambos foram nomeados para o Prix de l'Equerre d'Argent. Apesar dos tempos economicamente precários, o projeto de habitação em Le Havre vendeu-se rapidamente, e seus moradores estão satisfeitos com ele.

© Sergio Grazia
© Sergio Grazia

Ver a galeria completa

Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
Philippe Dubus Architectes
Escritório
Cita: "Habitação em Le Havre / PHD Architectes" [Housing in Le Havre / PHD Architectes] 28 Out 2014. ArchDaily Brasil. (Trad. Stofella, Arthur) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/755025/habitacao-em-le-havre-phd-architectes> ISSN 0719-8906