O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Casas
  4. Reino Unido
  5. Dualchas Architects
  6. 2013
  7. Casa do Penhasco / Dualchas Architects

Casa do Penhasco / Dualchas Architects

Casa do Penhasco / Dualchas Architects
Casa do Penhasco / Dualchas Architects, © Andrew Lee
© Andrew Lee

© Andrew Lee © Andrew Lee © Andrew Lee © Andrew Lee + 11

  • Engenharia Estrutural

    Ipm Associates
  • Consultoria Ambiental

    An Cuilionn Consultancy
  • Consultoria de Drenagem

    Jig Environment
  • Cosntrutora

    James Macqueen
  • Cliente

    Mr Ian Mclean, Mr Robbie Pancic
  • Endereço do Terreno

    Galtrigill, Ilha de Skye
  • Valor do Contrato

    On Request
  • Emissão Anual de Co2 / M2

    18.00 Kg/M2/Ano
  • Mais informações Menos informações
© Andrew Lee
© Andrew Lee

Descrição enviada pela equipe de projeto. O terreno está localizado em North West Skye, com vista para Loch Dunvegan. Ele se manifesta como uma contradição: de longe há vista para o Nordeste e ventos fortes do Sudoeste. A única constante é o horizonte.

© Andrew Lee
© Andrew Lee

Uma ruína existente marca a situação de entrada do campo murado, enquanto a borda do penhasco localiza a habitação em seu local acima da borda da água, dando o caminho que liga a um fim distinto.

Planta Baixa
Planta Baixa

A fim de abordar as condições do local, o edifício é composto por dois volumes; um fechado e outro aberto. O primeiro contém todas as funções que servem para apoiar as principais salas abertas. Juntos, um lugar é criado que fornece abrigo e privacidade, mantendo o foco em seus arredores.

© Andrew Lee
© Andrew Lee

A construção é vista primeiramente a partir do caminho curvo, como uma parede em frente ao fundo dominante. Como o caminho se desenrola e corta mais fundo na paisagem, essa relação muda, com a construção tornando-se o ponto focal dominante. Este suspense é lançado na entrada. Uma das paredes do volume principal aberto é omitida e o visitante está na frente de uma tela totalmente envidraçada no topo do penhasco. A topografia do local permite que a paisagem circundante seja experimentada como um panorama. O espaço construído termina com o horizonte.

© Andrew Lee
© Andrew Lee

A geometria dos dois volumes não é apenas compensada em comprimento mas também na altura. Os vazios criados são totalmente vidrados e os volumes e sua localização permanecem legíveis a partir do interior. Eles agem como vistas, permanecendo abertos no meio-termo e olhando para trás, tanto no edifício como na sua configuração. A luz adicional entra na habitação em seu centro, entre as vigas expostas correndo por todo o comprimento total do edifício.

Corte
Corte

Enquanto a tipologia do edifício é específica para o seu entorno, foi necessário detalhar a sua aparição em uma linguagem que é comumente entendida. Tanto a localização como a função dos dois volumes são confirmados pela utilização de material. Pedra de Caithness para o muro de contenção e lariço para as principais salas de plano aberto. A altura e a tonalidade dos cursos horizontalmente estabelecidos correspondem e mesclam os dois volumes em um único prédio. O plano horizontal contínuo do piso de concreto polido, atua para diluir ainda mais a relação entre interior e exterior. Conforme a natureza recupera o local é apenas a grama pisoteada do caminho que se torna algo domesticado na paisagem.

© Andrew Lee
© Andrew Lee

No interior, os materiais são omitidos para dar um destaque dominante para as características do local de atuar como uma galeria preenchida com os objetos e as memórias do cliente que rodeiam a ele próprio.

© Andrew Lee
© Andrew Lee

Viver é uma decisão que também é definido pela escolha do local. Esta habitação procura uma resposta através dos meios específicos de arquitetura de como as qualidades que tornam um lugar podem ser destiladas em matéria construída em nossos tempos. A ideia de contradição, conforme expresso na geometria elementar do edifício, não é apenas um lembrete do isolamento e mistério de sua localização, mas também à raridade de ser capaz de viver entre o drama das condições atmosféricas em constante mudança nesta parte do mundo: a razão por trás da decisão de um cliente para comprar um lote em primeiro lugar. A moradia pode apenas fornecer o quadro.

© Andrew Lee
© Andrew Lee

Quanta edificação é necessária para habitar um lugar?

Ver a galeria completa

Cita: "Casa do Penhasco / Dualchas Architects" [Cliff House / Dualchas Architects] 29 Jul 2014. ArchDaily Brasil. (Trad. Márquez, Leonardo) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/624670/casa-do-penhasco-dualchas-architects> ISSN 0719-8906