O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Infraestrutura
  4. Malta
  5. Architecture Project
  6. 2013
  7. Projeto de Elevador em Barrakka / Architecture Project

Projeto de Elevador em Barrakka / Architecture Project

  • 16:00 - 11 Outubro, 2014
  • Traduzido por Arthur Stofella
Projeto de Elevador em Barrakka / Architecture Project
© Luis Rodrique Lopez
© Luis Rodrique Lopez

© Luis Rodrique Lopez © Luis Rodrique Lopez Cortesia de Architecture Project © Luis Rodrique Lopez + 31

  • Projeto Luminotécnico

    Frank Franjou
  • Custo

    € 2 milhões
  • Capacidade de Pessoas

    800 por hora

Descrição enviada pela equipe de projeto. Este elevador panorâmico de 20 pavimentos de altura foi concluído recentemente, encomendado pela Grand Harbour Regeneration Corporation plc e projetado pelo Architecture Project (AP), está localizado na beira da fortificada e histórica capital de Malta, Valleta. Onde as paredes fortificadas da cidade, no século 16, mantiveram os navios inimigos à distância, atualmente elas estão sob ordem de preservação e providenciam um novo acesso aos visitantes e moradores que ali se reúnem.

© Luis Rodrique Lopez
© Luis Rodrique Lopez

Está sendo dado um novo sopro de vida para Valletta conforme a ilha se prepara para sediar a presidência da União Europeia em 2017 e pela cidade ter sido nomeada recentemente a Capital Europeia da Cultura para 2018.

© Luis Rodrique Lopez
© Luis Rodrique Lopez

A estrutura é projetada para melhorar a movimentação de um grande número de visitantes e moradores entre o Grand Harbour e Valletta, a partir da borda da água ao longo da orla de Valletta, sobre a poderosa muralha de fortificações e em direção ao coração da cidade, criando novas ligações para o Upper Barrakka Gardens e ao novo portão da cidade.

Cortesia de Architecture Project
Cortesia de Architecture Project

Está seguro em criar um impacto visual significativo sobre este patrimônio sensível e não deixa espaço para compromissos no nível de engenharia, no qual uma ligação com as paredes históricas não foi possível e onde o programa foi extremamente oneroso. Por isso, o projeto do elevador em Barrakka exigiu um certo rigor para resolver a dicotomia entre o forte caráter histórico do local e as demandas para um melhor acesso que lhe são colocadas por considerações culturais e econômicas.

Cortesia de Architecture Project
Cortesia de Architecture Project

Mudar realidades políticas e econômicas sempre foram um desafio para esta cidade que é um patrimônio mundial, e a conexão entre porto e cidade transformou-se ao longo dos anos em resposta a essas mudanças incessantes. O século XVIII viu o desenvolvimento da infraestrutura portuária que deu origem a um centro comercial próspero fora dos muros, separada do coração residencial da cidade, enquanto o período britânico transformou o porto em uma estratégica e vital base naval e mercantil no Mediterrâneo.

Hoje, uma realidade econômica muito diferente está, mais uma vez, ditando a transformação desta área dinâmica da cidade: a recente restauração dos armazéns em estilo barroco da orla em um terminal de cruzeiros próspero, bem como o desenvolvimento de restaurantes e cafés, levou à reativação de um elevador que havia sido construído para ligar o porto com a cidade em 1905, durante o auge de Valletta como um porto comercial. A estrutura do elevador original tinha 60 m de altura e possuía duas cabines de elevador, cada um com uma capacidade de 12 passageiros. A operação foi encerrada em 1973, a estrutura abandonada e, eventualmente, desmontado na década de 1980.

Corte
Corte

A ligação renovada atende às necessidades de milhares de visitantes que se aproximam da cidade a partir do ponto de chegada tradicional no sopé dos bastiões. As grandes exigências de acessibilidade e mobilidade ao redor da cidade exigiam uma pegada muito maior e uma declaração vertical mais forte dentro do horizonte do porto histórico era, portanto, inevitável. A fim de resolver este problema, foi criada uma cavidade puxando os dois elevadores de forma separada, onde uma escadaria pode ser posicionada no meio. Este espaço não só acomoda as exigências de segurança, mas também reduz o peso visual da própria estrutura do elevador e acentua suas proporções verticais.

Cortesia de Architecture Project
Cortesia de Architecture Project

As qualidades geométricas do plano ecoam as formas angulares dos bastiões, e as bordas onduladas da pele de alumínio luz ajudam a modular a luz conforme ela atinge a estrutura, enfatizando sua verticalidade. A malha disfarça as caixas de vidro do elevador, fazendo alusão às formas dos elevadores gaiola originais, proporcionando sombra e proteção para os passageiros enquanto eles viajam entre a cidade de Valletta e o Mar Mediterrâneo.

Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato. Cita: "Projeto de Elevador em Barrakka / Architecture Project" [Barrakka Lift Project / Architecture Project] 11 Out 2014. ArchDaily Brasil. (Trad. Stofella, Arthur) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/600045/barrakka-lift-project-architecture-project> ISSN 0719-8906