Mangiare Gastronomia / AR Arquitetos

Mangiare Gastronomia / AR Arquitetos

© Filippo Bamberghi© Filippo Bamberghi© Filippo Bamberghi© Filippo Bamberghi+ 37

São Paulo, Brasil
  • Paisagismo:João Fausto Maule
  • Construtora:Valor
  • Elétrica:PKM
  • Hidráulica:Usina
  • Fornecedores:Berta (cozinha industrial), Air-Lux (exaustão), Braston (piso drenante), Norberto (marcenaria de demolição), Artesian (cadeiras), Doitschinoff (serralheria e esquadrias)
  • área Do Terreno:1000 m²
  • Projeto Arquitetura Autores:Marina Acayaba, Juan Pablo Rosenberg
  • Projeto Arquitetura Colaboradores:Kiti Vieira, Renata Louvro
  • Projeto Interiores:Marina Acayaba, Juan Pablo Rosenberg, Ale Ribeiro
  • Cidade:São Paulo
  • País:Brasil
Mais informaçõesMenos informações
© Filippo Bamberghi
© Filippo Bamberghi

Descrição enviada pela equipe de projeto. O restaurante Mangiare ocupa dois antigos galpões no bairro da Vila Leopoldina em São Paulo, onde antes funcionava uma oficina de tratores.

© Filippo Bamberghi
© Filippo Bamberghi

Três desafios nortearam o precesso: 1) transformar o espaço de 650m2 em um local acolhedor; 2) criar uma liguagem una para os galpões, de arquiteturas diferentes entre si; 3) alinhar a arquitetura ao conceito “slow-food” de premissas sustentáveis.

© Filippo Bamberghi
© Filippo Bamberghi

O partido de intervenção propõe desnudar os galpões, inserindo um grande elemento estruturador que articula a união entre estes e resolve o programa. Uma estrutura em chapa de aço-carbono bruto de 50 metros de comprimento percorre todo o espaço, contendo a rotisseria e adega na entrada e a cozinha aparente ao fundo. Ao longo do espaço, abriga o bar e mesas coletivas, criando um pé-direito de conforto nestes locais.

© Filippo Bamberghi
© Filippo Bamberghi

Essa estrutura cria uma hierarquia visual ordenadora, propondo uma escala mais aconchegante, juntamente com a vegetação disposta entre mesas ao longo do espaço.

© Filippo Bamberghi
© Filippo Bamberghi

As antigas janelas dos galpões foram reaproveitadas para criar sheds de iluminação que contribuem para a iluminação natural. O mobiliário foi feito com madeira de demolição. O piso do grande recuo da entrada é 95% permeável. O aquecimento de água é solar e as águas pluviais dos telhados são captadas para rega de jardim e lavagem de piso.

Corte DD
Corte DD

Galeria do Projeto

Ver tudoMostrar menos

Localização do Projeto

Endereço:Avenida Imperatriz Leopoldina, 681 - Vila Leopoldina, São Paulo, Brasil

Clique para abrir o mapa
Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
Cita: "Mangiare Gastronomia / AR Arquitetos" 06 Jul 2014. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/623471/mangiare-gastronomia-slash-ar-arquitetos> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.