O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Casas
  4. Argentina
  5. Estudio Galera
  6. 2013
  7. Casa Batin / Estudio Galera

Casa Batin / Estudio Galera

Casa Batin / Estudio Galera
Casa Batin / Estudio Galera, © Diego Medina
© Diego Medina

© Diego Medina © Diego Medina © Diego Medina © Diego Medina + 36

  • Arquitetos

  • Localização

    Pinamar, Argentina
  • Equipe de Projeto

    Ariel Galera, Horacio Riga, MMO Diego Ballario
  • Área

    260 m²
  • Ano do projeto

    2013
  • Colaboradores

    Cesar Amarante, Veronica Coleman
  • Paisagismo

    Lorena Allemanni
  • Empreiteiro

    Panadero Constructora
  • Agrimensura

    Claudio D´eramo
  • Engenharia Estrutural

    Javier Mendia
  • Rendering

    Dwight Stone Shunk
  • Animação

    Ballax
  • Mais informações Menos informações
© Diego Medina
© Diego Medina

© Diego Medina
© Diego Medina

Um terreno de esquina quase plana, dentro de uma floresta de pinheiros ao norte de Pinamar. Uma casa de férias para ser alugada para diferentes usuários. E sendo assim, necessita de um programa de necessidades flexível.

Planta Baixa Pavimento Térreo
Planta Baixa Pavimento Térreo

A casa foi projetada com base em três condições: ser erguida do nível natural do terrenode modo a não alterar os seus contornos originais; ocupar a maior quantidade de comprimento de frente na Rua Fragata la Victoria, a fim de aumentar o tamanho aparente da casa, bem como fechando os pontos de vista da rua para o coração do terreno (evitando as áreas privadas de serem expostas para a rua) e reduzir os custos de manutenção futura.

© Diego Medina
© Diego Medina

Duas caixas sobrepostas no canto formam um "L", em dois níveis, criando a separação do programa por estes níveis.

© Diego Medina
© Diego Medina

No piso superior, o andar de uso privado, é voltado em para o descanso: três quartos e dois banheiros. Nos extremos da planta, os quartos se abrem para os arredores incríveis marcados pela esquina e o centro do bloco, e os pinheiros que funcionam como barras verticais na floresta.

No nível abaixo, há uma garagem semi-coberta e um volume sem obstruções de tijolo pintado de branco, que abriga a churrasqueira e outros serviços. Como uma cunha, este volume desliza sob os quartos mas ainda fecha os pontos de vista dos vizinhos, sem tocar o resto da construção.

© Diego Medina
© Diego Medina

No piso térreo, uma parede de concreto duplo com núcleo de poliestireno expandido foi projetada. Este muro serve como isolante térmico e sonoro, bem como uma proteção contra olhares que possam perturbar a tranquilidade do usuário. Estar ciente da relação entre a rua e a esquina, a parede de concreto é interrompida, deixando barras de concreto na parte frontal do recinto, a fim de permitir a entrada de luz solar. Na esquina, a caixa de concreto se abre para o exterior através de dobras, que ajudam a ampliar a visão exterior a partir do interior e que, graças à sua forma de funil com os perfis retraídos, reduz o que pode ser visto no interior do exterior.

© Diego Medina
© Diego Medina

Em direção ao meio do bloco, a caixa de concreto é cortada com barras de vidro e madeira, que estão localizados no outro patamar, protegido na profundidade do lote. Plataformas de acesso e um muro baixo de tijolos dão acesso à casa. Uma vez dentro, vistas para a floresta de pinheiros se misturam com os diferentes espaços: um quarto à direita, um vestiário e banheiro no piso térreo, pensado para um usuário hipotético portador de deficiência que não consegue acesser o piso superior. Sala de estar, sala de jantar e cozinha substituem uns aos outros, interagindo com o jardim até terminar na esquina

As barras e a luz

© Diego Medina
© Diego Medina

O sol e seu caminho levam para cenas diferentes, embora fora da casa. As aberturas na laje de cobertura, no interior, bem como do exterior, geram jogos de luz e sombra diários. Duas aberturas circulares sobre a entrada, dois painéis de vidro fixos sobre o vestiário e o banheiro no piso térreo, e o pergolado de concreto em formato de pente, criam espaços diferentes, conforme passa o tempo. Reflexões sobre o concreto e os espelhos transformam o espaço estático em dinâmico.

Por último, cofragem feita através de buracos, que durante o processo de construção são usados ​​para que as hastes rosqueadas percorram as paredes e segurem a cofragem quando o concreto é derramado, são usados agora ​​como lentes de luz. Construídas a partir de barras de acrílico, elas carregam a luz do sol para o interior durante o dia, gerando pontos de luz sobre a superfície dobrada da parede; Durante a noite, por outro lado, a face exterior é iluminada com a transferência da luz artificial.

Ver a galeria completa

Cita: "Casa Batin / Estudio Galera" [Batin House / Estudio Galera] 10 Mai 2014. ArchDaily Brasil. (Trad. Márquez, Leonardo) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/601543/casa-batin-slash-estudio-galera> ISSN 0719-8906