O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Ateliê
  4. Paraguai
  5. Estudio Elgue
  6. 2012
  7. Esboço / Estudio Elgue

Esboço / Estudio Elgue

  • 20:00 - 16 Junho, 2014
  • Traduzido por Arthur Stofella
Esboço / Estudio Elgue
Esboço  / Estudio Elgue, Cortesia de Estudio Elgue
Cortesia de Estudio Elgue

Cortesia de Estudio Elgue Cortesia de Estudio Elgue Cortesia de Estudio Elgue Cortesia de Estudio Elgue + 28

  • Colaborador

    Cecilia Román
  • Construção

    Estudio ELGUE y Asociados
  • Projeto de Interiores

    Estudio ELGUE y Asociados
  • Projeto de Iluminação

    Estudio ELGUE y Asociados
  • Fornecimento de Vidros Temperados Recuperados

    Casa Marco
  • Superfície do Terreno

    276 m² Terreno 1 / 276 m² Terreno 2
  • Custo

    USD 13.000
© Marcelo Sandoval
© Marcelo Sandoval

Descrição enviada pela equipe de projeto. Quando tudo é descartável...onde quase tudo é de consumo rápido e descartado, para logo se voltar a consumir e se desfazer; onde o setor da construção é responsável por gastar aproximadamente 65% dos recursos naturais, 40% da energia e gerar 50% do total de resíduos do planeta. A quantidade de energia necessária para aquecer fornos industriais para produzir cimento, aço, cal, material cerâmico, vidro, alumínio, etc.é adicionada a quantidade de energia necessária para a execução de obras, além da que se precisa para transportar os materiais de um continente a outro e, finalmente, a que é consumida nos edifícios.

Detalhe
Detalhe

Propomos a alternativa da reutilização de materiais de descarte e recuperação, como um desafio particular e coletivo; como exploração de possibilidades para atenuar este impacto de dano ambiental descrito.

Cortesia de Estudio Elgue
Cortesia de Estudio Elgue

Se produz então uma forma de alquimia, para converter esse material ignorado, estes detritos/obstrução, no protagonista principal da obra, material ressuscitado dos mortos, renasce para que, vigorosamente, em cumplicidade com a luz, reescreva uma história carregada de dignidade e otimismo.

Cortesia de Estudio Elgue
Cortesia de Estudio Elgue

A comissão consiste em um espaço híbrido; residência/oficina, habitação/trabalho, vida/sustento; onde cada parte pode funcionar de forma independente ou como uma peça única...uma unidade produtiva urbana.

Planta
Planta

O projeto surge da demolição e desmontagem total de uma construção existente (tijolos, madeira, azulejos, telhas, aberturas, equipamentos elétricos e hidráulicos, etc), deixando de pé algumas paredes e utilizando em sua totalidade estes materiais recuperados na nova obra. No caso do tijolo, admitindo claramente a porosidade implícita no uso destes materiais recuperados e sem seleção; razão pela qual assumimos a obra com a ideia de um desenho a mão livre com traço grosso como um rascunho; renunciando intencionalmente o "bom acabamento".

© Marcelo Sandoval
© Marcelo Sandoval

Identificamos as paredes existentes com gesso e cor; revelando a nova pele porosa. Testamos critérios da arquitetura bioclimática; propondo poros de respiração em tijolo oco comum, embutidos em paredes e lajes para circulação de ar natural, orientados em relação aos ventos dominantes; assim, reduzindo o uso de aparelhos de pilhas alcalinas. Estes poros também projetam mosaicos de luz no chão, ao longo do dia, de forma a marcar a passagem do tempo no espaço.

Corte
Corte

Um sistema de extração do ar quente por convecção, com a utilização de janelas baixas para a entrada de ar e altas para a saída. Também foi proposto painéis retráteis difusores de luz, para uma iluminação difusa, isso ajuda na diminuição do uso da iluminação artificial durante o dia.

Cortesia de Estudio Elgue
Cortesia de Estudio Elgue

Ante a possibilidade de cortar os vidros temperados recuperados, os encaixamos em pisos ou muros, ajustando a dimensão de acordo com a necessidade. Para a carpintaria de madeira foram utilizados resíduos de embalagens, tipo palets. A grande maioria dos artefatos de iluminação foram reutilizados da construção demolida. O custo total da obra é de 13.000 dólares por 140 m² construídos, o que supõe muito menos do que a metade do custo de uma construção tradicional no Paraguai.

© Marcelo Sandoval
© Marcelo Sandoval

O edifício tem um duplo sentido à sua imagem; suas condição hermética, durante o dia absorve as imagens da vegetação circundante para sombra, como uma tela de projeção que se transforma ao longo das horas, durante a noite sob a influência da luz, a pele vibra e os poros de respiração projetam sombras como um tracejado, como se fosse um esboço...

Ver a galeria completa

Sobre este escritório
Estudio Elgue
Escritório
Cita: "Esboço / Estudio Elgue" [Boceto / Estudio Elgue] 16 Jun 2014. ArchDaily Brasil. (Trad. Stofella, Arthur) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/621050/esboco-slash-estudio-elgue> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.