O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Cabanas E Pousadas
  4. Suíça
  5. Savioz Fabrizzi Architectes
  6. 2013
  7. Novo Refúgio de Montanha em Tracuit / Savioz Fabrizzi Architectes

Novo Refúgio de Montanha em Tracuit / Savioz Fabrizzi Architectes

  • 13:00 - 30 Abril, 2014
  • Traduzido por Camilla Sbeghen
Novo Refúgio de Montanha em Tracuit / Savioz Fabrizzi Architectes
Novo Refúgio de Montanha em Tracuit / Savioz Fabrizzi Architectes, © Thomas Jantscher
© Thomas Jantscher

© Thomas Jantscher © Thomas Jantscher © Thomas Jantscher © Thomas Jantscher + 23

Descrição enviada pela equipe de projeto. O refúgio na montanha Tracuit (em uma altitude de 3256 metros) pertence a parte chaussy do clube alpino suíço e está situado em Val d'Anniviers, no coração dos Alpes de Valais. Devido a sua privilegiada posição, converteu-se no ponto de partida ideal para escalar a Bishorn, Weisshorn e Tête de Milon. O refúgio foi construído em 1929 e ampliado em várias ocasiões para acompanhar o crescente aumento no número de hóspedes e dos níveis esperados de conforto. Os requisitos atuais em matéria de saúde e segurança, os trabalhadores, as instalações, e a proteção do meio ambiente fizeram com que ele tivesse que ser ampliado e totalmente reformado. Como a transformação do refúgio existente havia produzido uma sobrecarga de custo significativa, o clube decidiu construir um novo. O projeto foi escolhido através de um concurso de arquitetura.

© Thomas Jantscher
© Thomas Jantscher

Local

A natureza do lugar, entre um penhasco e uma geleira, define a posição e forma do novo refúgio, que constrói-se ao longo do cume acima do penhasco, encaixada na topografia do lugar. A fachada sul do volume se estende desde o penhasco e funciona como um grande coletor solar, sendo envidraçada ou revestida de painéis solares para aproveitar ao máximo a energia solar. As outras fachadas refletem a paisagem circuncidante. Desde o refeitório, os hóspedes desfrutam de uma vista ininterrupta sobre o Val de Zinal.

© Thomas Jantscher
© Thomas Jantscher

Construção

A essa altitude, os métodos de construção tinha que adaptar-se às condições climáticas adversas e os meios de transporte disponíveis. Como o transporte do concreto é especialmente caro, seu uso se reduziu ao mínimo e limitou-se em grande medida as sapatas individuais. O conjunto da armação estrutural é de madeira. Os componentes da parede e do piso, que consiste, em pregos/vigas, isolamento e revestimento foram prefabricados em fábrica e transportados por helicóptero para a montagem no local. Os painéis de revestimento de aço inoxidável protegem a cobertura e as paredes exteriores dos elementos. Os muros leste, oeste e norte possuem somente umas poucas aberturas, reduzindo a perda de calor ao mesmo tempo em que proporcionam uma ótima ventilação natural. Grandes aberturas na parede sul, que está exposta ao sol, permitem armazenar a energia solar passiva, além da energia coletada através dos painéis solares dispostos nessa mesma parede. Durante a construção, o refúgio existente acomodou aos hóspedes habituais e também aos construtores. No final da obra, esse edifício antiquado, "faminto" de energia foi demolido. A parte inferior das paredes mantiveram-se, bem como o muro ao sul que delimita o terraço e protege seus usuários contra o vento.

© Thomas Jantscher
© Thomas Jantscher

Energia

Através de sua grande superfície de painéis solares e dos vidros orientados ao sul, o edifício aproveita ao máximo a radiação solar. A forma compacta do edifício e a parede de isolamento eficaz reduz a perda de calor. Utiliza-se a ventilação de baixa tecnologia para recuperar a importante quantidade de calor emitida pelos ocupantes do edifício, enquanto o torna mais cômodo e evita problemas com o aparecimento de mofo nos locais que estão fechados durante vários meses do ano.

Planta Baixa - Térreo
Planta Baixa - Térreo
Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato. Cita: "Novo Refúgio de Montanha em Tracuit / Savioz Fabrizzi Architectes" [New Mountain Hut At Tracuit / Savioz Fabrizzi Architectes] 30 Abr 2014. ArchDaily Brasil. (Trad. Sbeghen Ghisleni, Camila) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/601350/novo-refugio-de-montanha-em-tracuit-slash-savioz-fabrizzi-architectes> ISSN 0719-8906