O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Edificios Públicos
  4. Letônia
  5. Didzis Jaunzems
  6. 2013
  7. Pavilhão e Mirante / Didzis Jaunzems + Laura Laudere + Jaunromans and Abele

Pavilhão e Mirante / Didzis Jaunzems + Laura Laudere + Jaunromans and Abele

Pavilhão e Mirante / Didzis Jaunzems + Laura Laudere + Jaunromans and Abele
Pavilhão e Mirante / Didzis Jaunzems  + Laura Laudere  + Jaunromans and Abele , © Maris Lapins
© Maris Lapins

© Maris Lapins © Maris Lapins © Maris Lapins © Maris Lapins + 24

© Maris Lapins
© Maris Lapins

Descrição enviada pela equipe de projeto. O Pavilhão e Mirante estão situados no parque memorial "O Jardim do Destino", a área da Consolação, que é a primeira zona do Futuro, de acordo com o projeto global da ilha. O Jardim do Destino é um local do memorial para todas as almas que foram perdidas para a Letônia no século passado e será concluída como um presente ao país em seu 100º aniversário no ano de 2018. Este projeto do Mirante começou como um concurso de arquitetura e, com a ajuda de doações, é agora o primeiro prédio permanente do parque memorial. O Mirante recebeu o Prêmio do Ano na Premiação dos Melhores Trabalhos da Arquitetura da Letônia.

Situaçnao
Situaçnao

O Pavilhão e Mirante criam um ambiente harmonioso para descobrir o caráter especial do local - espacialidade e horizonte distante sobre o rio Daugava. O estrito vínculo entre o povo letão e a natureza tem sido enfatizado no projeto. A natureza é uma fonte de energia interna, força, paz e inspiração. A natureza tem sido uma prioridade neste projeto, uma vez que é o consolo para os letões. O edifício foi projetado considerando as particularidades do local e em harmonia com a natureza:

© Maris Lapins
© Maris Lapins

- Os principais fluxos de pessoas foram analisados. A construção é feita de forma a não cobrir a vista panorâmica do rio quando se aproxima do local;
- Pontos de parada, tais como bancos e espaços cobertos estão situados em locais onde se encontram as vistas mais deslumbrantes e emotivas;
- O edifício foi moldado de maneira a preservar as árvores mais valiosas do local;
- Diferenças de nível do terreno são utilizadas na concepção do projeto. O pavilhão está parcialmente afundado no chão para que ele não cubra a vista quando se aproxima do edifício e para fornecer acesso confortável a partir do nível mais baixo do mirante.

Planta Baixa
Planta Baixa

O Pavilhão e Mirante diversificou níveis de "abertura". Isto dá uma oportunidade de usar o edifício em todos os tipos de condições climáticas, bem como permite que os visitantes escolherem o nível que, emocionalmente, lhes for mais conveniente. Por exemplo, se está chovendo ou em caso de vento forte, as pessoas podem apreciar a vista da parte do pavilhão que é coberta com telhado e protegida com grandes vidros. Mas se o tempo não é um problema, então os bancos longos expostos podem ser usados. A construção pode ser vista como uma plataforma para a interação harmoniosa entre as pessoas e a natureza.

Pavilhão e Mirante / Didzis Jaunzems  + Laura Laudere  + Jaunromans and Abele , © Maris Lapins
© Maris Lapins

A ideia principal do projeto arquitetônico é construir um volume seguindo o movimento das pessoas a partir de um caminho e bancos crescendo gradualmente para um edifício, e desta forma explorar a localização do edifício na própria costa do rio. Inclinações de telhado criam um lugar excitante, onde se pode brincar e relaxar. O principal desafio do projeto foi o seu significado muito público - ele é construído para todos e, além disso, por doações de pessoas. O edifício é muito compacto, no entanto, a sua configuração e várias possibilidades de uso permitem a coexistência de todas as partes da sociedade. A partir deste ano os casais na Letônia podem se casar oficialmente também fora da igreja e o Mirante com vista, involuntariamente, se tornou um lugar muito popular para cerimônias de casamento.

© Maris Lapins
© Maris Lapins

Pavilhão e Mirante são feitos em madeira de lariço. A estrutura de suporte de carga é de quadros larício. O acabamento é de tábuas de larício, que são processadas ​​em uma técnica especial para evitar superfícies escorregadias sobre os caminhos e o telhado do edifício.

Fachada
Fachada
Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato. Cita: "Pavilhão e Mirante / Didzis Jaunzems + Laura Laudere + Jaunromans and Abele " [View Terrace and Pavilion / Didzis Jaunzems + Laura Laudere + Jaunromans and Abele ] 30 Jun 2014. ArchDaily Brasil. (Trad. Márquez, Leonardo) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/623260/pavilhao-e-mirante-slash-didzis-jaunzems-plus-laura-laudere-plus-jaunromans-and-abele> ISSN 0719-8906